Proteínas: Descubra fontes alternativas deste nutriente construtor!

<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
Barrinhas proteicas: São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
<strong>Barrinhas proteicas:</strong> São ótimas opções para adquirir proteína, o nutriente construtor do corpo humano
Giovana Morbi

Consultor:

Giovana Morbi

Graduada em Nutrição pela Faculdade São Camilo, é especialista em Nutrição Clínica e Ortomolecular com extensão em Nutrigenômica e especializada em Diabetologia Prática pelo Steno Education Center, na Dinamarca.

Produto recomendado

Barra de cereal light de morango com chocolate Taeq 66g

Barra de cereal light de morango com chocolate Taeq 66g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

O corpo humano não é capaz de sobreviver, de forma saudável, sem o grupo das proteínas em nossa pirâmide alimentar. Elas são indispensáveis, pois participam de quase todas as reações químicas do organismo, ativando diversas funções essenciais para o nosso desenvolvimento físico.

Parte substancial de todas as células do organismo, as proteínas são responsáveis pelo transporte de oxigênio e ferro no sangue, além dos mecanismos de contração. Hormônios proteicos, como a insulina e o "GH", mais conhecido como hormônio do crescimento, são nutrientes fundamentais para o desenvolvimento, construção e reparação dos tecidos corporais. A nutricionista Giovana Morbi, explica como as proteínas agem em nossos corpos. Ela é capaz de manter os cabelos fortes, e deixar as unhas saudáveis.

"Nas proteínas são formados aminoácidos. É como se pequenos blocos se unissem para formar uma grande estrutura. Ao comer um alimento rico em proteínas, como o ovo, por exemplo, elas são "quebradas" e transformadas em aminoácidos novamente, que serão utilizados pelo corpo de acordo com suas prioridades e necessidades. Por esse motivo, é comum pessoas desnutridas ficarem com unhas e cabelos fracos, por exemplo. Na falta de uma alimentação adequada o corpo utilizará as proteínas, que seriam destinadas para cabelos e unhas, para manter o corpo funcionando", destacou a nutricionista Giovana Morbi, que divide esses aminoácidos em dois grupos distintos.

Os aminoácidos podem ser divididos em dois grupos: os aminoácidos essenciais e não essenciais. Os não essenciais são produzidos pelo nosso corpo, enquanto os essenciais precisamos ingerir pela dieta", analisou Giovana. Segundo ela, os alimentos fontes de proteínas podem ser classificados como:

– Proteínas de Alto Valor Biológico: São as que contêm todos os aminoácidos essenciais. São as proteínas de origem animal, encontradas nas carnes, leite e derivados e ovos. Porém, se você é vegetariano e quer garantir todos os aminoácidos essenciais em um só alimento invista na quinua.

– Proteínas de Baixo Valor Biológico: Aqui entram as leguminosas como feijão, ervilhas, lentilhas, soja e grão-de-bico. Alimentos ricos em proteínas vegetais devem ser combinados com outros que complementem o que falta em sua composição. Por exemplo: a combinação do arroz com feijão não é popular à toa. Os aminoácidos presentes no arroz complementam os que faltam no feijão e juntos formam uma combinação altamente proteica e nutritiva.

Mais benefícios – Atrelada sempre às questões físicas, de fato, o fator muscular é o principal benefício da ingestão das proteínas, contudo, essa não é sua única virtude nutricional. As proteínas possuem uma série de vantagens que vão além dos benefícios à aparência física. "Engana-se quem acha que as proteínas servem apenas para construir novos músculos. Constituem, ainda, os anticorpos que defendem nosso organismo do ataque de vírus e bactérias, por exemplo", salienta Giovana.

Por tais motivos torna-se tão importante uma dieta rica em alimentos proteicos.

Alimentos ricos em proteínas


– Amêndoas: 100 g de amêndoas têm cerca de 21, 1 g de proteínas.


– Tofu: 100 g de tofu têm cerca de 8,1 g de proteínas.


– Peito de peru (sem pele): 100 g de peito de peru têm cerca de 29,9 g de proteínas.


– Peito de frango (sem pele): 100 g de peito de frango têm cerca 30 g de proteínas.


– Ovo: 02 ovos médios têm cerca de 16 g de proteínas.


– Iogurte sem gordura: 100 g de iogurte sem gordura têm cerca de 4,2 g de proteínas.


– Barrinha proteica (suplemento): 1 barra contém cerca de 10 g de proteínas.

Outros alimentos: Bife de filé, filé de porco, salmão, requeijão sem gordura, camarão, lentilhas cozidas e leite semidesnatado.

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais