Tênis, squash, pingue-pongue: esportes com raquetes são os melhores para a saúde

Estudos recentes da medicina esportiva reveleram que os esportes de raquetes são os mais completos para a saúde
Estudos recentes da medicina esportiva reveleram que os esportes de raquetes são os mais completos para a saúde

Produto recomendado

Batata doce orgânica Taeq 600g

Batata doce orgânica Taeq 600g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você sabia que os ditos "esportes de raquetes" são as atividades mais completas para a nossa saúde? Sim, eles são. E quem diz isso é a própria Organização Mundial de Saúde (OMS), baseada em um estudo recente realizado pela "British Journal of Sports Medicine", especializado em medicina esportiva, que apontou modalidades como tênis, squash, badminton e o beach tênis, como fontes naturais de longevidade, melhorando também as condições de bem-estar mental, satisfação, positividade e autoestima, além da maior expectativa de vida das pessoas.

Estudos mais antigos sempre recomendaram a natação e também a corrida como esportes que aumentam a qualidade de vida. Mas, agora, as atividades praticadas com raquetes também ganharam destaques por serem modalidades que ampliam as possibilidades físicas, não só dos membros superiores, que seguram as raquetes e fazem forças para bater nas bolas, como também os trabalhos dos membros inferiores, pois todos esses jogos exigem locomoção constante e muita explosão das pernas.

Como os esportes de raquete aumentam a nossa expectativa de vida?

- Trabalha todos os membros do corpo: Para quem deseja ter aquela perna torneada e uma barriga sequinha, os esportes de raquetes também ajudam muito por causa da grande e frequente locomoção das idas e vindas atrás das bolas rebatidas. Outros ótimos fatores a serem considerados são: melhora da flexibilidade e o equilíbrio corporal que essas atividades trazem naturalmente.

- Ajuda a fortalecer a saúde do coração: Por serem grandes atividades aeróbicas, os esportes de raquetes favorecem o melhor fluxo sanguíneo no organismo, ou seja, o coração não para de trabalhar, aumenta a sua produtividade e se fortalece. Com isso, essas modalidades também são associadas ao bom condicionamento cardiovascular, contribuindo para o controle da pressão arterial e dos Índices Glicêmicos.

- Melhora o sistema respiratório: Também por esses fortes e intensos trabalhos aeróbicos, que esses esportes proporcionam, as nossas vias respiratórias de entrada e saída de ar se expandem e circulam melhor por todo o corpo. Isso previne diversos problemas, como asmas, bronquites e respirações ofegantes.

- Emagrece de forma natural: Queimar gordura também é uma consequência positiva de quem pratica atividades físicas regularmente. A intensidade do trabalho faz com que o organismo naturalmente trabalhe mais rápido, acelerando as reações metabólicas, não permitindo as gordurinhas localizadas que causam a celulite.

- Diminui o estresse e melhora o humor: As práticas esportivas também são responsáveis por aumentar consideravelmente a produção de hormônios que estimulam o corpo e a mente. Uma dessas principais substâncias liberadas é a endorfina, que traz prazer, disposição e energia.

- Aumenta a autoconfiança e a vontade de superar limites: Quando nos sentimos bem, é normal também exibirmos uma autoestima elevada. E esses esportes contribuem diretamente nisso. Ao vermos os resultados progredirem, o foco tende a aumentar e a vontade de superar os próprios resultados ajuda o corpo a funcionar com mais energia.

7 esportes de raquetes para se praticar e melhorar o condicionamento físico

- Tênis: O mais tradicional esporte de raquete de todos, o tênis é uma modalidade de grande intensidade física. Os jogadores precisam se locomover praticamente durante todos os pontos em troca de bolas, além dos movimentos para cada golpe executado, que abrange praticamente todos os músculos do corpo. Além disso, suas táticas e planos de jogo, estimulam a parte mental e a concentração.

- Squash: Jogado em uma quadra reduzida em relação ao tênis, o squash, no entanto, é dos esportes que mais cobram à parte física de seus praticantes, afinal, a bolinha não para. Podendo utilizar todas as paredes, o jogo é de alta intensidade, ideal para quem gosta de suar.

- Badminton: Apesar de pouco conhecido no Brasil, o badminton é um dos esportes mais praticados no mundo, principalmente na China e nos demais países asiáticos. O jogo pode ser considerado uma mistura de tênis, peteca e vôlei, e também cobra bastante da parte atlética de seus praticantes.

- Beach Tênis: Uma das mais novas manias nas praias do Brasil, o esporte tem a vantagem de ser praticado ao ar livre, natural, à beira-mar ou em parques arborizados, que trazem muito mais prazer e motivação. Por ser jogado na areia, a movimentação é mais pesada e, por isso, o trabalho de pernas também são mais intensos, ajudando quem quer deixar a coxa mais durinha e torneada.

- Pingue-pongue: Bem próximo ao tênis de mesa, o esporte também é uma atividade para mexermos as pernas, em movimentos mais curtos e precisos. Isso gera explosão muscular grande e velocidade de raciocínio para efetuar as jogadas.

- Frescobol: Irmão mais velho do beach tennis, o frescobol é mais uma atividade de lazer do que um esporte, apesar de existirem competições oficiais. Aqui, diferentemente das outras modalidades, há a necessidade de um grande entrosamento com os outros praticantes, para que as jogadas sejam melhores e o grau de intensidade física aumentado.

- Paddle: Realizado em uma mini quadra de tênis adaptada, o paddle é uma atividade disputada entre duplas. Assim como o frescobol, o jogo é ótimo para reunir a família em momentos de lazer, pois não exige tanto fisicamente.

Nutrição esportiva: alimentação saudável e atividades físicas devem se completar no dia a dia

De acordo com a OMS, em média, um adulto saudável deve praticar pelo menos 30 minutos de atividades físicas por dia. Essas modalidades podem ser os esportes de raquete, assim como simples caminhadas, andar de bicicleta etc. O importante é manter também um cardápio funcional e coerente ao estilo de vida saudável. Alimentos ricos em fibras alimentares e vitaminas e minerais são essenciais para evitar a sobrecarga do organismo. Veja, abaixo, uma listinha de compras que todos os atletas, profissionais ou não, precisam levar para as feiras ou supermercados:

- Batata Doce

- Maçã

- Banana

- Peixes

- Beterraba

- Massas integrais

Check up total - Porém, antes mesmo de comprar uma raquete do seu esporte favorito, é importante fazer um exame médico completo para sabermos a nossa real condição física e a sobrecarga que podemos ter nessas atividades. A orientação de um profissional de Educação Física ou um professor especializado nesses esportes também é de suma importância para não haver erros de movimentos, evitando lesões.

Mais noticias com...
Receitas:
Banana
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais