Por que a dupla "Feijão + Arroz" se tornou inevitável na cultura do brasileiro?

Feijão e arroz são, de fato, uma dupla inseparável devido à riqueza de nutrientes
Feijão e arroz são, de fato, uma dupla inseparável devido à riqueza de nutrientes

Produto recomendado

Arroz integral 8 saquinhos Taeq 1kg

Arroz integral 8 saquinhos Taeq 1kg

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Em uma nação tão rica culturalmente, é difícil falar o que realmente define a identidade da gastronomia brasileira. Enquanto o futebol e o samba são exemplos clássicos de paixão nacional, na culinária é a combinação "feijão com arroz", a tradição mais comum à mesa dos brasileiros.

De acordo com historiadores, o Brasil foi o primeiro país a cultivar o arroz no continente americano. O alimento era o "milho d'água" (abati-uaupé) que os tupis, muito antes de conhecerem os portugueses, já colhiam nos alagados próximos ao litoral, enquanto o feijão passou a ser parte da alimentação no país também pelos índios e depois pelos escravos negros.

Esse típico prato brasileiro não é apenas famoso, mas também bastante nutritivo. O feijão é um tipo de leguminosa muito rica em proteína vegetal, que ajuda na composição dos músculos e tecidos do corpo. Já o arroz é um cereal rico em carboidrato complexo, o que dá energia ao organismo para que todas as atividades do metabolismo sejam devidamente realizadas.

Os dois alimentos se complementam também como aminoácidos, que são parte da proteína. A união faz com que eles formem uma proteína de alta qualidade. É mais saudável comê-los juntos que separadamente, já que o organismo pode não conseguir digerir todos os nutrientes do feijão quando ele é consumido sozinho. O arroz tem a função de ajudar o corpo a fazer a digestão de todas as vitaminas e proteínas.

Variando para não cair na rotina

Manter uma alimentação diária com os dois ingredientes, ajuda a prevenir certas doenças, como a anemia. Há também uma diminuição do risco de problemas cardiovasculares, como a diabetes. Essa dupla ainda ajuda no funcionamento do intestino. Quem não quer cair na rotina, pode optar por substituições bastante saudáveis. Uma dica é variar no tipo do feijão, tirando proveito máximo da diversidade. Que tal optar pelo feijão fradinho, carioquinha, vermelho ou azuki? São muitas opções para você balancear o seu cardápio diário. O arroz também pode ter alternativas mais saudáveis, como por exemplo, fazer mais uso dele em formato integral. Há outros cereais que podem ser fontes de carboidratos complexos, como o milho, o cuscuz marroquino, a quinoa e as massas integrais.

Deixar o feijão de molho é indispensável

A dona do restaurante Vegan Vegan - espaço vegetariano, Thina Izidoro, contou que em seu estabelecimento é servido arroz e feijão diariamente, pois em uma alimentação vegana, o arroz integral e o feijão são as principais fontes de proteína. Ela conta que é importante ter cuidado no preparo das refeições: "O arroz e feijão nós deixamos de molho de véspera para que o ácido fítico (que dificulta a absorção de cálcio, zinco e ferro) seja diluído e dispensado, facilitando a digestão."

A nutricionista Juliana Saldanha confirma o benefício do método, e garante que deixar o feijão e o arroz de molho, torna o prato ainda mais nutritivo. "Para aumentar a qualidade dos nutrientes vale deixar o feijão de molho antes de cozinhar e dispensar a água antes do cozimento. Assim, você elimina substâncias presentes nas leguminosas que atrapalham a absorção dos nutrientes e a digestão, chamadas anti-nutrientes. Para o arroz, vale investir nos integrais, pois além de conterem o carboidrato complexo, eles terão fibras, vitaminas e minerais importantíssimos para a manutenção da saúde", aconselha a nutricionista.

Fonte: Arroz - Historia, Variedades, Receitas, por Renata Lucia Bottini, Editora Senac São Paulo.

Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais