Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

A intolerância alimentar pode decorrer de um fator genético ou de alguma doença que deixe o intestino fragilizado, causando sintomas como diarreia e dor de barriga
A intolerância alimentar pode decorrer de um fator genético ou de alguma doença que deixe o intestino fragilizado, causando sintomas como diarreia e dor de barriga

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da vida, principalmente na infância. Mas você sabia que existem diversos outros tipos de intolerância alimentar? Afinal, cada organismo tem suas particularidades e, em alguns casos, não é capaz de digerir todas as proteínas, açúcares e substâncias presentes nos alimentos. A intolerância ao glúten (proteína presente nos cereais), por exemplo, é uma das mais comuns e deve ser devidamente tratada a longo prazo. Para abordar melhor esse assunto, nós preparamos uma matéria falando sobre como o corpo desenvolve intolerância alimentar e quais são as melhores formas de tratá-la. Confira!

Afinal, como o corpo desenvolve intolerância alimentar?

Muita gente não sabe, mas a intolerância alimentar nem sempre decorre de um fator genético. Muitas vezes, o problema é originado por alguma doença no intestino, que deixa o sistema digestivo mais fragilizado e, assim, abre espaço para o desenvolvimento da intolerância a determinadas substâncias.

A intolerância à lactose, em especial, pode ser classificada em dois tipos: a primária (genética) é a mais comum e, geralmente, ocorre logo na infância. Neste caso, a causa da intolerância é puramente congênita - ou seja, está ligada a um fator biológico. A secundária, por sua vez, é uma intolerância adquirida, que pode ocorrer por conta de desnutrição ou lesões no intestino. Neste caso, existe um fator externo (não relacionado à genética) que faz com que o organismo deixe - ou diminua - a produção das enzimas responsáveis pela digestão da lactose. Como o corpo não dispõe dos mecanismos para absorver a substância em questão, ele acaba rejeitando-a, causando sintomas como dores, inchaços, enjoos e diarreias.

Vale destacar que, em alguns casos, os hábitos alimentares também podem ser os responsáveis pela decorrência da intolerância alimentar. Caso a pessoa corte da dieta o glúten ou a lactose sem haver necessidade, é possível que, a longo prazo, o organismo deixe de produzir as enzimas responsáveis pela digestão dessas substâncias - o que pode causar certa intolerância alimentar, mesmo que seja algo mais ameno e passageiro. Por isso, é muito importante manter sempre o acompanhamento de um nutricionista para não errar na dieta.

Obs.: Além da intolerância ao glúten ou à lactose, existem outros tipos, como a intolerância à sacarose ou frutose, que também podem ser genéticas ou originadas a partir de algum problema adquirido no intestino.

Como tratar intolerância alimentar?

Para tratar a intolerância alimentar, é muito importante evitar ao máximo (ou cortar radicalmente, dependendo do caso) a substância causadora do problema. Vale destacar que é primordial ter o acompanhamento de um nutricionista para tomar qualquer decisão relacionada à dieta. Ao cortar (ou diminuir) o consumo do leite e derivados, por exemplo, é importante tomar certas medidas para evitar que o organismo fique com deficiência de cálcio, fósforo e outros nutrientes.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais
Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Se você quer conhecer mais a fundo a culinária brasileira, que tal começar a experimentar as comidas típicas de cada região? A gastronomia do Sudeste, em...

> Leia mais
Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Você sabia que os vegetais são divididos em grupos e classificados de acordo com a quantidade (e tipos) de nutrientes que fornecem? Os vegetais do tipo A, em...

> Leia mais
10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão 10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

As frutas verdes, conhecidas por serem fontes de clorofila (um tipo de pigmento antioxidante), são ótimas para fortalecer a imunidade e desintoxicar o...

> Leia mais
Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais
6 frutas com D para variar no cardápio

6 frutas com D para variar no cardápio 6 frutas com D para variar no cardápio

O universo das frutas é tão amplo e diverso que existe até mesmo uma área científica da horticultura, chamada de pomologia, que é dedicada exclusivamente...

> Leia mais
Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios Chá de poejo serve para relaxar e ajuda na respiração! Conheça outros benefícios

Dono de nomes populares, como hortelãzinho, menta-selvagem e erva-de-são-lourenço, o poejo (Mentha pulegium) é uma planta medicinal muito conhecida por conta...

> Leia mais