Cardápio do dia inteiro: saiba como ser saudável em todas as refeições

Para ter uma rotina de alimentação saudável, o segredo é equilibrar o consumo de frutas, legumes, verduras, fontes de carboidratos e proteínas
Para ter uma rotina de alimentação saudável, o segredo é equilibrar o consumo de frutas, legumes, verduras, fontes de carboidratos e proteínas

Para quem busca um estilo de vida saudável é muito importante ter uma alimentação equilibrada desde o café da manhã até o jantar. A boa notícia é que não é difícil fazer isso: dá para montar um cardápio diverso, saboroso e supersaudável para comer todos os dias. Quer aprender a montar o seu? Aqui, nós ensinamos a planejar o seu cardápio do dia inteiro, incluindo todos os nutrientes que o seu corpo precisa. Dá uma conferida!

Café da manhã deve ser nutritivo com frutas e carboidrato

Para começar o dia com o pé direito, nada melhor que um bom café da manhã! Essa talvez seja a refeição mais importante do dia, pois concede a energia necessária para as nossas atividades diárias (trabalho, estudo ou exercício). Por isso, é fundamental que você não pule essa refeição!

Os carboidratos estão entre as principais fontes de energia e não podem faltar de jeito nenhum. Você pode incluir duas fatias de pão integral - alimento rico em carboidratos, fibras, vitaminas e minerais. Para acompanhar, coloque uma fatia de queijo minas ou até mesmo um pouco de manteiga (sem exagerar, por conta da gordura saturada).

Outra dica interessante é fazer uma tapioca de queijo, tomate e orégano, que fica uma delícia e garante mais saciedade. Vale lembrar que o orégano é uma erva medicinal que funciona como anti-inflamatório e também dá um toque de sabor.

Para quem prefere algo mais leve, existe a opção de fazer uma misturinha de iogurte + frutas e granola. É importante ter uma fonte de cálcio (presente no leite ou derivados) para abastecer o corpo todas as manhãs. Você também pode comer uma porção de frutas (o mamão papaia é perfeito neste caso) e até mesmo um suquinho natural. O de laranja sem açúcar, em especial, é rico em vitamina C, sendo ótimo para fortalecer o sistema imunológico.

Faça um pequeno lanche entre o café e o almoço

Sabe aquela regra de "comer de 3 em 3 horas"? Pois é, ela realmente funciona e só traz benefícios ao seu organismo. Mantendo essa rotina alimentar, o corpo fica sempre nutrido e você come mais vezes, mas em porções menores, o que também é ótimo para o metabolismo.

Por isso, no intervalo entre o café da manhã e o almoço - principalmente para quem acorda muito cedo - é importante fazer uma colação. Basta comer uma fruta ou até mesmo barrinha de cereal com oleaginosas (castanhas e nozes, por exemplo), que são fontes de fibras importantes.

Almoço equilibrado com folhas, legumes, arroz (de preferência integral), feijão e carne

Na hora do almoço, a principal dica é buscar um equilíbrio na quantidade de nutrientes fundamentais: vitaminas + minerais + proteína + carboidrato. A salada com folhas verdes, por exemplo, não pode faltar! Você pode preparar um mix com alface, rúcula, agrião, couve e brócolis - vegetais verde-escuros ricos em ferro, vitaminas (A, B, C, E e K), antioxidantes e fibras.

Além disso, você também deve comer porções de legumes como cenoura (que faz bem para a pele, cabelos e unhas), chuchu, beterraba, abobrinha e batata doce. Você também pode fazer uma salada com os legumes principais ou apenas comê-los cozidos, junto com a comida.

Não se esqueça também de investir no clássico arroz + feijão que todo brasileiro gosta. Essa combinação é uma das mais nutritivas que existem: rica em carboidratos, ferro e aminoácidos essenciais. É importante adicionar alguma carne (filé de frango ou peixe, por exemplo) como fonte de proteínas. Carnes vermelhas devem ser consumidas em menor quantidade, pois são mais gordurosas - portanto, dê preferência ao peixe e ao frango.

Para quem é vegano ou vegetariano, é importante complementar a alimentação com outros alimentos - tais como grão-de-bico, soja, palmito e muitos vegetais e legumes, que compõem um cardápio bem rico em nutrientes.

Existem várias opções saborosas de lanche da tarde

Na correria do dia a dia, muitas pessoas acabam pulando o lanche da tarde - comem no almoço e, depois, deixam para se alimentar apenas à noite. Mas esse é um dos maiores erros que alguém pode cometer, pois o corpo também precisa de mais energia durante o dia.

Por isso, lembre-se de fazer um lanche na parte da tarde (cerca de 3 horas após o almoço), mesmo que seja algo bem levinho. Uma boa dica é comer algumas torradas com iogurte ou mesmo um pão integral com queijo. O mais importante é não deixar de comer algo na parte da tarde e, com o tempo, você pode ir variando no cardápio para não enjoar.

Opções interessantes de lanche: biscoitos integrais, pipoca de panela, frutas, torradas, sanduíches e iogurtes.

No jantar, se alimente com alguma sopa ou comida mais leve

Na parte da noite, o mais indicado é fazer uma refeição mais leve - sem alimentos processados, gordurosos, carnes vermelhas (que são mais difíceis de digerir) e doces com muito açúcar.

O ideal é apostar em pratos como uma sopinha de legumes, por exemplo, um prato de salada com filé de frango ou mesmo um lanche mais leve, para quem preferir. Outra dica interessante é finalizar o dia com um chá bem quente, com propriedades digestivas e relaxantes. Existem muitas plantas medicinais, como a hortelã, camomila, erva-cidreira, mulungu e babosa que são ótimas para o preparo de chás.

Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

6 hábitos simples para criar uma criança saudável

6 hábitos simples para criar uma criança saudável 6 hábitos simples para criar uma criança saudável

Uma das maiores preocupações de quem tem filhos é a saúde deles. Educar uma criança exige muita responsabilidade e cuidado para que ela cresça saudável e...

> Leia mais
Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Uma doença praticamente desconhecida pelas pessoas e que tem como sintoma a compulsão alimentar: essa é a síndrome de Prader Willi, um distúrbio raro que...

> Leia mais
Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Um bom café da manhã é composto por frutas, sucos, iogurtes e, é claro, pães macios e saudáveis. Mas, em vez de comprar pães prontos, você já pensou em fazer...

> Leia mais
Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Para seguir uma dieta vegana de forma saudável (e nutritiva) é importante variar bastante nos alimentos - vegetais, leguminosas, frutas, oleaginosas e por aí...

> Leia mais
Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Você conhece o mulungu? Também conhecida como corticeira, canivete ou bico-de-papagaio, essa erva tem sido objeto de vários estudos e recentemente foi...

> Leia mais
Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Você já ouviu falar na dieta Whole 30? Muito adotada por quem pratica crossfit, ela propõe uma restrição alimentar bem radical, com o corte de carboidratos e...

> Leia mais
As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

Além das alergias ao glúten e à lactose - que a maioria das pessoas já conhece - existem outros processos alérgicos alimentares que muita gente nem sabe que...

> Leia mais
O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

São muitas opções possíveis de cobertura para as torradas, sabia? Geleias, pastas, diferentes tipos de queijos e até frutas combinam superbem com o lanche. O...

> Leia mais
Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes

Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes Carne-seca vegana: como preparar essa receita com diferentes ingredientes

Vegano só come folha? Que nada! Hoje em dia o que não faltam são alternativas para quem optou por não comer mais produtos de origem animal. Cada vez mais...

> Leia mais
Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite

Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite

Quem sofre com intolerância à lactose sabe que a restrição aos alimentos derivados do leite precisa ser bem rígida. Afinal, o consumo da substância pode...

> Leia mais