TDAH e compulsão alimentar estão relacionados? Psicóloga esclarece a dúvida

Pessoas com TDAH podem ter mais dificuldade em controlar a dieta e tendem a sofrer mais com a compulsão alimentar
Pessoas com TDAH podem ter mais dificuldade em controlar a dieta e tendem a sofrer mais com a compulsão alimentar
Mariana Benitez Massari

Consultor:

Mariana Benitez Massari

Mariana Benitez Massari (CRP 05/45928) é formada em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pós-graduada em Neuropsicologia pela UNIARA e especialista em terapia cognitivo-comportamental

Você já ouviu falar no TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade)? Caracterizado por sintomas como desatenção, agitação e impulsividade, esse transtorno afeta a química do cérebro e costuma se manifestar ainda na infância. O que muita gente não sabe, no entanto, é que esse problema também pode afetar a forma como o indivíduo lida com a alimentação. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a psicóloga Mariana Massari, que falou mais sobre a relação do TDAH com a compulsão alimentar (vontade excessiva de comer). Confira!

Pessoas com TDAH podem ter menos controle com a alimentação

De acordo com a psicóloga, o TDAH pode afetar diferentes aspectos da vida do indivíduo, incluindo a alimentação. Quando questionada se existe de fato uma relação entre TDAH e compulsão alimentar, a profissional afirma: "Várias pesquisas apontam que sim. Há comorbidade entre TDAH e transtornos alimentares, onde se encaixa a compulsão alimentar. Ou seja, eles podem ocorrer juntos".

É importante ter cuidado para não cair em uma rotina de alimentação não saudável

Afinal, como o TDAH pode influenciar a alimentação diária? A psicóloga explica melhor como esse transtorno afeta diretamente os hábitos e comportamentos do indivíduo "O TDAH pode ser caracterizado por uma alteração na química cerebral, levando a alterações no comportamento da pessoa. Essa alteração química afeta a produção, a recepção ou conexão de neurotransmissores, tendo como consequência um mal funcionamento do cérebro, causando falta de atenção e de controle. No caso da compulsão alimentar, a falta de controle tem papel fundamental no seu desenvolvimento, já que não há ação adequada para inibir a ingestão excessiva de alimentos", explica Mariana.

O grande problema de perder o controle com a alimentação é que, assim, fica mais difícil manter hábitos saudáveis. De acordo com a psicóloga, a compulsão alimentar, de uma forma geral, faz com que o indivíduo consuma alimentos gordurosos e não recomendados por nutricionistas. Por isso, é muito importante ter atenção e tomar certos cuidados. "A pessoa acaba não planejando a alimentação, comendo sem pensar, de forma impulsiva. E, quando comemos sem pensar muito, acabamos buscando direto alimentos que nos dão recompensas instantâneas, como aquele prazer de comer um hambúrguer com fritas - alimento calórico e com alto teor de gorduras", afirma.

TDAH também pode afetar a qualidade do sono e, consequentemente, a alimentação do indivíduo

Você sabia que o sono também pode influenciar na alimentação? A psicóloga explica melhor como isso funciona para quem tem TDAH. "Há também o impacto do sono. Quando não dormimos muito bem, o que é comum em pessoas com TDAH, temos maior tendência a impulsividade e falta de atenção. Além de que, comer em excesso é um comportamento comum em pessoas com alguns transtornos emocionais, como a depressão e ansiedade, transtornos muito frequentes nos pacientes com TDAH. Mudança no padrão de sono influencia no apetite e na nossa capacidade de se sentir saciado, logo, influencia também na quantidade de alimento ingerido", explica a profissional.

Como amenizar os sintomas do TDAH e ter mais controle com a alimentação?

Para tratar o TDAH e buscar mais equilíbrio na rotina, é muito importante buscar o tratamento adequado. De acordo com a psicóloga, existem diversas formas de amenizar os sintomas do transtorno. "O TDAH pode ter seus sintomas amenizados através de psicoterapia, onde será possível desenvolver novas habilidades de autocontrole, de planejamento e organização, que terão impacto na alimentação e no dia a dia do indivíduo", recomenda a profissional.

"Como também é comum a hiperatividade, exercícios físicos regulares podem ajudar, já que aumentam o gasto calórico. Dormir bem é fundamental para o funcionamento correto do nosso cérebro, ajudando nas questões químicas e emocionais e evitando o 'comer emocional'. Em alguns casos, medicamentos podem auxiliar. No entanto, é importante consultar uma equipe multidisciplinar para avaliar cada caso", finaliza Mariana.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 exercícios para fazer de manhã cedo e começar bem o dia

5 exercícios para fazer de manhã cedo e começar bem o dia 5 exercícios para fazer de manhã cedo e começar bem o dia

Para iniciar o dia com mais disposição e bom humor, não há nada melhor que praticar alguma atividade física e, em seguida, tomar um café da manhã saudável e...

> Leia mais
O que são lipídios e quais as suas funções no nosso organismo

O que são lipídios e quais as suas funções no nosso organismo O que são lipídios e quais as suas funções no nosso organismo

Engana-se quem pensa que as gorduras são sempre maléficas para o organismo - afinal, os lipídios (moléculas de gordura) são superimportantes, pois fornecem...

> Leia mais
4 receitas com maxixe para variar no cardápio do dia a dia

4 receitas com maxixe para variar no cardápio do dia a dia 4 receitas com maxixe para variar no cardápio do dia a dia

Você já ouviu falar no maxixe? Pertencente à família do pepino, esse fruto se destaca por ter forte ação antioxidante, é rico em cálcio, zinco e vitaminas do...

> Leia mais
Vitamina de abacate com banana: os benefícios dessa bebida e como prepará-la

Vitamina de abacate com banana: os benefícios dessa bebida e como prepará-la Vitamina de abacate com banana: os benefícios dessa bebida e como prepará-la

Quando se trata de preparar vitaminas para o café da manhã ou lanche da tarde, uma das melhores partes é inventar diferentes combinações de frutas - morango,...

> Leia mais
O que é aquafaba? Como usar grão-de-bico para fazer esse ingrediente vegano

O que é aquafaba? Como usar grão-de-bico para fazer esse ingrediente vegano O que é aquafaba? Como usar grão-de-bico para fazer esse ingrediente vegano

Reaproveitar a água do cozimento de alimentos poder ser benéfico em algumas situações, sabia? A aquafaba, para quem não conhece, nada mais é que o líquido...

> Leia mais
Os mitos e verdades da congestão alimentar para não sentir mais esse desconforto

Os mitos e verdades da congestão alimentar para não sentir mais esse desconforto Os mitos e verdades da congestão alimentar para não sentir mais esse desconforto

É possível que você já tenha escutado alguém dizer que "tomar banho após a refeição faz mal". Na verdade, essa é apenas uma das diversas crenças populares...

> Leia mais
Como fazer seleta de legumes e armazenar corretamente as hortaliças utilizadas

Como fazer seleta de legumes e armazenar corretamente as hortaliças utilizadas Como fazer seleta de legumes e armazenar corretamente as hortaliças utilizadas

Manter uma alimentação nutritiva e variada na correria do dia a dia não é uma tarefa fácil. Mas para que você não precise abrir mão de um estilo de vida...

> Leia mais
5 receitas com melancia para aproveitar ainda mais os benefícios da fruta

5 receitas com melancia para aproveitar ainda mais os benefícios da fruta 5 receitas com melancia para aproveitar ainda mais os benefícios da fruta

Além de ser uma fruta super-refrescante (e hidratante), a melancia possui uma concentração única de vitaminas e minerais importantes para o dia a dia. Ela é...

> Leia mais
O que é sulforafano e quais os alimentos ricos nessa substância

O que é sulforafano e quais os alimentos ricos nessa substância O que é sulforafano e quais os alimentos ricos nessa substância

Incluir antioxidantes na dieta é fundamental para a saúde do corpo, sabia? Mas, além das substâncias mais famosas (como o betacaroteno e o licopeno -...

> Leia mais
Fibra prebiótica: para que serve e em quais alimentos ela está presente

Fibra prebiótica: para que serve e em quais alimentos ela está presente Fibra prebiótica: para que serve e em quais alimentos ela está presente

Se você já ouviu falar das substâncias prebióticas deve saber que elas são componentes alimentares não digeríveis pelo nosso organismo e que estimulam a...

> Leia mais