Comer sem glúten: Aprenda três receitas deliciosas sem a proteína vegetal!

<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
Comer sem glúten: Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal
<strong>Comer sem glúten:</strong> Aprenda três receitas que não levam a proteína vegetal

Produto recomendado

Inhame orgânico Taeq 600g

Inhame orgânico Taeq 600g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

É provável que você já tenha ouvido falar dos malefícios do glúten para o organismo. Sim, ele já ganhou fama de vilão e muitas dietas acabam restringindo o consumo desta proteína vegetal presente no trigo, no centeio, na aveia, na cevada e no malte. Na verdade, nem todos irão sofrer com reações químicas no intestino ao comer alimentos ricos em glúten. Mas é provável que se você sofre de intolerância a glúten– a chamada doença celíaca – ingerir esta proteína poderá causar transtornos ao sistema digestivo.

No geral, esta proteína vegetal deve sim ser consumida com moderação até por quem não sofre coma doença celíaca. Isso pelo fato de que o glúten está contido em alimentos que, geralmente, possuem muitas calorias. As opções ricas em glúten são muito energéticas, como pães, biscoitos, bolos e massas, e essa energia se armazena no corpo em forma de gordura. Um consumo exagerado desses alimentos pode levar ao aumento de peso, a obesidade, e, posteriormente, ao desenvolvimento de doenças cardíacas.

A doença celíaca, por sua vez - que atinge apenas 1% da população - pode trazer alguns sintomas graves. O consumo de glúten, nestes casos, pode gerar diarreia crônica, desconforto abdominal, fadiga e aftas bucais. A restrição de glúten, porém, deverá ser feita de forma criteriosa quando há o diagnóstico médico - e este pode durar meses até que seja confirmado.

"Quando o glúten precisa ser eliminado da dieta, precisamos lançar mão de substitutos", conta a nutricionista Adriana Lúcia van-Erven Ávila, dando dicas do que pode ser usado no lugar dos alimentos mais comuns.

Aprenda três receitas livres de glúten!

É possível alimentar-se bem diminuindo a quantidade de glúten no organismo. Confira estas receitas que separamos para deixar sua rotina mais saudável e saborosa.

Guacamole com chips de mandioquinha!

Típico da culinária mexicana, o guacamole tem um sabor único e que conquista a todos! Feito à base de abacate, superalimento rico em diferentes nutrientes, incluindo as vitaminas A, B, C, K, e E, esse molho pode acompanhar diversos pratos, principalmente com frango.

Arroz integral com quinua, shitake e legumes orgânicos!

Se tem uma coisa que não pode faltar na dieta dos brasileiros é o arroz. Essa receita leva a tradição e a sofisticação em um só prato. Uma boa dica é servir a iguaria com carne assada ou com bacalhau.

Panini saudável

Ideal para dietas vegetarianas, o panini saudável, como o próprio nome diz, traz, além de muito sabor, ainda mais bem-estar e qualidade de vida ao seu dia a dia. Sem glúten, lactose, e com zero teor de colesterol, o prato é uma excelente opção de entrada, para pessoas celíacas ou intolerantes às substâncias derivadas do leite.

Como substituir o glúten na alimentação?

Macarrão feito de: milho, arroz, quinua ou fécula de mandioca;

Bolacha ou torrada feitos de: fécula de batata, farinha de arroz, amido de milho, farinha de soja;

Pão pode ser feito de: fécula de batata, farinha de arroz, amido de milho, farinha de soja, batata doce, mandioca, mandioquinha, inhame ou cará

Farinhas feitas à base de: milho, milhete, castanhas, amaranto, araruta, amido de batata, feijão, trigo sarraceno (ruibarbo), quinua, arroz, soja ou tapioca;

Receitas:
Tapioca
Ver Mais

Últimas Matérias

Aprenda a acrescentar o abacate em todas as refeições do seu dia

Aprenda a acrescentar o abacate em todas as refeições do seu dia Aprenda a acrescentar o abacate em todas as refeições do seu dia

Não há como negar que o abacate é um superalimento. Afinal, é rico em diversas vitaminas e minerais, ajudando o nosso corpo a funcionar melhor. Ainda assim,...

> Leia mais
5 alimentos bons para a pele que evitam a formação de espinhas

5 alimentos bons para a pele que evitam a formação de espinhas 5 alimentos bons para a pele que evitam a formação de espinhas

Sabia que dá para evitar acnes e outras inflamações na pele com a ajuda de uma boa alimentação? Isso porque existem alimentos com substâncias...

> Leia mais
Frutas climatéricas e não-climatéricas: quais as diferenças entre elas?

Frutas climatéricas e não-climatéricas: quais as diferenças entre elas? Frutas climatéricas e não-climatéricas: quais as diferenças entre elas?

Você já ouviu falar nas frutas climatéricas? Ao contrário do que o nome pode indicar, não, elas não têm nada a ver com as sazonais, isto é, as que são da...

> Leia mais
O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação

O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação

Após meses de calor intenso, chega o outono para dar uma reduzida na temperatura e trazer novas atividades para o nosso cotidiano. Mas como em qualquer época...

> Leia mais
Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta

Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta

Ao falar em broto de bambu não é muito difícil imaginar um panda se alimentando em algum lugar no interior da China. Mas não pense que esse tipo de refeição...

> Leia mais
Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo

Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo

Quem é apaixonado por viagens, culturas e línguas diferentes, não pode deixar de conhecer o nomadismo digital - um estilo de vida mais dinâmico que concilia...

> Leia mais
Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Você sabia que março é considerado o Mês Mundial da Conscientização da Endometriose? Essa doença se desenvolve quando o endométrio (tecido que reveste o...

> Leia mais
Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir

Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir

O período menstrual é aquela fase em que o corpo das mulheres fica mais sensível - podem surgir sintomas de cólica, instabilidade emocional e muitas também...

> Leia mais
Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto

Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto

Se te oferecessem um fruto verde, com formato oval e coberto de espinhos você comeria? Embora a aparência em um primeiro momento cause alguma estranheza, a...

> Leia mais
Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática

Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática

Meditação pode ser muito engrandecedora, sabia? É um momento de conexão com si próprio, que garante mais paz de espírito e autoconhecimento. Só que antes de...

> Leia mais