Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

A exposição ao sol é essencial para ativar a produção de vitamina D no organismo
A exposição ao sol é essencial para ativar a produção de vitamina D no organismo

Produto recomendado

Cogumelo shimeji branco orgânico Taeq 150g

Cogumelo shimeji branco orgânico Taeq 150g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tomar sol. Afinal, a exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D que, por sua vez, estimula a produção de cálcio e fortalece os nossos ossos. Por isso, muitos médicos recomendam tomar sol pelo menos três vezes por semana - sempre nos horários adequados! Para entender melhor o assunto e descobrir o período ideal para tomar sol, nós conversamos com a nutróloga Fernanda de Luca. Ela contou dicas importantes para aumentar a absorção de vitamina D no organismo. Confira!

O ângulo de incidência dos raios solares na pele influencia no estímulo de produção da vitamina D

De acordo com a nutróloga Fernanda de Luca, é importante tomar sol no período de hora indicado por conta da angulação de incidência dos raio solares - que vai influenciar diretamente na produção de vitamina D. "O estímulo à produção de vitamina D pela pele depende do ângulo de incidência dos raios solares na pele e, aqui no Brasil, seria entre as 10h e 15h, justamente o horário de maior risco ao desenvolvimento de câncer de pele. Por isso, muitas vezes recomenda-se a suplementação vitamínica", explica a profissional.

Apesar de a excessiva exposição ao sol representar um risco de desenvolver câncer de pele, existem outros fatores que devem ser analisados. Segundo a nutróloga, é importante ter um acompanhamento médico para avaliar cada caso. "Vale destacar que o tempo de exposição solar necessário para atingirmos níveis sanguíneos satisfatórios de vitamina D é bem inferior ao tempo de exposição relacionado ao risco de câncer de pele. Fora que isso depende de vários fatores, como tom de pele e gordura subcutânea. Por isso, cada caso deverá ser avaliado individualmente por um médico especializado", complementa.

Vitamina D fortalece os ossos e também ajuda no tratamento de doenças autoimunes

Muita gente não sabe, mas a vitamina D é essencial para prevenir doenças ósseas - daí a importância de tomar sol com bastante frequência. "A vitamina D tem funções importantíssimas no nosso organismo, a mais conhecida é o seu papel no metabolismo ósseo facilitando a absorção do cálcio da dieta (com níveis baixos de vitamina D absorvermos apenas cerca de 30% do cálcio ingerido) e prevenindo o surgimento de doenças ósseas como raquitismo e osteomalácia", explica Fernanda.

Além de ser conhecida por ativar a absorção de cálcio, a vitamina D também cumpre outros papéis importantes no nosso organismo. A nutróloga Fernanda destaca outros benefícios que esse nutriente traz para a saúde: "Estudos recentes mostram também que a vitamina D exerce um papel muito importante na modulação de doenças cardíacas e no tratamento de doenças autoimunes como a esclerose múltipla, além de atuar na prevenção de alguns tipos de câncer (próstata e mama por exemplo) e diabetes tipo 1. Baixos níveis de vitamina D também estão relacionados com depressão", adiciona a profissional.

Existem alimentos fontes de vitamina D que devem ser incorporados ao cardápio diário

Você sabia que a alimentação também pode auxiliar na absorção de vitamina D? No entanto, a nutricionista Fernanda conta que os alimentos fornecem pouca vitamina e, sendo assim, não podem substituir a exposição ao sol. "Mesmo os alimentos considerados ricos em vitamina D só contribuem com 10% das nossas necessidades diárias e a principal fonte dessa vitamina D ainda é a exposição solar. Os alimentos mais ricos são os óleos de fígado de peixe, alguns peixes (salmão e sardinha) e os cogumelos (o Portobello é riquíssimo nessa vitamina)", comenta a profissional.

Geralmente, quem mais sofre com a falta de vitamina D é justamente quem toma pouco sol diariamente (mesmo tendo uma alimentação saudável e rica nessa vitamina). "Podemos ver que mesmo uma alimentação balanceada e equilibrada e considerada saudável não é capaz de suprir nossas necessidades diárias de vitamina D, o que explica o alto número de casos de pessoas com deficiência dessa vitamina", finaliza a nutróloga.

* Fernanda de Luca (CRM RJ 52.69623-4) é nutróloga e pediatra especialista em alimentação vegetariana e presidente da Associação Brasileira dos Médicos Vegetarianos.

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista Mitos e verdades sobre comida congelada: veja a opinião de uma nutricionista

Comida congelada e saudável existe e pode ser muito bem aproveitada no dia-a-dia! Apesar dos mitos a respeito dos produtos conservados no freezer, é fato que...

> Leia mais
Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa Suco de limão: os benefícios e 3 versões para fazer em casa

Suco de limão é aquela opção refrescante para quem quer hidratar o corpo e garantir boas doses de energia para o organismo! No verão e em qualquer outra...

> Leia mais
Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio Comida mediterrânea: 4 novas receitas para seu cardápio

Quer dar uma diferenciada no cardápio no fim de semana? A comida mediterrânea é uma opção saudável para curtir uma noite de receitas estrangeiras com a...

> Leia mais
Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal Benefícios do brócolis: 5 razões para comer mais esse vegetal

Dentre os vegetais, a lista de benefícios do brócolis é uma das mais extensas! O legume é supernutritivo e oferece muita versatilidade para as refeições...

> Leia mais
Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher Suco de caixinha não é tudo igual! Nutricionista ensina como escolher

Você já deve ter ouvido falar que suco de caixinha faz mal, não é? Assim como diversos produtos vendidos no mercado e consumidos na rotina alimentar, existem...

> Leia mais
Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia Lanches saudáveis: o que levar para comer na praia

Ter lanches saudáveis na bolsa é sempre uma boa ideia para quem quer curtir um dia ensolarado com toda a família na praia. Além de ser mais econômica, essa é...

> Leia mais
Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada Quais os benefícios da maçã e 4 motivos para comer a fruta desidratada

Você sabe quais os benefícios da maçã? E no caso da maçã desidratada, o que você sabe sobre o alimento? A primeira coisa a se dizer é que as frutas...

> Leia mais
Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável? Óleo de coco x azeite: qual o óleo mais saudável?

Entre óleo de coco e azeite, qual você prefere? É possível que você já tenha se perguntado qual o óleo mais saudável, pois essa questão é bem comum para quem...

> Leia mais
Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde Cranberry: conheça os benefícios da fruta para a saúde

Também chamado de oxicoco, mirtilo-vermelho ou airela, o cranberry é uma fruta vermelha, pequena e redonda, de sabor agridoce que se destaca por ter um alto...

> Leia mais
Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável Bolinho de espinafre: aprenda a fazer esse petisco saudável

Quer preparar um petisco saudável para servir em eventos ou receber os amigos em casa? O bolinho de espinafre é a receita perfeita para quem gosta de...

> Leia mais