Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Para amenizar os sintomas da endometriose (ou até mesmo prevenir a doença), uma boa dica é consumir mais alimentos ricos em ômega 3, como o brócolis, couve, espinafre e principalmente peixes
Para amenizar os sintomas da endometriose (ou até mesmo prevenir a doença), uma boa dica é consumir mais alimentos ricos em ômega 3, como o brócolis, couve, espinafre e principalmente peixes

Você sabia que março é considerado o Mês Mundial da Conscientização da Endometriose? Essa doença se desenvolve quando o endométrio (tecido que reveste o útero) aparece em outros lugares do corpo, como nos ovários, trompas e até mesmo em órgãos - o que faz com que surja sangue em locais inapropriados. O problema é que ela pode se desenvolver para quadros mais graves, podendo ocasionar, por exemplo, a infertilidade.

O bom é que existem alimentos e nutrientes que ajudam a evitar a endometriose e aliviar seus sintomas. Aproveitando que estamos no mês de conscientização da doença, resolvemos fazer uma lista de quais são os que podem ajudar - dá uma conferida!

Alimente-se com peixes, oleaginosas e alimentos fontes de ômega 3

Uma boa dica para tratar a endometriose é incluir no cardápio alimentos ricos em ômega 3 - tais como peixes (salmão, atum e sardinha), oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, avelãs etc.) e até folhas verde-escuras, como couve, brócolis e espinafre. Isto porque essa substância atua como anti-inflamatório, amenizando os focos de endometriose no organismo.

Fibras ajudam a diminuir a concentração de estrogênio

Consumir alimentos ricos em fibra também é uma solução para quem está tratando endometriose. Isto porque esse nutriente ajuda a diminuir o nível de estrogênio no organismo - hormônio que "alimenta" a endometriose e pode fazer com que os focos aumentem. Para combater isso, o ideal é que você inclua leguminosas - como feijão, lentilha, grão-de-bico -, grãos integrais (arroz e centeio, por exemplo), nozes, semente, cereais e alguns tipos de frutas, como o abacate e a goiaba.

Outra vantagem dos alimentos fontes de fibra é que eles ajudam a regular o intestino, auxiliando na digestão e, inclusive, prolongando a sensação de saciedade. Para quem sofre com endometriose, é sempre importante manter os órgãos e outras partes do corpo em bom funcionamento.

Vitaminas do complexo B e C também são importantes

Para manter o bom funcionamento das glândulas endócrinas (responsáveis pela produção dos hormônios) e fortalecer o organismo, é fundamental manter uma dieta rica em vitaminas do complexo B e C. Por auxiliarem no controle sobre o funcionamento hormonal, as vitaminas B conseguem conter o estrogênio no organismo - o que ameniza os sintomas da endometriose.

Além disso, a vitamina C é rica em antioxidantes - que combatem a atuação dos radicais livres - e, quando associada a outras substâncias, também ganha propriedades anti-inflamatórias. Por isso, para o combate da endometriose, o ideal é adicionar à dieta frutas cítricas (como a tangerina, limão, abacaxi e laranja), ovos, carnes, leites e outros alimentos ricos nessas vitaminas.

Evite café, frituras, carnes vermelhas e alimentos processados

Além de se alimentar com os alimentos recomendados acima, também é necessário fazer uma reeducação alimentar, cortando (ou ao menos diminuindo) o consumo de alimentos que agravam o quadro de endometriose.

Entre esses alimentos, estão os mais gordurosos - como chocolates, frituras e até mesmo carnes vermelhas e alimentos processados. Isso porque eles podem causar um desequilíbrio no organismo e impulsionar processos inflamatórios. Além disso, existem estudos que relacionam o consumo excessivo de carnes vermelhas e alimentos processados ao surgimento da endometriose.

Outra dica importante é evitar alimentos que tenham fitoestrógenos na composição, como a soja. Isto porque essa substância é quimicamente semelhante ao estrogênio, de modo que pode ser prejudicial ao corpo neste período.

Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais