Leite: animal ou vegetal? Qual é o melhor para a saúde? Entenda tudo sobre eles

Os leites devem fazer parte da nossa alimentação desde os primeiros dias de vida. Veja as suas variações e tipos mais saudáveis para consumo
Os leites devem fazer parte da nossa alimentação desde os primeiros dias de vida. Veja as suas variações e tipos mais saudáveis para consumo

Poderoso, gostoso, saudável... Presente na nossa alimentação desde os primeiros dias de vida, o leite é essencial para o nosso desenvolvimento, independente da idade. Ele pode ser de origem animal ou vegetal, sendo fonte de importantes nutrientes que ajudam a tornar o nosso organismo mais equilibrado. Conheça quais são os melhores tipos de leites e descubra os seus benefícios.

Segundo a nutricionista Sheila Basso, o leite de origem animal é, provavelmente, um dos únicos alimentos que têm como objetivo fornecer nutrientes e proteção imunológica através dos anticorpos para o recém-nascido, o que pode explicar o seu alto valor nutricional:

"A composição do leite dos animais, aliado a distribuição equilibrada de certos componentes e a elevada digestibilidade, fazem do leite um dos componentes mais importantes na alimentação humana", explica a profissional.

Já os leites vegetais, que podem ser preparados com sementes, oleaginosas e outros cereais, como a soja, por exemplo, são utilizados para dieta de intolerantes à lactose (açúcar do leite), para fazer um detox, evitando os laticínios, ou para os adeptos da alimentação vegana, que não consomem nenhum tipo de alimento de origem animal.

Leite animal: quais são os seus benefícios para a saúde?

As tantas atribuições designadas ao leite se dão devido ao seu alto valor nutricional, como citado por Sheila Basso. Seus nutrientes incluem:

- Proteínas: Participam de todas as estruturas do corpo, contribuindo para o desenvolvimento muscular, melhorando o sistema imunológico e equilibrando o sistema nervoso.

- Vitamina A: Agente antioxidante responsável por retardar o envelhecimento precoce das células, prevenindo assim as ações dos radicais livres no organismo. A vitamina também melhora a saúde ocular, impedindo a degeneração macular.

- Cálcio: O nutriente mais associado dos derivados do leite é a alta concentração desse mineral. O cálcio é o mais indicado para o desenvolvimento e fortalecimento dos ossos e músculos ao longo da vida e, na terceira idade, o nutriente é quem previne a osteoporose.

- Carboidratos: Também é possível encontrar os carboidratos na bebida, sendo essa substância responsável por gerar energia e disposição para o corpo, favorecendo assim os praticantes de atividades físicas.

*As vitaminas D, E e K também são encontradas na bebida, ainda que em menor quantidade. Além do ferro, lipídios e ácidos graxos que também tornam o leite ainda mais benéfico para consumo.

Tipos de leite animal: conheça a variedade dessa bebida

- Integral: É o mais consumido e o que menos sofre processos químicos. Possui uma quantidade maior de gorduras em sua composição e, por isso, é o mais indicado para as crianças, evitando assim a desnutrição e a carência de nutrientes.

- Semidesnatado: Suas propriedades são bem parecidas com a do leite integral, porém, esse tipo da bebida passa por um processo em que ocorre a diminuição da quantidade de gordura do leite. Com apenas 1,5% de gordura, o leite semidesnatado é indicado para quem deseja perder peso de forma gradativa e natural.

- Desnatado: Essa versão do leite possui apenas 0,5% de gordura, sendo indicado para pessoas que precisam diminuir a quantidade da substância no dia a dia. Durante o processo da retirada da gordura, parte das vitaminas pode ser perdida, por isso, a bebida deve ser indicada por um profissional, em um plano alimentar equilibrado.

- Padronizado: Embora passe pelo mesmo processo do leite semidesnatado, essa versão mantém a quantidade de gordura intacta ao integral (3%). Assim, a bebida possui mais vitaminas e minerais que tornam o organismo mais nutrido.

- Leite em pó: Segundo Sheila Basso, esse leite é tratado termicamente e desidratado: "Possui boa qualidade microbiológica, desde que reconstituído com água de boa procedência ou fervida. Pode ser integral ou desnatado", explica.

- Evaporado: Trata-se do leite integral, tratado termicamente e retirado parcialmente e quantidade de água da bebida. Não possui adição de açúcar e é indicado para preparações culinárias.

- Zero lactose: Indicado para os intolerantes a essa substância, essa bebida passa pelo processo de exclusão da lactose mas garante os nutrientes encontrados no leite, tais como as proteínas, cálcio, carboidratos, etc.

Leites vegetais: alternativas saudáveis para dietas restritivas

Preparados a partir de soja, amêndoas, castanhas, arroz ou outros alimentos, essas bebidas são indicadas para uma alimentação saudável, principalmente no caso de restrições por alergias ou intolerâncias à lactose. Embora esses alimentos não substituam o leite de origem animal, devido a quantidade de substâncias benéficas, eles também podem ser altamente nutritivos.

Os nutrientes das bebidas variam de acordo com o alimento utilizado para preparação, por exemplo, para Sheila Basso, o leite de amêndoas, é uma boa fonte de minerais: "Amêndoa é fonte de minerais como magnésio, potássio, manganês, cobre, cálcio, fósforo, ferro e antioxidantes que combatem o câncer. As amêndoas são ricas em gorduras monoinsaturadas, o mesmo tipo de gordura presente no azeite de oliva, que ajudam a ter um coração saudável. Um copo da bebida (240 ml) contém 70 kcal", analisa a profissional.

Exemplos de leites vegetais: descubra quais são os alimentos que se transformam na bebida saudável

- Leite de castanha: Com pouquíssimas calorias em sua composição, a bebida é indicada para as pessoas que desejam perder alguns quilinhos sem abrir mão de alimento saborosos e saudáveis. O leite de castanha ainda é rico em potássio, mineral essencial para melhorar a saúde cardiovascular e também melhorar o desenvolvimento dos músculos e ossos. A castanha do Pará também possui bons níveis de vitamina E, agente antioxidante que ajuda a manter a pele saudável e jovem por mais tempo.

- Leite de arroz: Para os adeptos do cereal, essa bebida pode ser preparada em casa e traz nutrientes extremamente importantes para o nosso bem-estar. O leite de arroz é livre de colesterol e se torna uma boa fonte de proteínas, que beneficiam o sistema imunológico e nervoso. O leite ainda pode ser enriquecido com outros nutrientes, como o cálcio e vitaminas do complexo B e C, que previnem o envelhecimento precoce das células e retarda as ações dos radicais livres.

- Leite de coco: Essa bebida carrega consigo todos os nutrientes da fruta. Assim, é rico em ácidos graxos que se tornam fonte de energia para o corpo e ainda beneficiam a saúde do cérebro e do coração. Por ser uma boa fonte de vitamina C, o leite de coco ajuda a manter o organismo saudável, livre de gripes, resfriados e outras inflamações.

Leite de aveia: Além de ser livre de lactose, ajudando na dieta dos intolerantes, o leite de aveia também não possui glúten, se tornando uma boa alternativa para as pessoas portadoras da doença celíaca. Suas propriedades nutricionais incluem as fibras, que favorecem os trânsito intestinal e a fitomelatonina, substância responsável por garantir uma boa noite de sono e diminuir os sintomas da insônia, ajudando o corpo a relaxar.

Outros tipos de leite - gergelim, inhame, girassol, soja e nozes também são bons exemplos de leites vegetais e ajudam a aumentar a ingestão de nutrientes no organismo.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável

Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável

Muita gente não sabe, mas 20 de julho (além de ser o Dia Internacional do Amigo) também é considerado o Dia Nacional do Biscoito. E quem é que não ama esse...

> Leia mais
Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia

Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia

Os chás são ótimos aliados na nossa saúde - especialmente em dias frios, quando ajudam a aquecer o corpo. Entre os seus benefícios podemos citar que hidratam...

> Leia mais
Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor

Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor

Buscar uma alimentação saudável é a meta de muita gente, né? Só que, muitas vezes, fica difícil ponderar as quantidades e descobrir quais alimentos são...

> Leia mais
Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento

Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento

A abóbora é um tipo de fruto bem nutritivo e cheio de propriedades benéficas: é fonte de fibras, cálcio, magnésio, ferro, vitamina C e carboidratos (que...

> Leia mais
Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição

Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição

Para facilitar o nosso dia a dia, é comum seguirmos à risca um mesmo hábito alimentar, e isso inclui fazer as refeições nos mesmos horários. Esse costume...

> Leia mais
5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável

5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável 5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável

Para ter uma rotina saudável não basta comer bem: é preciso se movimentar. A boa notícia é que, para isso, não é necessário frequentar uma academia, já que é...

> Leia mais
Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período

Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período

Durante o período da maternidade é necessário ter alguns cuidados com a alimentação - tanto na gestação quanto no pós-parto/ amamentação. Existem alguns...

> Leia mais
Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia

Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia

O amendoim vem sendo incorporado cada vez mais no cardápio dos brasileiros, seja na sua forma torrada, cozida ou em pasta. Embora ele proporcione uma série...

> Leia mais
As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer

As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer

Quando falamos em culinária brasileira logo surgem na mente várias comidinhas típicas: pão de queijo, feijoada, brigadeiro, açaí e por aí vai... alimentos...

> Leia mais
Fast-food vegano: as comidas que adeptos dessa dieta podem consumir

Fast-food vegano: as comidas que adeptos dessa dieta podem consumir Fast-food vegano: as comidas que adeptos dessa dieta podem consumir

Quem conhece bem o estilo de vida vegano sabe que a alimentação desse grupo é bem restritiva - afinal, o veganismo consiste em um consumo consciente e...

> Leia mais