Ricota de kefir: aprenda a preparar a receita dessa alternativa ao queijo

Ricota de kefir acompanha muito bem geleias, pães e mel
Ricota de kefir acompanha muito bem geleias, pães e mel

Se você ainda não sabe o que é kefir, não sabe o que está perdendo! Esse é um dos alimentos mais ricos em propriedades nutritivas e benéficos para o organismo, já que é composto por vitaminas do complexo B, minerais (como o cálcio, o magnésio e o fósforo) e algumas enzimas que ajudam na digestão. Aliás, ele é superindicado para pessoas que sofrem com problemas intestinais. Além de ser uma bela alternativa ao queijo, como no caso desta receita! Quer saber como preparar uma deliciosa ricota de kefir? Então, confira!

Primeiro, saiba como produzir o próprio kefir

Para os que ainda não sabem, o kefir é produzido a partir do processo de fermentação. Ele é derivado de um conjunto de bactérias probióticas que podem ser obtidas por meio de doações - normalmente 1 colher de sopa em forma de bactérias em forma de grãos. Somente a partir disso é possível realizar a fermentação e, de fato, produzir o probiótico.

O processo pode ser feito à base de leite ou de água + açúcar mascavo. Basta misturar os grãos com 200 ml de leite (ou 250 ml de água e 1 colher de sopa do açúcar), esperar 24 horas para que a fermentação aconteça e coar todo o produto com uma peneira. Prontinho! A parte coada será a base da sua receita.

Como preparar a receita de ricota de kefir

A receita de ricota de kefir leva apenas 3 ingredientes: leite - de preferência o integral, pois o desnatado e semi desnatado pode coalhar o queijo -, kefir e sal. Comece colocando de 1,5 L a 2 L de leite integral numa panela, em fogo médio, até levantar fervura e vá mexendo aos pouquinhos. Quando estiver borbulhando, despeje cerca de 500 ml de kefir e incorpore o conteúdo.

O próximo passo é separar um escorredor (pode ser aquele de macarrão, de arroz, ou qualquer um que você tenha disponível) e um pano de prato. Com a mistura de leite e kefir já fria, cubra o escorredor com o pano e, por cima, entorne o conteúdo. Segure a pontas do pano e forme uma bolsinha de ricota de kefir, deixando todo o soro escorrer pelo recipiente. Se quiser acelerar o processo, aperte e torça o pano de prato.

Quando restar apenas a ricota, coloque o pano em um recipiente de sua preferência e tempere a ricota com sal a gosto. Com uma colher, misture bem, apertando aos pouquinhos para que ela fique bem encorpada e consistente. Feche o pano novamente e deixe o refratário na geladeira por algumas horas (o ideal é que fique de um dia para o outro para a consistência ficar 100% perfeita!). Depois é só desenformar em um outro recipiente e servir! Você também pode cortá-la em pedacinho e servi-la meia esfareladinha, que também fica uma delícia. Muito simples né? Ah, e ela acompanha muito bem uma geleia de frutas, mel ou um pãozinho, fica a dica!

Obs.: Para fazer uma boa porção de ricota, a receita deve acompanhar no mínimo 800 ml de leite e 200 ml de kefir.

Se quiser um sabor a mais, tempere a sua ricota

Para garantir um gostinho extra (além de ser uma ótima maneira de reduzir na quantidade de sódio) você também pode temperar a sua ricota! Vale utilizar orégano, pimenta-do-reino, pimenta biquinho, ervas finas ou qualquer tempero que agregue sabor e caia bem com um queijinho.

Mais noticias com...
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais
5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos

5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos 5 livros para relaxar a mente e deixar os dias mais tranquilos

Criar o hábito de ler livros de diferentes temas no dia a dia pode ser mais benéfico do que você imagina. Além de ser uma forma de aprender, desenvolver...

> Leia mais
Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada

Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada Pré-diabetes tem como reverter? Aprenda a tratá-la da forma adequada

Para muitas pessoas, receber o diagnóstico de diabetes é sinônimo de restrições alimentares e complicações de saúde a longo prazo. Basta receber a notícia...

> Leia mais
Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas

Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas

Deixar leguminosas (como feijão, lentilha ou ervilha) e outros grãos de molho é fundamental para eliminar os antinutrientes - substâncias que podem...

> Leia mais
Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão

Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão Para que serve a bromelina? Conheça essa enzima boa para a digestão

Presente em todas as partes do abacaxi (polpa, casca e caule), a bromelina é um tipo de enzima que auxilia na digestão e também é usada para fins medicinais....

> Leia mais