Ayurveda: o que é e como os doshas podem influenciar a sua alimentação

Medicina Ayurveda surgiu na Índia há aproximadamente 7 mil anos, e por isso sua alimentação está muito presente no país
Medicina Ayurveda surgiu na Índia há aproximadamente 7 mil anos, e por isso sua alimentação está muito presente no país
Astrid Pfeiffer

Consultor:

Astrid Pfeiffer

Formada pela Faculdade Integradas "Espírita", possui pós-graduação em Nutrição Esportiva Funcional e em Nutrição Clínica Funcional, ambas pela VP Consultoria. É especializada em Nutrição Ayurvedica pela International Academy of Ayurved.

Você conhece a alimentação Ayurveda? Mais do que uma dieta, ela está relacionada a um estilo de vida. E se engana quem pensa que essa é uma novidade, já que sua origem se encontra na Índia há aproximadamente 7 mil anos! Na verdade, ela é conhecida como medicina Ayurveda, ou Ayurvedica, e consiste em uma série de práticas que procura trabalhar corpo e mente. Tanto é que ela incentiva a realização de yoga e o uso de massagens específicas.

Como a alimentação é uma parte muito importante do nosso corpo, essa questão na Ayurveda também é explorada, e ela utiliza essencialmente a fitoterapia. A nutricionista Astrid Pfeiffer explica que, no que diz respeito à nutrição, essa medicina se baseia nos elementares terra, ar, água, fogo e espaço, que por sua vez irão formar os doshas. Mas afinal, o que é isso?

Pitta, Vata e Kapha: como os doshas influenciam na alimentação

Todas as pessoas possuem os três doshas, que são chamados de Pitta, Vata e Kapha. Cada um deles possui uma característica distinta, que é refletida na alimentação. A questão é que eles devem estar em harmonia, o que dificilmente ocorre. Por isso, antes de resolver seguir a alimentação Ayurveda é preciso saber o que está em desequilíbrio para a partir daí passar a consumir alimentos específicos.

Para ter esse diagnóstico o interessado deve antes procurar um médico ou terapeuta especialista, pois ele irá verificar através do pulso qual o dosha de cada um. "As pessoas possuem dois doshas. Um é o profundo, que é aquele que a pessoa tem desde que nasceu, e o outro é o superficial, que é o que está em desequilíbrio", explica Astrid Pfeiffer. A nutricionista também afirma que cada um deles pode trazer problemas, e que por isso é preciso harmonizá-los através da alimentação.

Pitta (terra e água) - Rege a digestão e está no intestino delgado. A maior parte das pessoas têm Pitta, e em geral isso costuma ser percebido através de uma personalidade autoritária. Sabores indicados a essas pessoas são doce, amargo e adstringente. Já os que devem ser evitados são ácido, picante e salgado. Isso mostra que, quando está em desequilíbrio, pode gerar problemas intestinais, que muitas vezes são agravados com o consumo de alimentos apimentados.

Vata (ar e espaço) - Está no intestino grosso e rege os movimentos do corpo, especialmente os mentais. Por isso pessoas com Vata predominante costumam ser agitadas e ansiosas, sendo muitas vezes conhecidas por falarem muito, mas de forma incoerente. Sabores que podem harmonizar esse dosha são doce, ácido e salgado. Já os que devem ser evitados são amargo, picante e adstringente. Alimentos secos e leves devem ser deixados de lado se o Vata estiver em desequilíbrio, afinal, essas são características do ar e do espaço. Problemas de coluna e artrose são comumente encontrados em pessoas desse dosha.

Kapha (ar e terra) - Localizado no estômago, esse dosha está relacionado às emoções. Pessoas com Kapha em desequilíbrio costumam ter dificuldades em digerir assuntos, e por isso são mais lentas e apresentam dificuldades nas relações pessoais. Não é à toa que muitas acabam desenvolvendo depressão ou comem tanto que sofrem com aumento de peso ou até com a obesidade. Tanto é que os sabores que devem ser evitados são doce, salgado e ácido. Já picante, amargo e adstringente são bem-vindos.

Uso de antídotos é uma boa solução para alimentos que devem ser evitados

Astrid destaca que nenhum alimento é proibido na Ayurveda, mas dependendo do desequilíbrio do seu corpo alguns serão mais indicados do que outros. É por isso que é importante entender o quanto você tem de cada dosha para só então saber o que evitar ou consumir com mais regularidade. Lembrando que ter o corpo em completo equilíbrio é algo muito difícil, mas os temperos podem ajudar nesse processo.

"É possível usar antídotos na comida, que nada mais são do que especiarias. Isso porque eles quebram as coisas ruins dos doshas. Afinal, todos eles podem comer de tudo, mas algumas coisas apenas em menor quantidade. É aí que entra o antídoto, que pode ser inserido em alimentos que deveriam ser evitados", explica a nutricionista.

Outro ponto que merece destaque é que a Ayurveda não prega o vegetarianismo, mas é comum que pessoas adeptas a essa medicina simplesmente parem de consumir carne. Isso porque, de acordo com Astrid Pfeiffer, ela "é um alimento que agita muito a mente". De uma forma geral essa alimentação é baseada em leite e derivados, mas esses são justamente elementos que devem ser evitados por quem tem Kapha em desequilíbrio. Portanto, é sempre preciso observar caso a caso antes de seguir uma dieta Ayurveda.

Ayurveda é indicada a qualquer um

A alimentação Ayurveda é indicada para qualquer pessoa, esteja ela saudável ou com problemas de saúde. Inclusive, muitas com enfermidades sérias buscam a medicina Ayurveda como complemento para viver melhor. Ainda assim, Astrid alerta que o médico nunca deve ser deixado de lado. "Há alimentos específicos para qualquer um, assim como ocorre com a nutrição tradicional. Mas dependendo da doença que a pessoa tiver é melhor tomar um medicamento, e não recorrer apenas às ervas. Por isso é importante antes de mais nada se consultar com um médico", destaca.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Farinha de chia x farinha de quinoa: conheça os benefícios de cada uma

Farinha de chia x farinha de quinoa: conheça os benefícios de cada uma Farinha de chia x farinha de quinoa: conheça os benefícios de cada uma

Que tal usar farinhas mais nutritivas e menos calóricas para preparar biscoitos, cookies, bolinhos, pães e outras massas? A farinha de chia, por exemplo, tem...

> Leia mais
Suco de beterraba: benefícios da bebida e 3 novas receitas

Suco de beterraba: benefícios da bebida e 3 novas receitas Suco de beterraba: benefícios da bebida e 3 novas receitas

O suco de beterraba é uma das bebidas detox que estão em alta! Adicionar as batidas ao cardápio diário é uma boa maneira de limpar o organismo e garantir...

> Leia mais
Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais