Para que servem as proteínas? Entenda a sua importância na nossa alimentação

Alimentos ricos em proteínas trazem diversos benefícios para o organismo, o que inclui, inclusive, a melhora da saúde do cérebro
Alimentos ricos em proteínas trazem diversos benefícios para o organismo, o que inclui, inclusive, a melhora da saúde do cérebro

Você certamente já cansou de ouvir por aí que a proteína é um dos nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. Mas será que sabe exatamente o porquê de sua importância? Para começar a entender, vale destacar que os atletas que desejam ganhar massa magra e aumentar a definição muscular não apostam em uma dieta rica nessa substância por acaso: as proteínas são formadas por aminoácidos que contribuem justamente para o crescimento dos tecidos. Além disso, também repõem a energia que foi perdida, auxiliam a defesa do organismo, fazem o transporte de substâncias pelo corpo e atuam no sistema nervoso. Dá uma olhada na matéria para saber mais detalhes!

Proteína é substância indispensável na dieta dos atletas

Quem é atleta ou pratica atividades físicas diariamente precisa ficar bem atento na hora de escolher qual tipo de alimentação seguir para que o corpo tenha a disposição necessária para realizar os exercícios e potencializar o resultado dos treinos. Dentre os alimentos mais indicados estão os que são ricos em proteínas justamente por darem mais energia e contribuírem para o aumento de massa magra e definição dos músculos - tanto que suplementos proteicos, como o que utiliza a proteína do soro do leite, são aliados da dieta alimentar de quem deseja resultados mais rápidos.

Esse ganho de massa está relacionado ao fato das proteínas aparecerem como nutrientes construtores, que atuam diretamente na formação e crescimento dos tecidos.

Substância tem função reguladora - e um exemplo é a insulina

Outra importante vantagem das proteínas é a de ajudar a regular algumas funções do metabolismo. Um bom exemplo disso é a insulina - que, embora muita gente não saiba, se trata de um hormônio proteico. Muito mencionada quando o assunto é diabetes, ela é responsável por controlar os níveis de glicose (açúcar) no sangue, e sua deficiência pode acarretar sérios problemas para quem sofre com a doença.

Para aumentar a produção de insulina e diminuir a resistência à substância, a dica é apostar em alimentos que podem ser verdadeiros aliados nessa função - como é o caso da canela, da linhaça e de vegetais de folhas verdes, por exemplo.

Pode ajudar a fortalecer unhas e cabelos

Você sabia que as proteínas também podem trazer benefícios para a parte estética por fortalecer unhas e cabelo? Mas, para conseguir aproveitar de fato essa vantagem, é preciso seguir uma dieta que seja rica nessa substância - já que, ao ser absorvida através de um alimento, ela se quebra em pequenos aminoácidos que irão atender às principais necessidades do corpo antes de atuarem nas partes consideradas secundárias.

Proteína dá sensação de saciedade e acelera o metabolismo

Quando se fala em aumento da sensação de saciedade, os alimentos ricos em fibras são os mais lembrados - mas as proteínas também podem contribuir para esta função! Isso porque a substância é digerida lentamente, o que faz com que o organismo se sinta satisfeito mais rápido e não tenha necessidade de beliscadas entre uma refeição e outra. Somado a isso, ainda tem o fato de ela ajudar a acelerar o metabolismo - o que é ótimo para quem deseja perder peso, principalmente.

Aumento da imunidade também está entre os benefícios

Para que o corpo fique livre de doenças, ele precisa de uma proteção contra a ação de agentes nocivos. Quem exerce essa função são os anticorpos - que são, na verdade, proteínas de defesa que aumentam a imunidade e impedem que corpos estranhos causem qualquer complicação no organismo.

É por isso que quem está com gripe, resfriado ou qualquer outro problema de saúde que afeta o sistema imunológico deve apostar em uma dieta rica em proteínas para aproveitar todos os benefícios da função protetora que faz parte dessa substância.

Dieta rica em proteínas também se reflete na saúde do cérebro

Nosso cérebro precisa de uma quantidade específica de aminoácidos - ou seja, proteínas - para que funcione bem, com suas funções cognitivas devidamente ativadas. Assim, esse é mais um motivo para aumentar a absorção desse nutriente através do consumo de alimentos certos - como é o caso das carnes, queijo, ovo, tofu e feijão, por exemplo.

O resultado é um sistema nervoso mais saudável, com muito mais concentração, foco e uma melhor coordenação motora.

Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais