Ômega 3: Veja como esse nutriente é essencial para a saúde do nosso coração

Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo peixes, grãos e sementes, o ômega 3 é um nutriente essencial para fortalecer a saúde do nosso coração. Estudos comprovam que o seu consumo regular previne os riscos de infartos e evita a aterosclerose (formação de placas nas artérias). Veja mais benefícios!
Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo peixes, grãos e sementes, o ômega 3 é um nutriente essencial para fortalecer a saúde do nosso coração. Estudos comprovam que o seu consumo regular previne os riscos de infartos e evita a aterosclerose (formação de placas nas artérias). Veja mais benefícios!

Cuidar da saúde do coração é ter certeza de uma boa qualidade de vida. E, em relação a isso, poucos nutrientes são tão importantes em nossa alimentação quanto o ômega 3. Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo em peixes, grãos e sementes, essa gordura boa é uma substância diretamente ligada à defesa de doenças cardíacas. Saiba mais sobre os poderes desse elemento para o bom funcionamento do nosso organismo.

De acordo com estudos recentes, publicados na revista americana JAMA Internal Medicine, o consumo de ômega 3 pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Segundo os dados, o consumo desse nutriente está associado à diminuição de 10% de ataques cardíacos fatais. A nutricionista Paola Lisboa enfatiza a importância de ingerirmos alimentos fontes desse elemento em nosso dia a dia:

"Ômega 3 é um ácido graxo essencial, afinal, o organismo não consegue produzí-los sozinho. Existem inúmeros benéficos de serem consumidos como, por exemplo, ele ser um grande aliado do coração, pois diminui o colesterol, regula a pressão arterial, além de ser bom para cérebo, combatendo doenças como a depressão", enfatiza a profissional.


Como o ômega 3 age em nosso coração?

De maneira simplificada, o ômega 3 age de duas formas para beneficiar o sistema cardiovascular. Através de suas gorduras poli-insaturadas, "EPA" (ácido eicosapentaenóico), que reduz as atividades das plaquetas sanguíneas, prevenindo coágulos de sangue, e a "DHA" (ácido docosahexaenoico) que ajuda a evitar arritmias cardíacas, equilibrando a atividade elétrica no coração.


8 alimentos ricos em ômega 3 e seus benefícios gerais

Sardinha: O peixe de água salgada é fonte de cálcio, fósforo, potássio, ferro e magnésio. Além de beneficiar a saúde do coração, a sardinha também fortalece os ossos, beneficia a saúde dos olhos. Além disso, faz bem para a pele e para o cabelo, porque o peixe também rico em vitaminas A, do complexo B e D.

Atum: Fonte de proteínas, o atum é fonte de potássio, selênio e magnésio, além das vitaminas do complexo B que beneficiam a saúde cardiovascular. O peixe ajuda na melhora do humor, já que auxilia na produção de serotonina, e previne alguns tipos de câncer como ovários, pâncreas, esôfago, estômago e cólon.

Salmão: Saboroso e altamente nutritivo, esse peixe está no topo da lista quando o assunto é ômega 3. Além disso, é fonte de minerais como cálcio, ferro e potássio e de vitaminas A, B6, B12, C, D, que agem em prol da saúde muscular, fortalece os dentes e os ossos. Também beneficia o bem-estar dos cabelos e da pele, prevenindo o envelhecimento precoce.

Semente de linhaça: Um dos destaques das dietas, a linhaça é um grão extremamente rico em proteínas e fibras e está diretamente ligada à saúde do intestino. Possui propriedades antioxidantes e anticancerígenas que atuam no bem-estar geral do organismo, controlando o diabetes, auxiliando na redução do colesterol e equilibrando os hormônios do corpo.

Gergelim: Rico em ferro, o gergelim é um aliado à prevenção de anemia. Também é fonte de cálcio e magnésio, que ajudam a melhorar a respiração, prevenindo a asma e outras doenças respiratórias, além de aliviar dores de cabeça e enxaquecas. A semente também está ligada à saúde bucal, por ter ação antibacteriana.

Chia: Fonte de fibras e vitaminas, a chia está associada no controle de diabetes e no auxilio à saúde intestinal. Por ser rica em antioxidantes, ajuda a combater as ações dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e ajudando a reduzir a pressão arterial.

Ovos: Com uma lista grandiosa de benefícios, o ovo é fonte de ferro, fósforo, zinco, proteínas, manganês e vitaminas do complexo B, que ajudam a regular o cérebro, o sistema nervoso e cardiovascular. Também colabora na saúde dos olhos, reduzindo o risco de desenvolver a catarata, por exemplo.

Oleaginosas (nozes, castanhas e amêndoas): Possuem efeito anti-inflamatório e são fontes de gorduras boas, que protegem a saúde cardiovascular. Ricas em vitaminas e minerais, as oleaginosas são acrescidas às dietas pois proporcionam saciedade e impedem o consumo excessivo, a popular "gula".

* Paola Lisboa (CRN- 15100233) é nutricionista clínica e funcional e disponibiliza sua rede social para contato e outras informações: Facebook

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas

Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas

Você conhece a fruta-pão? Essa parente da jaca tem origem asiática, mas se adaptou muito bem ao solo do nosso país, e por isso é frequentemente encontrada no...

> Leia mais
Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal

Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal

O churrasco não precisa ser uma ocasião excludente para os que não comem alimentos de origem animal. Se você quer receber bem amigos veganos, ou se você...

> Leia mais
Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável

Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável

Por mais que todo mundo diga que passar a ter uma alimentação saudável é algo muito importante, para algumas pessoas não é tão simples assim. Isso porque,...

> Leia mais
Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda

Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda

Quem tem animais de estimação em casa sabe bem o quanto sua presença e companhia são prazerosas e benéficas para o bem-estar. Eles despertam nos donos...

> Leia mais
6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário

6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário 6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário

Que as saladas devem fazer parte da nossa dieta diária todo mundo sabe. A grande questão é que algumas pessoas não gostam de comer a mesma coisa todos os...

> Leia mais
Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação

Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação

Na busca por uma alimentação saudável e equilibrada, sempre surgem novas dietas e métodos para maior consumo dos nutrientes. E a alimentação crudívora passou...

> Leia mais
As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor

As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor

Adeptos da fitoterapia - que usa determinadas plantas para obter medicamentos - sabem o poder das ervas. Afinal, muitas delas possuem propriedades medicinais...

> Leia mais
5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante

5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante 5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante

Por mais que o sabor picante da pimenta assuste muita gente, há uma quantidade enorme de pessoas que ama o condimento e faz de tudo para colocá-lo em todos...

> Leia mais
Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional

Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional

Se você está cogitando ir a um nutricionista, já parou para pensar que a especialidade do profissional escolhido pode fazer toda a diferença no resultado...

> Leia mais
Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável

Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável

Amantes de chá sabem que quando não temos um pacotinho com a gente a infusão de ervas naturais surge como uma mão na roda. Mas o que você talvez nem faça...

> Leia mais