Alimentos inflamatórios: a lista com os principais a serem evitados na dieta

Entre os alimentos inflamatórios que devem ser evitados na dieta podemos citar frituras, gorduras e carnes processadas
Entre os alimentos inflamatórios que devem ser evitados na dieta podemos citar frituras, gorduras e carnes processadas
Caroline Miranda

Consultor:

Caroline Miranda

Formada em Nutrição pela UNIRIO, possui pós-graduação em Clínica Funcional, em Fitoterapia Funcional e é coach de Emagrecimento e Qualidade de Vida

Se você pensa que o carboidrato é o grande vilão da dieta saudável, é possível que ainda não tenha ouvido falar dos alimentos inflamatórios. Muitas vezes são eles os responsáveis por causar aquela sensação de inchaço e desconforto no estômago, além de gerarem sintomas como azia, enxaqueca e outros problemas mais sérios relacionados à doenças como hipertensão, obesidade e diabetes. Para entender melhor o assunto, nós conversamos com a nutricionista funcional Caroline Miranda, que esclareceu quais são os principais alimentos inflamatórios que devem evitados na dieta. Dá uma olhada!

O que são alimentos inflamatórios e de que forma eles atuam no organismo?

De acordo com a nutricionista, "alimentos inflamatórios estão ligados ao processo de estresse oxidativo que acontece no nosso organismo. Ele é baseado em uma cascata de reações químicas que produzem substâncias capazes de gerar um ambiente inflamatório no corpo e a exposição frequente causa um desequilíbrio culminando em danos nas proteínas, lipídios e DNA das células".

Pois é, como o próprio nome indica, os alimentos inflamatórios atuam de uma forma nada benéfica ao organismo, especialmente no que diz respeito à pele. "As consequências vão desde envelhecimento, aterosclerose até doenças autoimunes. Nas células da pele, os açúcares dos alimentos de alto índice glicêmico fixam nas fibras de colágeno deixando as junções rígidas e danificando de maneira irreversível. Por isso a pele perde sua elasticidade e as rugas se instalam. Ou seja, quanto mais inflamatória for a alimentação, mais este processo é acelerado, por exemplo", complementa Caroline Miranda.

Quais são os principais alimentos inflamatórios que devem ser evitados?

A especialista afirma que "alimentos que utilizam altas temperaturas na produção e que necessitam de muitos conservantes para maior durabilidade pertencem ao grupo dos alimentos de maior poder inflamatório". Com isso, alguns exemplos como biscoitos industrializados, frituras e embutidos derivados de carne estão na lista dos alimentos inflamatórios que devem ser evitados. Veja a lista de quais evitar:

1. Frituras e alimentos muito gordurosos

Por serem ricos em gorduras saturadas, qualquer uma dessas opções pode fazer mal ao organismo se você consumir exageradamente. Além das sensações de desconforto, frituras e gorduras também são responsáveis por reduzir os níveis de triptofano no nosso organismo - aminoácido que ativa o hormônio da serotonina e que, se estiver em níveis muito baixos, pode causar mau humor.

2. Biscoitos industrializados

Os biscoitos industrializados que não são voltados para uma alternativa de snack saudável e que possuem muitos conservantes em sua composição também são considerados alimentos inflamatórios. A dica procurar por opções leves e realmente nutritivas que podem fazer bem ao organismo (mesmo que sejam consumidas em poucas quantidades).

3. Embutidos derivados da carne vermelha

Algumas carnes processadas como salame, presunto, bacon, linguiça e salsicha também devem ser cortadas da dieta. Embora proteicas, elas normalmente são ricas em sódio e podem aumentar o colesterol "ruim" (LDL).

4. Refrigerantes e bebidas alcoólicas

Extremamente ricos em açúcar, os refrigerantes e as bebidas alcoólicas (principalmente as mais fermentadas, como a cerveja) costumam contribuir bastante para o desenvolvimento de doenças como hipertensão e diabetes. O melhor mesmo é substituí-los por opções mais saudáveis, feitas com o suco da fruta e outras alternativas!

5. Alimentos açucarados

Doces, sorvetes, caldas e qualquer outro tipo de alimento açucarado e industrializado são cheios do que chamamos de "açúcar invertido" - substância que faz muito mal para o organismo e que é produzida industrialmente para melhorar o sabor e a textura desses alimentos. Por isso, o ideal é que você guarde as opções açucaradas apenas para os finais de semana e tenha um consumo moderado delas!

Alimentos anti-inflamatórios podem ajudar a equilibrar a dieta

Alguns alimentos anti-inflamatórios e antioxidantes - como gengibre, cúrcuma, alho, limão e mel - podem ajudar a equilibrar a dieta e a diminuir a reação dos alimentos que causam inflamações no organismo.

De acordo com a nutricionista Caroline Miranda, "uma forma de equilibrar a alimentação é substituir esses alimentos por opções menos gordurosas e naturais. Dar preferência para carne de aves, suínos e peixes. Mais importante do que reduzir o consumo é incluir nutrientes com ação anti-inflamatória para ajustar esse desequilíbrio".

Mais noticias com...
Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

Mel ou melado de cana? Conheça os benefícios e formas de usar esses ingredientes

Mel ou melado de cana? Conheça os benefícios e formas de usar esses ingredientes Mel ou melado de cana? Conheça os benefícios e formas de usar esses ingredientes

As diferenças entre mel e melado de cana vão além da maneira como os ingredientes são produzidos, viu? Ambos são ótimas alternativas ao açúcar cristal para...

> Leia mais
Natação: saiba o que comer antes e depois do treino para aproveitar benefícios

Natação: saiba o que comer antes e depois do treino para aproveitar benefícios Natação: saiba o que comer antes e depois do treino para aproveitar benefícios

A natação é um esporte aquático muito famoso ao redor do mundo. A prática física acontece majoritariamente em piscinas e é considerada uma atividade...

> Leia mais
Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Comida congelada e saudável existe e pode ser muito bem aproveitada no dia-a-dia! Apesar dos mitos a respeito dos produtos conservados no freezer, é fato que...

> Leia mais
Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão é aquela opção refrescante para quem quer hidratar o corpo e garantir boas doses de energia para o organismo! No verão e em qualquer outra...

> Leia mais
Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Quer dar uma diferenciada no cardápio no fim de semana? A comida mediterrânea é uma opção saudável para curtir uma noite de receitas estrangeiras com a...

> Leia mais
Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Dentre os vegetais, a lista de benefícios do brócolis é uma das mais extensas! O legume é supernutritivo e oferece muita versatilidade para as refeições...

> Leia mais
Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Você já deve ter ouvido falar que suco de caixinha faz mal, não é? Assim como diversos produtos vendidos no mercado e consumidos na rotina alimentar, existem...

> Leia mais
Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Ter lanches saudáveis na bolsa é sempre uma boa ideia para quem quer curtir um dia ensolarado com toda a família na praia. Além de ser mais econômica, essa é...

> Leia mais
Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Você sabe quais os benefícios da maçã? E no caso da maçã desidratada, o que você sabe sobre o alimento? A primeira coisa a se dizer é que as frutas...

> Leia mais
Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável? Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Entre óleo de coco e azeite, qual você prefere? É possível que você já tenha se perguntado qual o óleo mais saudável, pois essa questão é bem comum para quem...

> Leia mais