Raiz, bulbo e tubérculo: descubra a diferença entre eles

Cenoura, cebola e batata: embora todos pareçam raízes apenas o primeiro vegetal se enquadra nessa categoria
Cenoura, cebola e batata: embora todos pareçam raízes apenas o primeiro vegetal se enquadra nessa categoria

Às vezes quando lemos a respeito dos benefícios de determinado alimento acabamos vendo suas vantagens apenas de uma maneira geral. Não é à toa que temos classificações como "frutas vermelhas" ou "verduras verde-escuras". Mas em alguns casos a nomenclatura utilizada acaba não sendo a ideal. Raízes, bulbos e tubérculos, por exemplo, são tipos distintos de vegetais. Ainda assim, muita gente nem faz ideia de suas diferenças, ou mesmo que eles podem ser ótimos aliados da saúde.

Raízes tuberosas possuem parte do caule desenterrada

Em geral as pessoas acreditam que bulbos e tubérculos são apenas raízes, já que eles são colhidos da terra, e não da parte de cima de uma planta, como ocorre normalmente com as frutas. Quando falamos de vegetais na verdade nos referimos às raízes tuberosas, que são aquelas que possuem uma parte do caule para fora, isto é, sem estar enterrada. Embora não seja possível selecionar características específicas para esse grupo, seus alimentos mais conhecidos possuem algumas em comum. Eles têm, por exemplo, baixo índice glicêmico, o que é ótimo para controlar problemas como a diabetes. Além disso, são ricos em vitaminas, minerais e carboidratos, que dão mais energia para o corpo.

Entre as raízes mais famosas temos a cenoura, a beterraba, a mandioca e a batata-doce. A primeira se destaca por ser fonte de vitamina A, que é ótima para pele, ossos e dentes, além de auxiliar a visão. Já os outros três vegetais a são ricos em antioxidantes, ajudando a combater o envelhecimento precoce e evitando doenças como câncer e o mal de Alzheimer. Além disso, possuem muito cálcio, sendo perfeitos para prevenir a osteoporose. Um adicional em relação à batata-doce é que ela é rica em fibras e ajuda a dar energia para o corpo, permitindo que quem a consuma consiga emagrecer de forma saudável.

Bulbos têm um formato bem característico

Neste caso seu caule é subterrâneo, e é lá onde os nutrientes ficam acumulados. Mas o que realmente chama a atenção é o seu formato, que se assemelha a um disco, ou a uma bola achatada. Se você ficou confuso basta pensar em seus exemplos mais comuns, que são a cebola e o alho. Inclusive, nesse segundo caso ele não é composto exatamente por um bulbo, mas sim por diversos bulbilhos, que são popularmente conhecidos como "dentes de alho". Em relação à alimentação não precisa se preocupar, porque ele também é rico em nutrientes.

Aliás, a união desses dois ingredientes é benéfica para a nossa saúde. Muito utilizados como temperos, sua combinação na preparação de pratos não é apenas deliciosa, como também indicada por nutricionistas. Isso porque a cebola possui ações anti-inflamatórias e antibacterianas, além de ser perfeita no controle do colesterol. Aliás, sua casca também pode ser aproveitada, já que é rica em quercetina, componente que ajuda a respirar melhor, sendo perfeito para quem sofre com asma ou bronquite. Mas não pense que o alho fica atrás. Afinal, ele é rico em antioxidantes, o que ajuda o sistema imunológico a trabalhar melhor.

Tubérculos parecem uma raiz hipertrofiada, mas são excelentes para a saúde

Assim como ocorre com os bulbos, no caso dos tubérculos a o caule também é subterrâneo. Então, qual a diferença? Basicamente, o formato, que em geral é mais arredondado. Além disso, eles parecem uma raiz hipertrofiada, o que pode soar estranho, mas na verdade permite que eles consigam armazenar substâncias, como amido e inulina. A primeira é uma fonte natural de energia, enquanto a segunda ajuda o intestino a absorver diversos minerais, como magnésio e cálcio. Esses são apenas alguns exemplos, já que cada alimento possui benefícios próprios.

Talvez o tubérculo mais comum seja a batata, que já evitou, inclusive, crises de fome da Europa. Rica em vitamina B6, ela atua no sistema nervoso ajudando a aliviar o estresse do dia a dia. Além disso, ela é fonte de fibras, proteínas e das vitaminas C, E, K e do complexo B em geral. Inhame é outro bom exemplo de tubérculo. Neste caso ele possui baixo índice glicêmico e aumenta a produção de hormônios femininos, o que é ótimo para mulheres que buscam engravidar.

Mais noticias com...
Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Ter uma rotina de alimentação balanceada é a principal dica de como fazer o cabelo crescer! A saúde das mechas e da pele é diretamente influenciada pelo...

> Leia mais
Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Você sabia que a comida congelada pode ser saudável e trazer uma série de vantagens para o dia a dia? Além das carnes - como frangos e peixes - que devem ser...

> Leia mais
Leite zero lactose: mitos e verdades

Leite zero lactose: mitos e verdades Leite zero lactose: mitos e verdades

O que você sabe sobre leite sem lactose? O produto vem ganhando relevância nos últimos anos e promete segurança no consumo de laticínios, especialmente para...

> Leia mais
Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais...

> Leia mais
Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Os flavonoides provavelmente fazem parte da sua alimentação diária mesmo que você não saiba disto! Substâncias de origem vegetal, eles estão presentes em boa...

> Leia mais
Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Ninguém resiste a uma quiche saudável acompanhada de uma salada de verduras fresquinhas! Perfeito para o dia a dia, no almoço ou no jantar, esse prato também...

> Leia mais
Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Começar o dia bem disposto é muito bom, né? Os alimentos energéticos são conhecidos por oferecer sensação de bem-estar e um combo de ânimo para o organismo!...

> Leia mais
Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Que tal fazer uma receita de bolo de batata-doce para comer no lanche com uma xícara de café? Se a ideia é apostar em sobremesas diferenciadas - fugindo de...

> Leia mais
Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Que tal deixar o lanche da tarde mais gostoso com uma receita de frango com requeijão? O aperitivo é a indicação perfeita para saciar a fome e ainda cai...

> Leia mais
Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Adicionar a Geleia de Laranja Diet Taeq ao café da manhã é sinônimo de saúde e sabor! Fonte de vitaminas e minerais, o recheio da fruta é muito indicado para...

> Leia mais