Síndrome do Intestino Irritável: O que é isso? Entenda e saiba como evitá-la

A Síndrome do Intestino Irritado é um problema que afeta o corpo e a mente, por isso, precisa ser tratada com bons hábitos de vida
A Síndrome do Intestino Irritado é um problema que afeta o corpo e a mente, por isso, precisa ser tratada com bons hábitos de vida
Patrícia Bertoni Brotherhood

Consultor:

Patrícia Bertoni Brotherhood

Formada em Nutrição pela UNIRIO, é especializada em Gestão de Qualidade e Segurança de Alimentos

Você já ouviu falar na Síndrome do Intestino Irritável? Quem sofre com problemas de gastrite com toda certeza já. A doença, apesar de ser considerada comum e atingir muitas pessoas, precisa de atenção redobrada para não se agravar. Por isso, bons hábitos de vida são determinantes para manter o bem-estar do organismo, deixando-o livre desses incômodos abdominais.

Os sintomas dessa síndrome são bem claros: dores, náuseas, inchaço, irritabilidade no intestino... De maneira geral, o problema afeta pessoas entre 20 e 30 anos, podendo se estender por anos ou, até mesmo, ao longo da vida. Segundo a nutricionista Patrícia Bertoni Brotherhood, a "SII" (sigla utilizada para a doença) se apresenta por uma alteração da função intestinal, tendo influência no comportamento alimentar e também na sensibilidade emocional:

"A síndrome do intestino irritável se caracteriza por episódios alternados de constipação (prisão de ventre) e diarreia, com sensação de evacuação incompleta, gases e desconforto intestinal e peristalse (movimentos involuntários de órgãos causando uma espécie de cólica, por exemplo)", explica a profissional.

Como tratar a Síndrome do Intestino Irritável?

De acordo com a Sociedade Catarinense de Gastroenterologia, a SII não tem cura, mas deve ser tratada, principalmente, com uma dieta equilibrada, hábitos saudáveis e medicamentos prescritos por profissionais da área, para aliviar as dores e os incômodos. Segundo a nutricionista Patrícia, o tratamento deve ser sistêmico, observando os fatores desencadeantes das crises:

"A alimentação deve mudar conforme o intestino se apresentar. Em momentos de diarreia, por exemplo, o melhor é evitar fibras (macarrão e arroz integral, aveia e legumes como cenoura, beterraba e abóbora), que devem voltar à rotina alimentar assim que o indivíduo apresentar melhora. Da mesma forma que, em momentos de constipação, devemos estimular consumo de alimentos laxativos (como ameixas, feijão, lentilha, linhaça, maçã e batata doce, por exemplo) e que funcionem para o indivíduo", ressalta a profissional.

Cuidados com o intestino: tenha atenção com a alimentação e evite o estresse emocional

De acordo com Patrícia Bertoldi, é comum que os pacientes façam restrições alimentares severas ficando com medo de comer. Isso, no entanto, pode trazer prejuízos à saúde: "É necessário avaliação profissional para entendimento e planejamento alimentar para cada situação. Além disso, o profissional irá avaliar a necessidade de suplementação de probióticos e nutrientes bem como a exclusão, de forma correta, de alguns alimentos", analisa a nutricionista.

Vale destacar que, as pessoas que possuem a SII devem evitar picos de estresse, já que, embora não seja a causa da síndrome, a irritação, ansiedade e alterações de humor podem agravar os sintomas. Isso acontece porque as ações que ocorrem no intestino também são equilibradas pelo hormônio do bem-estar, a serotonina.

Como evitar a síndrome do intestino irritável?

- Manter uma alimentação saudável, com o maior consumo de alimentos 100% naturais dentro de uma dieta equilibrada é o ideal. Assim, o intestino não fica sobrecarregado e pode funcionar da maneira correta.

- Pessoas propensas às alergias ou intolerâncias alimentares, devem evitar os alimentos causadores desses distúrbios, uma vez que a constante irritabilidade no intestino pode acarretar a SII.

- O equilíbrio e o autoconhecimento são fatores importantes na síndrome do intestino irritável, pois é conhecendo o seu organismo que você saberá os alimentos mais indicados e os que devem ser evitados durante a crise.

- O acompanhamento com um profissional é indispensável, pois o médico será responsável por te orientar durante a SII e diminuir os efeitos dos sintomas.

* Outras informações sobre distúrbios intestinais podem ser conferidas também no site da Sociedade Catarinense de Gastroenterologia .

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Quais os benefícios da farinha de berinjela? Saiba para que serve o ingrediente

Quais os benefícios da farinha de berinjela? Saiba para que serve o ingrediente Quais os benefícios da farinha de berinjela? Saiba para que serve o ingrediente

A farinha de berinjela se destaca por ser altamente nutritiva, versátil e funciona como alternativa livre de glúten - sendo indicada para a dieta de pessoas...

> Leia mais
4 frutas amarelas excelentes para a sua saúde

4 frutas amarelas excelentes para a sua saúde 4 frutas amarelas excelentes para a sua saúde

Que as frutas são essenciais para uma alimentação saudável, todo mundo já sabe. Algumas delas, inclusive, como a banana, o maracujá e a manga, possuem...

> Leia mais
Chocolate em pó tem lactose? Descubra se intolerantes podem consumi-lo

Chocolate em pó tem lactose? Descubra se intolerantes podem consumi-lo Chocolate em pó tem lactose? Descubra se intolerantes podem consumi-lo

Quem tem alergia ou intolerância à lactose precisa tomar diversos cuidados com a dieta - tais como seguir um plano alimentar rígido e olhar sempre com...

> Leia mais
Chá de jasmim tem benefícios de sobra! Descubra as suas propriedades

Chá de jasmim tem benefícios de sobra! Descubra as suas propriedades Chá de jasmim tem benefícios de sobra! Descubra as suas propriedades

Além de ser uma flor bem bonita e aromática, o jasmim é fonte de antioxidantes e diferentes propriedades medicinais, sendo muito indicado para o preparo de...

> Leia mais
Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento

Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento Kani é saudável? Conheça os prós e contras desse alimento

Muito usado na culinária japonesa, o kani kama é um alimento feito à base de frutos do mar que pode ser servido com arroz, macarrão ou até como...

> Leia mais
Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas

Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas Que tal praticar futevôlei? Conheça esse esporte criado nas areias cariocas

Conhecido como uma modalidade esportiva de areia, o futevôlei faz um enorme sucesso nas praias cariocas e ao redor do mundo. Criado por volta de 1960 no Rio...

> Leia mais
O que é picles e como fazer essa conserva

O que é picles e como fazer essa conserva O que é picles e como fazer essa conserva

Usado no preparo de saladas, sanduíches e outras receitas, o picles nada mais é do que uma forma de preparar e consumir legumes e vegetais, reaproveitando os...

> Leia mais
Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas

Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas Conhece alguma fruta com Q? Veja espécies supernutritivas

Que tal experimentar frutas de diferentes espécies para ampliar o cardápio e preparar novas receitas? No Brasil, existem milhares de opções nativas e...

> Leia mais
Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes

Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes Como fazer yakisoba tradicional, prato com legumes rico em nutrientes

De origem japonesa, o yakisoba nada mais é que um tipo de macarrão servido com diferentes legumes, temperos e, geralmente, incrementado com molho shoyu....

> Leia mais
Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária

Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária Comida portuguesa: 5 pratos para se apaixonar por essa culinária

A influência portuguesa na culinária brasileira é inegável. Mas quando se trata dos pratos típicos desse país europeu, nem todo mundo conhece as referências!...

> Leia mais