Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Não importa se a pimenta-do-reino é preta, vermelha, branca ou verde: todos os tipos são benéficos para a saúde
Não importa se a pimenta-do-reino é preta, vermelha, branca ou verde: todos os tipos são benéficos para a saúde

Se a gente te disser que a famosa pimenta-do-reino preta também possui outras três cores diferentes? É real! A deliciosa especiaria proveniente da planta Piper nigrum L. pode ser encontrada em diversos estágios de maturação e, justamente por isso, apresenta diferentes colorações - sendo comercializada nas cores preta, verde, branca e vermelha. Amplamente consumida no Brasil, tudo o que você precisa é aprender como usar cada um desses tipos de pimenta na cozinha. Mas, fica tranquilo, que a gente se ensina. Vem conferir!

Pimenta-do-reino preta é a mais famosa de todas

Pimenta-preta, pimenta-do-reino preta, pimenta-redonda, "king of spices", ou rainha das especiarias. A especiaria que possui diferentes variações também possui mais de uma nomenclatura. E independente do nome que você atribuir a ela, uma coisa é certa: este é o tipo de pimenta mais comercializado do mundo. Para muitos, inclusive, é o ingrediente básico de qualquer tipo de receita salgada!

Picante na medida certa, o condimento pode ser utilizado para realçar o sabor das massas, incrementar um delicioso molho de tomate, por exemplo, temperar carnes vermelhas e aguçar vários outros sabores. Muito mais do que um tipo de tempero qualquer, a pimenta-do-reino preta se diferencia quanto ao seu aroma e textura, e é considerada imatura quanto ao seu estágio de maturação.

Fora que ela é cheia de benefícios! Rica em vitamina A e K, betacaroteno, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, manganês e fibras dietéticas - os grãos da especiaria contêm propriedades terapêuticas e podem ser utilizados no tratamento de doenças respiratórias. Tá bom ou quer mais?

Pimenta-do-reino branca pode ser utilizada em caldos e molhos brancos

Colhida depois do seu amadurecimento, a pimenta-do-reino branca possui o sabor mais brando e suave. Assim como as outras, ela é utilizada para complementar pratos culinários (sobretudo caldos e molhos claros ou brancos) e pode ser encontrada na forma seca, em grãos ou moída.

Referência na gastronomia francesa, tailandesa e chinesa, esse tipo de especiaria causa um certo "formigamento" no primeiro contato - o que, para muitas pessoas, é o toque especial do alimento. O melhor de tudo é que ela também é indicada para auxiliar tratamentos médicos, como os que envolvem dores na articulação, artrite, congestão nasal e intoxicação alimentar.

Considerada 'imatura' a pimenta-do-reino verde é a menos picante

A pimenta-do-reino verde é colhida no mesmo estágio de maturação que a preta. A diferença está no processo de desidratação (a preta é seca ao sol e a verde é rapidamente desidratada para que a sua cor natural seja preservada), no método de conserva (a verde normalmente é vendida em salmouras ou imersa no vinagre), no aroma menos acentuado, na textura lisa e na "falta" de ardência.

Se você quiser, por exemplo, acrescentar sabor a algum molho de salada sem que ele fique picante, esse é o tipo de condimento perfeito. Vale utilizá-lo para o preparo de peixes, carnes e aves, temperar saladas, saborizar vegetais e todas as outras combinações que você desejar.

Suave e picante ao mesmo tempo, a pimenta-do-reino vermelha é rara e menos comercializada

Proveniente de frutos maduros e erroneamente reconhecida como pimenta rosa (que provém de uma outra árvore chamada aroeira), a pimenta-do-reino vermelha tem um sabor suave e picante por dentro. Ela é mais rara (devido a dificuldade na colheita) e muito menos comercializada.

Vendida em forma de salmoura, a especiaria avermelhada tem o uso culinário parecido com a verde e a preta, sendo mais voltada para o tempero de proteínas e molhos.

Pimentas-do-reino possuem diversos benefícios em comum para o organismo

Todos os tipos de pimentas-do-reino são bons para a saúde! Elas possuem uma substância chamada "piperina" em sua composição, que é responsável por aumentar a absorção de vários nutrientes - incluindo vitaminas -, estimular enzimas digestivas, digerir mais rapidamente os alimentos e acelerar o metabolismo. Ou seja, a pimenta é um poderoso alimento termogênico! Boa para o emagrecimento saudável, aumentar a libido, eliminar o excesso de radicais livres do corpo e muito mais.

Mais noticias com...
Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Exótico, saboroso e rico em diversas propriedades nutritivas, o polvo é aquele clássico fruto do mar que quem prova não costuma resistir! Não à toa, o...

> Leia mais
Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Buscar alternativas naturais para aumentar a fertilidade e conseguir engravidar de maneira segura é bem mais comum do que parece, sabia? É que alimentos como...

> Leia mais
6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante 6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

No universo dos antioxidantes, existem diversas moléculas (como os flavonoides e polifenóis) que apresentam ação antienvelhecimento e anti-inflamatória. As...

> Leia mais
Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Nativo do Cerrado brasileiro, o pequi é um fruto de casca verde-escura que possui espinhos no caroço (debaixo da polpa) e se destaca por ser altamente...

> Leia mais
Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Você sabia que a apendicite (tipo de inflamação aguda no apêndice) pode ser causada por conta de descuidos com a alimentação? Ter uma dieta saudável - livre...

> Leia mais
Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Incrementar saladas de folhas e legumes com molhos, sementes ou cereais é uma ótima forma de diversificar a alimentação diária. Você sabia que é possível...

> Leia mais
5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica 5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

Conhecida por ser uma culinária rica em alimentos sazonais e fruto de diversas mudanças políticas e sociais em seu país de origem, a comida japonesa (também...

> Leia mais
Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Você sabia que o suco congelado é uma ótima opção para aproveitar os nutrientes da fruta? Além de trazer mais praticidade para o dia a dia, a bebida consegue...

> Leia mais
4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis 4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

Nutritiva, saborosa e superversátil, a farinha de coco é o ingrediente perfeito para quem gosta de colocar a mão na massa e cozinhar receitas saudáveis!...

> Leia mais
4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais 4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

Tomar chá é ótimo para tranquilizar a mente, aliviar dores, tratar inflamações e outros problemas de saúde. Mas você sabia que, em alguns casos, esse tipo de...

> Leia mais