Intolerância à lactose tem cura? Descubra se é possível voltar a consumir leite

A intolerância à lactose secundária - isto é, que é adquirida com o tempo - pode ser curada com o tratamento certo
A intolerância à lactose secundária - isto é, que é adquirida com o tempo - pode ser curada com o tratamento certo

Quem sofre com intolerância à lactose sabe que a restrição aos alimentos derivados do leite precisa ser bem rígida. Afinal, o consumo da substância pode causar sintomas como inchaço, vômito, dores abdominais, de gases e até problemas mais extremos.

Mas você sabia que, dependendo do caso, é possível que a intolerância deixe de ser um problema? Isso mesmo, após certo tempo de tratamento algumas pessoas voltaram a produzir a lactase (enzima responsável pela hidrólise da lactose). Interessante, né? Para que você possa entender melhor sobre esse assunto nós preparamos uma matéria bem detalhada. Aproveite e tire todas as suas dúvidas!

Caso você corte o consumo de lactose de forma radical, é possível que o corpo se recupere com o tempo

É importante destacar que a intolerância à lactose não é um problema considerado "curável". Muitas pessoas que sofrem com ele, inclusive, passam a vida toda sem poder consumir alimentos derivados do leite. No entanto, é válido lembrar que existem diferentes níveis de intolerância - alguns são mais brandos enquanto outros precisam de uma dieta mais radical.

A intolerância à lactose primária (ou genética), por exemplo, consiste na ausência total ou parcial da lactase (enzima responsável por quebrar a lactose). Nesse caso, é possível que a pessoa apresente sintomas desde a infância - apesar de existirem casos em que o problema se manifestou apenas na fase adulta. O lado ruim é que, por ser uma intolerância congênita, ela acaba sendo permanente, sem muita perspectiva de cura.

No caso da intolerância à lactose secundária, por outro lado, é bem possível que o organismo se recupere com o tempo. Diferentemente da primária, ela é causada por alguma lesão ou doença (como desnutrição, diarreia infecciosa, giardíase e doença celíaca) que prejudica o funcionamento do intestino e, consequentemente, a produção de lactase. A boa notícia é que, por ser um um problema adquirido, esse tipo de intolerância à lactose pode ser curado com o tempo - mas apenas quando o tratamento é feito da maneira certa e com o devido acompanhamento.

Como funciona o tratamento para intolerância à lactose?

Agora que você já sabe que em alguns casos é possível reverter a intolerância à lactose, chegou a hora de conhecer o método certo de tratamento. O lado bom é que não é nada muito complicado - basta seguir todas as restrições alimentares que o médico propõe.

Inicialmente, o corte de leites e derivados é feito de forma mais radical, o que garante uma melhora dos sintomas (como inchaço e dores) e a recuperação do organismo. Mas, com o tempo, pode ser feita a reintrodução dos alimentos - um pouco de leite, iogurtes e queijos, por exemplo - sempre com o acompanhamento médico. Essa reintrodução é importante para acrescentar nutrientes ao corpo, como o cálcio, e também buscar (aos poucos) uma resolução para o problema. Interessante, né?

Caso você sofra com a intolerância à lactose secundária (adquirida), a nossa sugestão é recorrer à ajuda de um médico para buscar um tratamento eficiente para a recuperação do problema. Fica a dica!

Mais noticias com...
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é nutrição enteral e em que casos ela é indicada

O que é nutrição enteral e em que casos ela é indicada O que é nutrição enteral e em que casos ela é indicada

Em algumas situações (quando a pessoa está em fase pós-cirúrgica ou se recuperando de problemas relacionados ao aparelho gastrointestinal, por exemplo), é...

> Leia mais
6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo 6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

Dependendo do tipo de corte e da forma de preparo, as carnes vermelhas podem ser grandes aliadas da nossa saúde! Elas são conhecidas por serem uma das...

> Leia mais
Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Presente no prato dos brasileiros, o feijão é uma de leguminosa altamente nutritiva (fonte de ferro, potássio, fibras e vitaminas) e rende ótimas receitas:...

> Leia mais
6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais