Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Para amenizar os sintomas da endometriose (ou até mesmo prevenir a doença), uma boa dica é consumir mais alimentos ricos em ômega 3, como o brócolis, couve, espinafre e principalmente peixes
Para amenizar os sintomas da endometriose (ou até mesmo prevenir a doença), uma boa dica é consumir mais alimentos ricos em ômega 3, como o brócolis, couve, espinafre e principalmente peixes

Você sabia que março é considerado o Mês Mundial da Conscientização da Endometriose? Essa doença se desenvolve quando o endométrio (tecido que reveste o útero) aparece em outros lugares do corpo, como nos ovários, trompas e até mesmo em órgãos - o que faz com que surja sangue em locais inapropriados. O problema é que ela pode se desenvolver para quadros mais graves, podendo ocasionar, por exemplo, a infertilidade.

O bom é que existem alimentos e nutrientes que ajudam a evitar a endometriose e aliviar seus sintomas. Aproveitando que estamos no mês de conscientização da doença, resolvemos fazer uma lista de quais são os que podem ajudar - dá uma conferida!

Alimente-se com peixes, oleaginosas e alimentos fontes de ômega 3

Uma boa dica para tratar a endometriose é incluir no cardápio alimentos ricos em ômega 3 - tais como peixes (salmão, atum e sardinha), oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, avelãs etc.) e até folhas verde-escuras, como couve, brócolis e espinafre. Isto porque essa substância atua como anti-inflamatório, amenizando os focos de endometriose no organismo.

Fibras ajudam a diminuir a concentração de estrogênio

Consumir alimentos ricos em fibra também é uma solução para quem está tratando endometriose. Isto porque esse nutriente ajuda a diminuir o nível de estrogênio no organismo - hormônio que "alimenta" a endometriose e pode fazer com que os focos aumentem. Para combater isso, o ideal é que você inclua leguminosas - como feijão, lentilha, grão-de-bico -, grãos integrais (arroz e centeio, por exemplo), nozes, semente, cereais e alguns tipos de frutas, como o abacate e a goiaba.

Outra vantagem dos alimentos fontes de fibra é que eles ajudam a regular o intestino, auxiliando na digestão e, inclusive, prolongando a sensação de saciedade. Para quem sofre com endometriose, é sempre importante manter os órgãos e outras partes do corpo em bom funcionamento.

Vitaminas do complexo B e C também são importantes

Para manter o bom funcionamento das glândulas endócrinas (responsáveis pela produção dos hormônios) e fortalecer o organismo, é fundamental manter uma dieta rica em vitaminas do complexo B e C. Por auxiliarem no controle sobre o funcionamento hormonal, as vitaminas B conseguem conter o estrogênio no organismo - o que ameniza os sintomas da endometriose.

Além disso, a vitamina C é rica em antioxidantes - que combatem a atuação dos radicais livres - e, quando associada a outras substâncias, também ganha propriedades anti-inflamatórias. Por isso, para o combate da endometriose, o ideal é adicionar à dieta frutas cítricas (como a tangerina, limão, abacaxi e laranja), ovos, carnes, leites e outros alimentos ricos nessas vitaminas.

Evite café, frituras, carnes vermelhas e alimentos processados

Além de se alimentar com os alimentos recomendados acima, também é necessário fazer uma reeducação alimentar, cortando (ou ao menos diminuindo) o consumo de alimentos que agravam o quadro de endometriose.

Entre esses alimentos, estão os mais gordurosos - como chocolates, frituras e até mesmo carnes vermelhas e alimentos processados. Isso porque eles podem causar um desequilíbrio no organismo e impulsionar processos inflamatórios. Além disso, existem estudos que relacionam o consumo excessivo de carnes vermelhas e alimentos processados ao surgimento da endometriose.

Outra dica importante é evitar alimentos que tenham fitoestrógenos na composição, como a soja. Isto porque essa substância é quimicamente semelhante ao estrogênio, de modo que pode ser prejudicial ao corpo neste período.

Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia

Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia

O homus (também conhecido como humus ou hummus) é um prato da culinária árabe muito apreciado aqui no Brasil. Feito a partir do grão-de-bico, ele tem uma...

> Leia mais
Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais

Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais

Que os animais são incríveis companheiros, isso a gente já sabe. Conviver com um bichinho é a certeza de ter um amigo leal, que tornará os seus dias mais...

> Leia mais
6 hábitos simples para criar uma criança saudável

6 hábitos simples para criar uma criança saudável 6 hábitos simples para criar uma criança saudável

Uma das maiores preocupações de quem tem filhos é a saúde deles. Educar uma criança exige muita responsabilidade e cuidado para que ela cresça saudável e...

> Leia mais
Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Uma doença praticamente desconhecida pelas pessoas e que tem como sintoma a compulsão alimentar: essa é a síndrome de Prader Willi, um distúrbio raro que...

> Leia mais
Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Um bom café da manhã é composto por frutas, sucos, iogurtes e, é claro, pães macios e saudáveis. Mas, em vez de comprar pães prontos, você já pensou em fazer...

> Leia mais
Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Para seguir uma dieta vegana de forma saudável (e nutritiva) é importante variar bastante nos alimentos - vegetais, leguminosas, frutas, oleaginosas e por aí...

> Leia mais
Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Você conhece o mulungu? Também conhecida como corticeira, canivete ou bico-de-papagaio, essa erva tem sido objeto de vários estudos e recentemente foi...

> Leia mais
Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Você já ouviu falar na dieta Whole 30? Muito adotada por quem pratica crossfit, ela propõe uma restrição alimentar bem radical, com o corte de carboidratos e...

> Leia mais
As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

Além das alergias ao glúten e à lactose - que a maioria das pessoas já conhece - existem outros processos alérgicos alimentares que muita gente nem sabe que...

> Leia mais
O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

São muitas opções possíveis de cobertura para as torradas, sabia? Geleias, pastas, diferentes tipos de queijos e até frutas combinam superbem com o lanche. O...

> Leia mais