Vitamina D engorda? É vitamina mesmo? Veja 5 mitos e verdades do nutriente

Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Caroline Codonho

Consultor:

Caroline Codonho

Formada no Centro Universitário São Camilo, tem 3 pós-graduações: Saúde da Família e Comunidade (IEP Albert Einstein), Fisiologia e Metabolismo Aplicados a Nutrição e Atividade Física (ICB-USP) e Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia (VP/ UNICSUL)

Importante para a saúde dos ossos e músculos, a vitamina D é considerada um nutriente imprescindível para a saúde. Ela está presente em alimentos como peixes (salmão, sardinha e atum), ovos, cogumelos, leites e derivados. Mas será que apenas a alimentação é suficiente para suprir os níveis desse nutriente? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Caroline Codonho, que contou mais sobre os mitos e verdades da vitamina D. Confira!

1. Vitamina D pode ser considerada um hormônio - VERDADE

Existem estudos que demonstram que a vitamina D - por conta de suas funções no nosso organismo - não pertence ao grupo das vitaminas. Mas será que isso é verdade? A nutricionista Caroline Codonho esclarece bem essa polêmica: "A vitamina D é um nutriente com grande espectro de atuação e, hoje, é caracterizada como hormônio, devido a sua complexidade de ações. Mesmo com sua incrível atuação, ela ainda segue classificada como vitamina por muitos especialistas. No entanto, seus efeitos metabólicos ocorrem de maneira muito semelhante a dos hormônios", explica.

2. Vitamina D pode causar aumento de peso - MITO

Algumas pessoas pensam que a deficiência de vitamina D pode, de certa forma, fazer com que as pessoas engordem. De acordo com a nutricionista, essa é uma ideia equivocada. "Devido a sua complexidade de benefícios, a deficiência de vitamina D não tem relação direta com o aumento de peso, mas ela tem influência em inúmeros processos orgânicos como: saúde cerebral, prevenção de desordens afetivas sazonais (depressão no inverno europeu por deficiência de vitamina D) e saúde óssea", afirma Caroline.

3. Basta ter uma alimentação adequada para ter bons níveis de vitamina D - MITO

Engana-se quem pensa que, para ter bons níveis de vitamina D no organismo, basta ter uma boa alimentação. De acordo com médicos, a exposição aos raios solares é fundamental nesse quesito, pois a absorção de vitamina D é ativada justamente pela ação do sol. A nutricionista Caroline afirma que os dois pontos são importantes. "É possível garantir bons níveis através da alimentação e exposição solar. Alimentos como ovos, leite e derivados são ricos em vitamina D e devem fazer parte de uma dieta saudável", recomenda a profissional.

4. Falta de vitamina D pode causar fraqueza nos ossos - VERDADE

Você já deve ter ouvido falar que a vitamina D é importante para a saúde dos ossos. E, de fato, essa afirmação é verdadeira! O consumo desse nutriente está diretamente ligado à prevenção de diversas doenças, como afirma a nutricionista: "Deficiência de vitamina D pode causar osteopenia, osteoporose, osteomalácia, aumento na chance de hipertensão e síndrome metabólica. Esse nutriente é importante para a prevenção de diversos tipos de câncer (próstata, pâncreas, mama, ovário, cólon) e da depressão sazonal que ocorre no inverno de países com pouca incidência de luz solar", comenta.

5. Vitamina D pode ser prejudicial aos rins - MITO

Caso a pessoa exagere no consumo diário de vitamina D (através de suplementos, por exemplo) isso pode causar um desequilíbrio no organismo - acarretando diferentes doenças e problemas. No entanto, de acordo com a nutricionista, a vitamina D não pode ser considerada prejudicial à saúde. "Na verdade, o risco de prejuízo renal é causado pelo excesso de cálcio e fosfato associado ao aumento significativo de vitamina D (acima de 200 nanogramas/ ml). Esse excesso de cálcio e fosfato é que podem causar calcificação renal e aumentar o risco de cálculos. A vitamina D isoladamente não é prejudicial aos rins", finaliza Caroline.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais