Vitamina D engorda? É vitamina mesmo? Veja 5 mitos e verdades do nutriente

Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Caroline Codonho

Consultor:

Caroline Codonho

Formada no Centro Universitário São Camilo, tem 3 pós-graduações: Saúde da Família e Comunidade (IEP Albert Einstein), Fisiologia e Metabolismo Aplicados a Nutrição e Atividade Física (ICB-USP) e Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia (VP/ UNICSUL)

Importante para a saúde dos ossos e músculos, a vitamina D é considerada um nutriente imprescindível para a saúde. Ela está presente em alimentos como peixes (salmão, sardinha e atum), ovos, cogumelos, leites e derivados. Mas será que apenas a alimentação é suficiente para suprir os níveis desse nutriente? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Caroline Codonho, que contou mais sobre os mitos e verdades da vitamina D. Confira!

1. Vitamina D pode ser considerada um hormônio - VERDADE

Existem estudos que demonstram que a vitamina D - por conta de suas funções no nosso organismo - não pertence ao grupo das vitaminas. Mas será que isso é verdade? A nutricionista Caroline Codonho esclarece bem essa polêmica: "A vitamina D é um nutriente com grande espectro de atuação e, hoje, é caracterizada como hormônio, devido a sua complexidade de ações. Mesmo com sua incrível atuação, ela ainda segue classificada como vitamina por muitos especialistas. No entanto, seus efeitos metabólicos ocorrem de maneira muito semelhante a dos hormônios", explica.

2. Vitamina D pode causar aumento de peso - MITO

Algumas pessoas pensam que a deficiência de vitamina D pode, de certa forma, fazer com que as pessoas engordem. De acordo com a nutricionista, essa é uma ideia equivocada. "Devido a sua complexidade de benefícios, a deficiência de vitamina D não tem relação direta com o aumento de peso, mas ela tem influência em inúmeros processos orgânicos como: saúde cerebral, prevenção de desordens afetivas sazonais (depressão no inverno europeu por deficiência de vitamina D) e saúde óssea", afirma Caroline.

3. Basta ter uma alimentação adequada para ter bons níveis de vitamina D - MITO

Engana-se quem pensa que, para ter bons níveis de vitamina D no organismo, basta ter uma boa alimentação. De acordo com médicos, a exposição aos raios solares é fundamental nesse quesito, pois a absorção de vitamina D é ativada justamente pela ação do sol. A nutricionista Caroline afirma que os dois pontos são importantes. "É possível garantir bons níveis através da alimentação e exposição solar. Alimentos como ovos, leite e derivados são ricos em vitamina D e devem fazer parte de uma dieta saudável", recomenda a profissional.

4. Falta de vitamina D pode causar fraqueza nos ossos - VERDADE

Você já deve ter ouvido falar que a vitamina D é importante para a saúde dos ossos. E, de fato, essa afirmação é verdadeira! O consumo desse nutriente está diretamente ligado à prevenção de diversas doenças, como afirma a nutricionista: "Deficiência de vitamina D pode causar osteopenia, osteoporose, osteomalácia, aumento na chance de hipertensão e síndrome metabólica. Esse nutriente é importante para a prevenção de diversos tipos de câncer (próstata, pâncreas, mama, ovário, cólon) e da depressão sazonal que ocorre no inverno de países com pouca incidência de luz solar", comenta.

5. Vitamina D pode ser prejudicial aos rins - MITO

Caso a pessoa exagere no consumo diário de vitamina D (através de suplementos, por exemplo) isso pode causar um desequilíbrio no organismo - acarretando diferentes doenças e problemas. No entanto, de acordo com a nutricionista, a vitamina D não pode ser considerada prejudicial à saúde. "Na verdade, o risco de prejuízo renal é causado pelo excesso de cálcio e fosfato associado ao aumento significativo de vitamina D (acima de 200 nanogramas/ ml). Esse excesso de cálcio e fosfato é que podem causar calcificação renal e aumentar o risco de cálculos. A vitamina D isoladamente não é prejudicial aos rins", finaliza Caroline.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo 6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

Dependendo do tipo de corte e da forma de preparo, as carnes vermelhas podem ser grandes aliadas da nossa saúde! Elas são conhecidas por serem uma das...

> Leia mais
Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Presente no prato dos brasileiros, o feijão é uma de leguminosa altamente nutritiva (fonte de ferro, potássio, fibras e vitaminas) e rende ótimas receitas:...

> Leia mais
6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais