Aposte na pimenta! Conheça 6 tipos que ajudam o organismo a funcionar melhor

Conheça os principais tipos de pimenta e os benefícios de cada um deles para a saúde
Conheça os principais tipos de pimenta e os benefícios de cada um deles para a saúde

Produto recomendado

Geleia orgânica de pimenta Taeq 210g

Geleia orgânica de pimenta Taeq 210g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Amada por uns e odiada por outros, a pimenta é uma especiaria muito utilizada quando a ideia é deixar a comida com um tempero marcante. No entanto, adicionar um delicioso toque de ardência aos pratos não é sua única função: ela também conta com uma série de benefícios para a saúde - como controle do colesterol e prevenção de câncer e de doenças ligadas ao coração, por exemplo. E não é só isso: junto com a prática regular de atividades físicas, ainda pode ser uma importante aliada na dieta de quem quer perder peso!

Mas você sabia que esse alimento não aparece de apenas um jeito? Existem diferentes tipos de pimenta - que vão da conhecida pimenta-do-reino à cumari -, com cores, propriedades e até sabores bem variados. Conheça os principais deles!

Pimenta-do-reino aparece em três cores e funciona como agente bacteriano

Um dos tipos mais conhecidos do fruto, a pimenta-do-reino tem origem na Índia e pode ser encontrada em três cores diferentes - preta, branca ou verde. A primeira tem ardência média e é indicada para pratos salgados, enquanto a segunda é mais suave e funciona muito bem como um toque extra em peixes e frangos. A última, por sua vez, é muito usada na hora do preparo de molho de filés.

Já em relação aos seus benefícios, as três se destacam por aumentarem a absorção de nutrientes - graças a uma substância chamada piperina -, por estimularem o sistema digestivo e ainda amenizarem a retenção de água. Além disso, também podem ser consideradas agentes bacterianos por ajudarem a destruir esses micro-organismos.

Pimenta malagueta tem propriedades antioxidantes e faz bem para o coração

Você com certeza já ouviu falar nessa pimenta - que é uma das mais populares por aí, justamente por causa do seu conhecido sabor ardido e coloração vermelha bem forte. Usada na quantidade certa, faz toda a diferença no tempero de alguns pratos, como é o caso do guacamole e do vatapá, por exemplo.

No entanto, apesar de ser muito popular, o que muita gente não sabe é que esse ingrediente pode trazer uma série de benefícios específicos para a saúde! Para começar, ele tem propriedades antioxidantes - que combatem os radicais livres e, consequentemente, as células cancerígenas. Além disso, também aumenta o metabolismo, previne a diabetes e faz bem para os sistemas cardiovascular e imunológico.

Pimenta rosa ajuda a prevenir o Alzheimer

De origem brasileira - fruto da árvore chamada de aroeira -, essa versão da pimenta se caracteriza pelo sabor suave e o aroma marcante. Versátil, ela tem a vantagem de poder ser usada tanto em pratos doces quanto em salgados.

Entre seus benefícios, está a presença de antioxidantes e nutrientes essenciais, como é o caso das vitaminas e do cálcio. Além disso, ela também se destaca por fazer bem ao sistema circulatório, evitar inflamações e fazer parte da lista de alimentos que, segundo pesquisas, ajudam a prevenir o mal de Alzheimer.

Pimenta de cheiro faz bem para a pele e ajuda quem quer perder peso

Assim como a rosa, a pimenta de cheiro tem origem brasileira - mais especificamente na Bahia, onde é usada em muitos pratos típicos. Seu sabor pode ser bem leve ou com ardência moderada, mas seu aroma é mais forte, como o nome já indica.

Os sistemas cardiovascular e imunológico estão entre os beneficiados pelas suas propriedades. O ingrediente também tem poder anti-inflamatório, ajuda a evitar o envelhecimento da pele e ainda aparece como um bom aliado para quem quer perder peso por ter poucas caloria e acelerar a digestão.

Pimenta caiena é a que mais possui benefícios medicinais

Por ser resultado de uma mistura de várias pimentas vermelhas, essa versão está entre as mais ardidas - e, por isso, é muito utilizada em pratos mexicanos. Mas seu sabor característico não é o único detalhe que a destaca entre as demais: a caiena é considerada a opção de pimenta que mais entrega benefícios medicinais.

Para começar, ela é um bom antialérgico e antifúngico, e pode funcionar como um remédio para gripes, resfriados e dores de cabeça. E tem mais: faz bem para o coração, melhora a imunidade e ainda ajuda a criar uma proteção no estômago para impedir a formação de úlceras.

Pimenta cumari ajuda a diminuir os níveis de açúcar no sangue

Popular na região Sudeste do país, bem ardida e com sabor amargo, a pimenta cumari é muito usada para deixar pratos simples - como arroz e feijão - com um toque a mais. Apesar de ser rica em carboidratos e fibras alimentares, tem baixa caloria e é indicada para as dietas por ser composta por nutrientes importantes - como vitaminas, ferro e potássio, por exemplo.

Assim como a maioria dos outros tipos de pimenta, também combate os radicais livres por ter ação antioxidante, além de também evitar doenças relacionadas ao coração, funcionar como um anti-inflamatório e ainda ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais