Quais os benefícios do shimeji e como prepará-lo no dia a dia

Shimeji é rico em proteínas e fácil de preparar.
Shimeji é rico em proteínas e fácil de preparar.

O Shimeji é um tipo de cogumelo nativo da Ásia e do norte da Europa que agrada muito o paladar dos brasileiros. O alimento costuma fazer parte do cardápio de restaurantes japoneses e pode complementar muitos pratos do dia a dia, fazendo parte de molhos para massas, acompanhando carnes e saladas ou sendo protagonistas do estrogonofe, por exemplo.

Grande parte do sucesso desse fungo, que na natureza tem a função de decompor matéria orgânica, vem do seu elevado valor nutricional. O cogumelo shimeji é uma opção saborosa e prática para complementar a dieta de quem busca fontes de proteína alternativas, como é o caso de vegetarianos e veganos. O fungo oferece um aporte de proteínas com boa digestibilidade, além de baixo teor de gordura.

Cogumelo shimeji: conheça os benefícios desse alimento para a sua saúde

Além das proteínas, o shimeji também é fonte de muitos outros nutrientes. Consumir esse tipo de cogumelo é uma forma de ingerir fibras, fósforo, ácido fólico, Vitamina A, Vitamina B, Vitamina C e ergosterol, uma substância que forma a Vitamina D quando reage com um raio ultravioleta. Aliás, os cogumelos são a única fonte de Vitamina D que não têm origem animal.

O shimeji ainda é pouco calórico: em 100 gramas do alimento, há somente 35 calorias. Polissacarídeos, compostos fenólicos e flavonoides encontrados no shimeji conferem a ele função antioxidante, capaz de destruir células cancerígenas. Minerais como selênio, cobre e potássio completam a lista. É ou não é um alimento completo? Veja a seguir os benefícios do cogumelo shimeji para a saúde:

Cogumelo shimeji melhora a digestão e promove saciedade

Graças à quantidade de fibras na sua composição, o shimeji é um importante aliado para quem deseja melhorar o trânsito intestinal e ter menos sensação de fome entre as refeições.

Shimeji é aliado contra diabetes e colesterol alto

As fibras também agem em conjunto com os polissacarídeos ajudando a controlar o nível de açúcar no sangue, além de melhorar a resistência à insulina nos tecidos. Junto com a Vitamina B3, elas atuam no controle do colesterol ruim LDL.

Sistema imunológico tem benefícios com o consumo regular de cogumelo shimeji

Uma boa resposta imune depende do bom funcionamento do organismo de modo geral. Nesse aspecto, tanto a regulação do metabolismo que acontece por causa das fibras, quanto a ação de minerais como o selênio, que elimina toxinas e fortalece o sistema imunológico, podem ser obtidos por meio do consumo do alimento.

Como fazer shimeji? Atenção na higienização do fungo é fundamental

Ao comprar shimeji, preste muita atenção à data de validade do produto e procure marcas certificadas e com selo de inspeção. Além disso, evite consumir cogumelos colhidos da natureza, que podem ser venenosos ou alucinógenos.

Para limpar shimeji, solte os talos da base do fungo, com as mãos mesmo. Com a ajuda de um papel toalha, limpe essas hastes uma por uma, com cuidado, já que se trata de um alimento delicado. A base pode ser descartada.

O segredo evita que a textura do shimeji seja modificada pela presença de umidade. Como são esponjosos, os cogumelos frescos são capazes de absorver água, tornando-se moles e sem gosto.

Como fazer shimeji branco? E shimeji preto?

Shimeji branco e Shimeji preto se diferenciam pelo tipo de cultivo. Enquanto o branco é cultivado em temperaturas quentes, o oposto acontece com o shimeji preto. O resultado é que o branco é mais fibroso, enquanto o preto tem aroma e sabor mais fortes. Ambos possuem textura firme e crocante, ainda que sejam cozidos.

No dia a dia, a receita com shimeji mais prática é o shimeji na manteiga, muito famoso em restaurantes japoneses. Em uma versão mais saudável, a manteiga pode ser substituída pelo óleo de coco e o shoyu pelo vinagre balsâmico. Você vai precisar de:

  • 400 g de cogumelo shimeji Taeq
  • 4 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico
  • 1 colher (sopa) de óleo de coco
  • Papel-manteiga

Pré-aqueça o forno a 180º enquanto higieniza os cogumelos. Em seguida, coloque o shimeji, a cebolinha picada e o vinagre balsâmico no meio de uma folha de papel manteiga (corte o papel do tamanho de uma folha sulfite para acomodar bem os ingredientes). Feche bem o papel em um embrulho e leve ao forno sobre uma assadeira por 20 minutos. Por fim, transfira o shimeji para um refratário e misture o óleo de coco. Sirva imediatamente. Bom apetite!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais