Ponha mais cor no seu prato todos os dias: Conheça a "dieta cromática"

Monte seu prato: Variar nas cores é variar nos nutrientes, conheça a dieta cromática
Monte seu prato: Variar nas cores é variar nos nutrientes, conheça a dieta cromática

Produto recomendado

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Tomate italiano orgânico Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Adicione mais cores à sua vida e, principalmente, à sua alimentação. Um prato colorido, bem dividido, não é só bonito e saboroso, como também é um importante sinal de saúde. Cada vez mais, nutrólogos, nutricionistas e especialistas gastronômicos, orientam investir na diversidade cromática dos alimentos como forma ideal de uma completa nutrição.

Nessa "dieta cromática", o ideal, além das cores, é variar os alimentos escolhidos para representar cada cor. Embora existam propriedades nutricionais comuns aos alimentos de cada coloração, cada iguaria tem nutrientes específicos, como explica a Dra. Brigitte Olichon, nutricionista da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP), no Rio de Janeiro.

"Quanto mais colorido o prato, melhor. A dica é ingerir alimentos de cinco cores diferentes ao dia: vermelho, laranja, roxo, verde e branco. Frutas e vegetais fortemente matizados, ou seja, coloridos, oferecem uma vasta gama de vitaminas, minerais, fibras e substâncias fitoquímicas das quais o nosso corpo necessita para manter uma boa saúde e adequados níveis de energia, protegendo contra os efeitos da idade e reduzindo o risco doenças", disse.

Aderir à dieta cromática é muito fácil. Os alimentos são divididos em seis grupos, ou seis cores, que denunciam os nutrientes predominantes de cada um. Estes alimentos são, então, introduzidos na alimentação, ou seja, você continua comendo fontes de carboidratos e proteínas, mas passa a comer, também, mais frutas e verduras. Confira abaixo os alimentos e os benefícios de cada cor e monte o seu cardápio:

Cores dos alimentos e seus benefícios

Vermelhos – A coloração é consequência do licopeno, um pigmento que atua como antioxidante celular. Ricos em vitamina C, esses alimentos também possuem antioxidantes que ofereces proteção contra doenças e estresse. Seus grandes representantes são frutas como caqui, cereja, framboesa, goiaba, melancia, morango, nectarina, pitanga, romã e tomate, além da beterraba e do pimentão vermelho.

Amarelos e Laranjas – A cor amarelada / alaranjada é consequência do betacaroteno, também conhecido como pró-vitamina A, que atua como antioxidante contra radicais livres e na manutenção dos tecidos e dos cabelos, beneficia a visão noturna e melhora a imunidade. Estes alimentos também são ricos em vitamina C, que atua como antioxidante e participa da síntese de colágeno da pele. Os principais representantes destas cores são abacaxi, manga, maracujá, melão, milho, abóbora, ameixa, caju, carambola, damasco, cenoura, laranja, mamão, pimentão amarelo e tangerina.

Verdes – Os alimentos verdes são resultantes da clorofila, conhecida como um potente energético celular. Mas estes alimentos também possuem quantidades consideráveis de diversos outros nutrientes, como betacaroteno e luteína, ambos antioxidantes, folatos, vitaminas C e E, cálcio, ferro e potássio. Esta cor tem como representantes as folhas verdes, como acelga, alface, repolho, salsa, agrião, chicória, couve, espinafre, rúcula, escarola e manjericão, além de abacate, abobrinha, quiabo, pimentão verde, brócolis, vagem, kiwi, ervilha, limão e pepino.

Roxos – Alimentos nas tonalidades roxa, preta ou azulada contém antocianina, um tipo de pigmento ligado à presença da vitamina B1. Conhecida como a vitamina da disposição, a B1 é essencial para a transformação dos carboidratos e outros nutrientes que ingerimos em energia. Entre seus benefícios está o aumento da disposição mental e a manutenção do funcionamento normal do sistema nervoso, dos músculos e do coração. Alcachofra, ameixa, amora, berinjela, feijão-preto, figo, jabuticaba, uva, repolho roxo são os principais representantes.

Brancos – A cor branca é resultante da flavina, que indica alimentos ricos em minerais, como cálcio e fósforo que ajudam na manutenção dos ossos e dentes, carboidratos e vitamina B6, que favorece a respiração das células e ajuda no metabolismo das proteínas. Alho, banana, batata, cebola, couve-flor, feijão branco, maçã, pera, palmito, chuchu, cogumelo, mandioca, nabo e rabanete são os principais representantes.

Marrons e Bejes – Os cereais integrais e as sementes oleaginosas são os grandes representantes deste grupo. Os cereais, por causa da grande quantidade de fibras que possuem, regulam o funcionamento do intestino, além de ajudar a controlar o colesterol e a diabetes. Já as oleaginosas são excelentes fontes do mineral selênio e de vitamina E, ambos com funções antioxidante, vasodilatador, anticoagulante e contra a fadiga.

Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação

O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação O outono começou! Saiba em quais frutas investir nessa estação

Após meses de calor intenso, chega o outono para dar uma reduzida na temperatura e trazer novas atividades para o nosso cotidiano. Mas como em qualquer época...

> Leia mais
Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta

Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta Como preparar broto de bambu e por que acrescentá-lo na dieta

Ao falar em broto de bambu não é muito difícil imaginar um panda se alimentando em algum lugar no interior da China. Mas não pense que esse tipo de refeição...

> Leia mais
Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo

Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo Nômades digitais: conheça histórias de quem largou tudo para viajar o mundo

Quem é apaixonado por viagens, culturas e línguas diferentes, não pode deixar de conhecer o nomadismo digital - um estilo de vida mais dinâmico que concilia...

> Leia mais
Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas Endometriose: entenda como a alimentação pode aliviar seus sintomas

Você sabia que março é considerado o Mês Mundial da Conscientização da Endometriose? Essa doença se desenvolve quando o endométrio (tecido que reveste o...

> Leia mais
Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir

Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir Os alimentos que aliviam problemas menstruais e que as mulheres devem consumir

O período menstrual é aquela fase em que o corpo das mulheres fica mais sensível - podem surgir sintomas de cólica, instabilidade emocional e muitas também...

> Leia mais
Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto

Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto Benefícios do maxixe: os motivos para passar a consumir esse fruto

Se te oferecessem um fruto verde, com formato oval e coberto de espinhos você comeria? Embora a aparência em um primeiro momento cause alguma estranheza, a...

> Leia mais
Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática

Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática Meditação: 5 coisas que você precisa saber antes de adotar a prática

Meditação pode ser muito engrandecedora, sabia? É um momento de conexão com si próprio, que garante mais paz de espírito e autoconhecimento. Só que antes de...

> Leia mais
Quer fazer as frutas amadurecerem mais rápido? Veja os melhores truques!

Quer fazer as frutas amadurecerem mais rápido? Veja os melhores truques! Quer fazer as frutas amadurecerem mais rápido? Veja os melhores truques!

Nos dias quentes, muito característicos do verão, é bem comum sofrermos com o amadurecimento acelerado de frutas, verduras e legumes - o que faz com que...

> Leia mais
Plantas medicinais: conheça as principais e seus benefícios para o nosso corpo

Plantas medicinais: conheça as principais e seus benefícios para o nosso corpo Plantas medicinais: conheça as principais e seus benefícios para o nosso corpo

A natureza realmente fornece tudo que precisamos para viver bem - as plantas medicinais, por exemplo, são provas vivas de que isso é verdade, pois funcionam...

> Leia mais
Dia da Incontinência Urinária: como a alimentação ajuda a resolver esse problema

Dia da Incontinência Urinária: como a alimentação ajuda a resolver esse problema Dia da Incontinência Urinária: como a alimentação ajuda a resolver esse problema

Você sabia que existe o Dia Mundial da Incontinência Urinária? Pois é, em todo o mundo, o dia 14 de março é destinado para trazer informações, debates e...

> Leia mais