7 fontes de Vitamina D: Leite, ovos, peixes... Saiba onde encontrar o nutriente

Além da exposição ao sol, a vitamina D pode ser encontrada em diversos alimentos do nosso dia a dia, como o leite, as carnes, ovos e cogumelos
Além da exposição ao sol, a vitamina D pode ser encontrada em diversos alimentos do nosso dia a dia, como o leite, as carnes, ovos e cogumelos
Bianca Sermarini

Consultor:

Bianca Sermarini

Nutricionista mestre em Nutrição Humana pela UFRJ, atualmente trabalha com Nutrição Clínica e Ortomolecular

Quando falamos em vitamina D, logo lembramos as recomendações médicas de tomar sol, pelo menos 20 minutinhos por dia, certo? Mas, além disso, existem fontes naturais desse importante nutriente, encontradas em alimentos da nossa rotina alimentar e que, muitas vezes, passam despercebidos por nós. Conheça 7 desses ingredientes e os seus principais benefícios para a nossa saúde.

Fabricada pelo nosso corpo, diferente de outros complexos vitamínicos, a vitamina D atua na prevenção de doenças autoimunes, inflamatórias e degenerativas, beneficiando também o controle dos níveis de colesterol. Segundo a nutricionista Bianca Sermarini, a ingestão desse elemento é fundamental para a absorção de cálcio no nosso organismo, mineral responsável pela saúde dos nossos ossos, músculos e dentes e que também contribui com a redução da pressão arterial:

"Sem vitamina D suficiente, seu corpo não pode absorver o cálcio, tornando os suplementos de cálcio inúteis", explica a profissional.

Ovos, peixes, leite e cogumelos: 7 alimentos ricos em vitamina D e seus benefícios

1 - Ovos: Cozidos ou mexidos, esse alimento muito utilizado nas dietas é uma boa fonte de vitamina D. É na gema do ovo que o nutriente é encontrado, por isso, invista na ingestão de forma saudável. O alimento também atua na prevenção do câncer de mama e pode beneficiar o controle do colesterol.

2 - Fígado bovino: Muito usada na alimentação infantil, essa carne é um alimento cheio de nutrientes para o nosso corpo, tais como as vitaminas A e do complexo B, além dos minerais selênio, cobre, ferro e zinco. A vitamina D também é encontrada em boas quantidades no alimento, sendo eficaz para melhorar o sistema imunológico.

3 - Leite: Presente na nossa alimentação desde os primeiros dias de vida, o leite também é uma boa fonte de vitamina D para o organismo e ajuda a tornar a alimentação mais nutritiva. Além disso, o alimento é uma boa fonte de cálcio, que ajuda a fortalecer os nossos músculos e ossos.

4 - Salmão: O peixe conhecido pela sua quantidade de ômega 3, também possui a vitamina D em sua composição e pode encher a nossa alimentação de nutrientes e benefícios. O consumo do salmão está associado a saúde do cérebro, a melhora da saúde cardiovascular e redução das inflamações do corpo.

5 - Sardinha: Prática, rápida e muito saborosa, a sardinha é um alimento muito presente na vida de quem não abre mão do consumo do peixe. Como petisco ou em um prato mais elaborado, a sardinha, além da vitamina D, oferece ferro, potássio, magnésio e vitaminas A e do complexo B para o organismo!

6 - Ostra: Para os apreciadores desse alimento exótico, o seu consumo ajuda a aumentar os níveis da vitamina D no corpo e fornece nutrientes como ferro, potássio, proteínas e vitaminas A, do complexo B e C, atuando na prevenção da anemia, gripes e resfriados.

7 - Cogumelo: Por ser uma planta, todos os tipos de cogumelos possuem vitamina D naturalmente vinda do sol, são eles: shimeji, shitake, champignon, portobello e funghi. Os cogumelos são ideais para saladas e outras composições, seus benefícios incluem a saciedade, já que são ricos em fibras, favorecem um emagrecimento saudável, por possuírem poucas calorias e melhoram o funcionamento do intestino.

O que a deficiência da vitamina D pode causar?

Por ser um nutriente importante, a ausência do nutriente no organismo pode acarretar algumas complicações, como explica a nutricionista: "A osteoporose é geralmente causada por falta de vitamina D que provoca deficiência na absorção de cálcio. Também pode agravar o diabetes tipo 2 e prejudicar a produção de insulina pelo pâncreas. Na infância, a deficiência causa o raquitismo, falta de calcificação dos ossos", analisa a Dra. Bianca, ressaltando que que, ainda que alguns alimentos possam ajudar a aumentar os níveis de vitamina D, a melhor forma de obter o nutriente é através do sol:

"É quase impossível conseguir quantidades adequadas de vitamina D a partir da dieta. A exposição à luz solar é a única maneira confiável para seu corpo dispor de vitamina D", completa a nutricionista.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais