Pizza saudável: A nova opção da alimentação funcional

Uma das iguarias mais consumidas no mundo, as tradicionais pizzas também se renderam às premissas da alimentação saudável. Conhecidas como pizzas funcionais, suas muitas opções de sabor são cada vez mais requisitadas nos cardápios de dietas nutricionais.
Uma das iguarias mais consumidas no mundo, as tradicionais pizzas também se renderam às premissas da alimentação saudável. Conhecidas como pizzas funcionais, suas muitas opções de sabor são cada vez mais requisitadas nos cardápios de dietas nutricionais.

"Acabar em pizza" pode ser ótimo e, agora, uma alimentação cada vez mais saudável! Um dos pratos mais consumidos do mundo, a iguaria, sempre vista como muito calórica, também se adaptou às demandas da nutrição funcional, tornando-a aptas a serem inseridas nos mais diversos cardápios de dietas.

Contudo, antes de nos debruçarmos sobre as diversas variedades das pizzas funcionais, é preciso esclarecer do que se trata essa categoria alimentar. Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alimentos funcionais "são aqueles alimentos ou ingredientes que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos, como parte da dieta habitual, produzem efeitos benéficos à saúde". Segunda a Dra. Sheila Basso, nutricionista clínica, especializada em obesidade, emagrecimento e saúde, da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), esses produtos também apresentam substâncias que previnem e controlam doenças.

"Eles se caracterizam por oferecer vários benefícios à saúde, além do valor nutritivo inerente à sua composição química, podendo desempenhar um papel potencialmente benéfico na redução do risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes", destacou a profissional, enfatizando também a necessidade do consumo desses alimentos. "É necessário que o consumo destes alimentos seja regular a fim de que seus benefícios sejam alcançados. A indicação fica no maior consumo de vegetais, frutas e cereais integrais, já que grande parte dos componentes ativos estudados se encontra nesses alimentos", finalizou.

Pizza funcional e suas receitas

As pizzas funcionais crescem cada vez mais nos cardápios dos brasileiros preocupados com a qualidade de sua alimentação. Seus sabores são elaborados com ingredientes sem glúten, lactose e ovos, além das opções vegetarianas. As pizzas possuem massa crocante especial, com farinha de arroz e biomassa de banana verde, e recheios funcionais. Dentre os seus tipos mais conhecidos, as mais consumidas são a "cabocla", com banana, muçarela sem lactose, melado de cana, açúcar mascavo e canela em pó e a "solaris", opção doce que leva chocolate 70% cacau sem lactose, morango, xerém de castanha de caju e hortelã. Já a pizza Ouro Negro, também muito requisitada, leva pasta de amendoim, chocolate 70% cacau sem lactose, mel e coco ralado.

Especialista em culinária funcional, o chef Haroldo de Carvalho ressalta essa alimentação e enfatiza as boas opções de pizzas que podem render nesse novo conceito: "Há uma tendência mundial em trocar as receitas normais pelos pratos funcionais. Não só restaurantes, mas já existem padarias sem glúten e sem lactose, com uma enorme quantidades de produtos. As pizzas, por exemplo, possuem grandes opções para receitas. São pizzas feitas de farinha sem glúten, com azeite ou óleo de coco, queijo sem lactose e usando os vegetais como proteína. Tem a opção de se fazer com tapioca, por exemplo, que também fica ótima.", disse o profissional, que passou uma receita de pizza de tapioca para ser feita em casa.

Receita de pizza de tapioca

Ingredientes:

- Goma de tapioca
- Molho de tomate
- Queijo muçarela sem lactose
- Orégano
- Folhas frescas de manjericão

Modo de preparo:

Passe a goma de tapioca por uma peneira para ela ficar bem fininha. Reserve. Escolha uma frigideira média ou grande. Aqueça a frigideira e espalhe a goma de forma a cobrir todos os espaços da frigideira até formar uma camada uniforme e não muito grossa. Assim que a massa ficar unida e sem risco de partir-se, desligue o fogo. Espere esfriar e espalhe o molho de tomate, o queijo e o orégano. Leve ao forno preaquecido e retire assim que o queijo derreter. Finalize jogando folhas de manjericão fresco.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais noticias com...
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo 7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

Você já tentou usar sementes de frutas e plantas para fazer chás medicinais? Muita gente não sabe, mas não são apenas as folhas e flores que são ricas em...

> Leia mais
Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Também conhecida como hortelã-graúdo, a malva do reino é uma planta medicinal rica em antioxidantes e propriedades medicinais que ajudam a fortalecer o...

> Leia mais
Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais
Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Se você quer conhecer mais a fundo a culinária brasileira, que tal começar a experimentar as comidas típicas de cada região? A gastronomia do Sudeste, em...

> Leia mais
Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Você sabia que os vegetais são divididos em grupos e classificados de acordo com a quantidade (e tipos) de nutrientes que fornecem? Os vegetais do tipo A, em...

> Leia mais
10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão 10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

As frutas verdes, conhecidas por serem fontes de clorofila (um tipo de pigmento antioxidante), são ótimas para fortalecer a imunidade e desintoxicar o...

> Leia mais
Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais