Alergia ou intolerância alimentar? Existem diferenças? Saiba mais!

Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar "reações estranhas" no corpo quando comemos algo que nosso organismo não aceita bem, alergia e intolerância alimentar são causas diferentes e que também devem se tratadas de formas distintas.
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar
Caroline Codonho

Consultor:

Caroline Codonho

Formada no Centro Universitário São Camilo, tem 3 pós-graduações: Saúde da Família e Comunidade (IEP Albert Einstein), Fisiologia e Metabolismo Aplicados a Nutrição e Atividade Física (ICB-USP) e Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia (VP/ UNICSUL)

Você sabia que há diferenças entre intolerância alimentar e alergia? Apesar de serem muitas vezes colocadas como sinônimos para explicar "reações estranhas" no corpo quando comemos algo que nosso organismo não "aceita" bem e, os primeiros sintomas serem, em grande parte, parecidos, as causas e a duração de cada uma são muito diferentes. Conheça mais sobre essas condições, suas divergências e como a alimentação orientada pode solucionar o problema sem prejudicar a nutrição!

Para entender a diferença entre os dois quadros é preciso conhecer o que de fato acontece com o nosso corpo em cada situação e suas distintas reações. Segundo a nutricionista Caroline Codonho, as alergias alimentares ocorrem via ativação do sistema imunológico (de defesa do organismo), podendo apresentar manifestações em diversos sistemas do corpo. "Em geral, elas estão relacionadas às proteínas alimentares e o organismo as identifica como corpos estranhos. Os mecanismos de hipersensibilidade são diversos e, com isso, as reações podem ser mais brandas ou mais graves, assim como passíveis de reversão ou não", explica a especialista.

Já a intolerância alimentar é mais branda, porém não é reversível. Ela é causada por uma incapacidade do nosso corpo de digerir um determinado carboidrato, por falta de uma enzima que facilite esse processo. Diferente da alergia, a intolerância só leva a sintomas gastrointestinais, como gases, distensão abdominal e a diarreia. Por isso, quem tem intolerância pode consumir, em pequenas quantidades, alimentos que possuam o carboidrato que o corpo não processa.

Leite: Fator de alergia ou intolerância alimentar? Como proceder?

Um alimento muito estudado e visto na prática de atendimento nutricional, tanto com relação à alergia alimentar quanto à intolerância, é o leite e seus derivados. De acordo com Codonho, para pessoas alérgicas a proteína do leite não adianta consumirem a versão sem lactose, pois apenas o açúcar do leite (a lactose) é retirado, mas as proteínas continuam na composição.

"Uma das alergias alimentares mais estudadas é relacionada ao leite, principalmente por ser o primeiro alimento que recebemos ao nascer. Nesse caso, segundo a Sociedade Brasileira de Nutrição Enteral e Parenteral ela é reversível em 85% dos casos, apenas com a exclusão e com o amadurecimento do sistema imune", revela a especialista. No caso da intolerância ligada ao leite, a reação à lactose, açúcar do alimento, será para a vida toda, mas não impede que esse carboidrato seja consumido em quantidades pequenas.

Para a nutricionista, tanto para as alergias alimentares quanto para as intolerâncias a principal conduta é a retirada do alimento relacionado com o processo. E, para fazê-lo é necessário ter orientação profissional adequada para que não aconteçam quadros de desnutrição ou anemia. "Nas alergias alimentares o seu processo de avaliação é realizado através de exames sanguíneos para analisar se os marcadores estão diminuindo. Já para as intolerâncias as avaliações podem ser tanto por sintomas quanto por exames bioquímicos, para alguns alimentos", finaliza.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Ter uma rotina de alimentação balanceada é a principal dica de como fazer o cabelo crescer! A saúde das mechas e da pele é diretamente influenciada pelo...

> Leia mais
Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Você sabia que a comida congelada pode ser saudável e trazer uma série de vantagens para o dia a dia? Além das carnes - como frangos e peixes - que devem ser...

> Leia mais
Leite zero lactose: mitos e verdades

Leite zero lactose: mitos e verdades Leite zero lactose: mitos e verdades

O que você sabe sobre leite sem lactose? O produto vem ganhando relevância nos últimos anos e promete segurança no consumo de laticínios, especialmente para...

> Leia mais
Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais...

> Leia mais
Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Os flavonoides provavelmente fazem parte da sua alimentação diária mesmo que você não saiba disto! Substâncias de origem vegetal, eles estão presentes em boa...

> Leia mais
Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Ninguém resiste a uma quiche saudável acompanhada de uma salada de verduras fresquinhas! Perfeito para o dia a dia, no almoço ou no jantar, esse prato também...

> Leia mais
Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia Alimentos que dão energia: a lista definitiva para incluir no seu dia a dia

Começar o dia bem disposto é muito bom, né? Os alimentos energéticos são conhecidos por oferecer sensação de bem-estar e um combo de ânimo para o organismo!...

> Leia mais
Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita Bolo de batata-doce: 4 versões fit da receita

Que tal fazer uma receita de bolo de batata-doce para comer no lanche com uma xícara de café? Se a ideia é apostar em sobremesas diferenciadas - fugindo de...

> Leia mais
Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis Frango com requeijão: a receita de um dos recheios mais queridos e versáteis

Que tal deixar o lanche da tarde mais gostoso com uma receita de frango com requeijão? O aperitivo é a indicação perfeita para saciar a fome e ainda cai...

> Leia mais
Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições Geleia de laranja: como fazer e combinar nas refeições

Adicionar a Geleia de Laranja Diet Taeq ao café da manhã é sinônimo de saúde e sabor! Fonte de vitaminas e minerais, o recheio da fruta é muito indicado para...

> Leia mais