7 alimentos anticoagulantes que funcionam como remédios naturais

A canela é um alimento anticoagulante e termogênico que pode ser usado em diferentes receitas
A canela é um alimento anticoagulante e termogênico que pode ser usado em diferentes receitas

Quando se trata de manter um estilo de vida saudável, nossos hábitos alimentares são determinantes. Dependendo de alguns fatores, o cuidado com a alimentação deve ser redobrado. Quem tem trombose (coágulo que bloqueia o fluxo sanguíneo), por exemplo, deve buscar uma dieta anticoagulante, com alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e bastante água. Para prevenir problemas relacionados à coagulação (como varizes e trombose), nós fizemos uma lista com 8 alimentos anticoagulantes que podem fazer parte da sua dieta. Dá uma olhada!

1. Alho possui substâncias que bloqueiam a formação de coágulos

Muito usado pela culinária brasileira, o alho é um tempero saboroso e muito benéfico, já que é fonte de vitamina C, B6, fibras, cálcio, fósforo, selênio, manganês e outros nutrientes importantes. Mas, o que muita gente não sabe é que esse alimento também tem forte potencial anticoagulante. Ele possui as substâncias alicina e ajoene, que bloqueiam a união de plaquetas (evitando a formação de coágulos). Interessante, né?

2. Cebola é fonte de adenosina, substância anticoagulante

Assim como o alho, a cebola é muito usada para temperar receitas brasileiras e também fornece muitos nutrientes importantes: vitaminas do complexo B, C, antioxidantes e minerais variados. Mas você sabia que ela também atua como remédio natural anticoagulante? Por conter a substância adenosina em sua composição, a cebola consegue bloquear a agregação das plaquetas - evitando, assim, a formação de coágulos.

3. Ginseng garante a dilatação dos vasos e inibe a formação de coágulos

Você já ouviu falar nessa raiz medicinal de origem asiática? O ginseng, para quem não conhece, é um alimento rico em antioxidantes, vitaminas e também funciona como anti-inflamatório natural. Além disso, ele auxilia na circulação sanguínea, garantindo a dilatação dos vasos e inibindo, de certa forma, o processo de coagulação. Ele é considerado um dos principais alimentos que "afinam o sangue" e deve ser consumido com parcimônia. O ideal, inclusive, é que você consulte um nutricionista para não errar no consumo.

4. Canela fornece cinamaldeído, composto anticoagulante

Especiaria antiga e de grande valor nutricional, a canela é outro alimento anticoagulante que merece destaque. Ela possui o composto cinamaldeído, que evita o agrupamento de plaquetas e, assim, a formação de coágulos. A canela também funciona como termogênico natural (acelerando o metabolismo), auxilia na digestão e no combate a infecções.

5. Peixe é rico em ômega 3, substância que 'afina' o sangue e auxilia na circulação

Incluir peixe na alimentação do dia a dia é muito importante, sabia? Esse alimento é fonte de proteínas, ômega 3, ácido fólico e muitos outros nutrientes indispensáveis. O ideal, inclusive, é que você consuma peixes variados: salmão, atum, sardinha, cavalinha, truta e anchovas. O ácido graxo ômega 3, em especial, ajuda a "afinar" o sangue e a prevenir doenças cardiovasculares.

6. Azeite de oliva é fonte de polifenóis anticoagulantes

Você sabia que o azeite de oliva também atua como anticoagulante? Feito a partir das azeitonas, ele é fonte de polifenóis que atuam como antioxidantes e inibem a formação de coágulos no sangue. Uma boa dica é usar esse alimento para temperar saladas, legumes, pizzas e outras receitas no dia a dia.

7. Cúrcuma fornece a substância curcumina, que impede a aglutinação de plaquetas

Também conhecida como açafrão, a cúrcuma é um condimento asiático que traz vários benefícios ao nosso organismo: auxilia na digestão, reduz os níveis de colesterol ruim (LDL) e atua como anti-inflamatório. Além disso, o açafrão também funciona como anticoagulante, pois é fonte curcumina - substância que impede a aglutinação de plaquetas e a formação de coágulos.

Caso você tenha trombose - ou problemas relacionados à formação de coágulos -, a nossa dica é usar a cúrcuma para temperar peixes, carnes, caldos e diferentes receitas no dia a dia. Ela também concede cor e mais sabor aos pratos. Vale a pena experimentar!

Obs.: Vale destacar que, em casos de doenças mais graves (como trombose), é fundamental ter o devido acompanhamento de um médico e recorrer aos medicamentos prescritos. A alimentação, nesse caso, funciona como aliada e realmente faz bastante diferença!

Mais noticias com...
Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais