Memória gustativa: O que é? Descubra como os alimentos agem em nosso cérebro

Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Você sabe o que é memória gustativa? Veja como uma boa alimentação pode trazer as melhores recordações da sua vida!
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Poucas coisas na vida aguçam tanto os nossos melhores sentimentos quanto uma boa comida! Seja daquele cheirinho que vem saindo da panela ou ao degustar um prato harmonioso, colorido, e com os ingredientes que mais amamos, a nostalgia culinária nos traz lembranças tão prazerosas que os sabores das receitas invadem nossos paladares antes mesmo de provarmos, não é? Pois bem, essa gostosa sensação tem nome e sobrenome: "Memória Gustativa". Descubra como a alimentação age em nossos cérebros e nos levam a esses momentos de puro conforto e bem-estar.

Em linhas gerais, a memória gustativa é um sentimento saudosista de tudo que nos traz boas lembranças. Nos EUA, por exemplo, quando remetemos esses momentos à alimentação, chamamos de comfort food (comida afetiva, que nos abraça). Por isso, automaticamente, quando estamos diante de algum prato que nos leva às sensações prazerosas, seja da infância ou de outras épocas da vida, todos esse sabores ficam armazenados no cérebro, podendo vir à tona em qualquer momento que instigue essa recordação. A nutricionista Carolina Baliere, explica:

"A memória gustativa tem um poder involuntário que nos faz ter uma consciência de um sabor que remete ao passado. Por exemplo, você passa por um lugar, uma padaria, vê um frango e sente o seu aroma. Aquele momento remete alguma época que você frequentava a casa da sua avó e ela preparava um delicioso frango para você. O cheiro e a imagem ficaram na sua memória e te traz uma sensação de prazer e bem-estar", analisa a profissional, reiterando:

"Nosso cérebro memoriza todos nossos sentidos sensitivos e, quando falamos de alimentos, podemos pensar também em recompensas, ou seja, quando estamos alegres queremos comer e quando estamos tristes também. A comida mexe com o nosso emocional e isso faz com que fique com maior facilidade na nossa memória, pois são atitudes que levam à nossa sobrevivência, facilitando o armazenamento em nosso cérebro", completa a nutricionista.

A alimentação e o nosso cérebro: Penso, logo como!

No ato de ingerir algum alimento, quando comemos, as papilas gustativas presentes na língua enviam uma mensagem para o cérebro, identificando os sabores e promovendo a memória gustativa. Segundo estudos americanos publicados na revista Nature, o nosso cérebro possui neurônios para cada um dos cinco gostos que podemos sentir: salgado, amargo, ácido, doce e o chamado umami (gosto associado aos glutamatos, presente, por exemplo, em carnes e legumes).

Alimentos que estimulam as funções cognitivas

Os alimentos fontes de sais minerais, ômega 3 e vitaminas, além de aguçarem a nossa memória ainda ajudam nas funções cognitivas do cérebro (capacidade de concentração e raciocínio) que facilitam a comunicação dos neurônios. Dentre esses ingredientes, podemos destacar as frutas vermelhas (red berries), tais como morango, framboesa, amora e mirtilo, além de outros exemplos, como abacate, quinoa, linhaça, salmão e os chás (de preferência brancos e verdes).

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Incrementar o seu cardápio diário com espinafre, é investir em superalimento cheio de vitaminas, fibras e muito, muito ferro! Se você ainda tinha alguma...

> Leia mais
Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Uma coisa é certa: por trás de um sorriso tem sempre um motivo. Pode ser algo engraçado, bonito, emocionante ou divertido que serve de gatilho para uma boa...

> Leia mais
Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Seguir uma dieta saudável (com alimentos naturais) não significa necessariamente gastar muito, sabia? Muitas pessoas acreditam que comida saudável é mais...

> Leia mais
Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco: uma bebida altamente nutritiva, saborosa, refrescante e definitivamente compatível com o verão! Mas como todo bom alimento saudável, há certos...

> Leia mais
Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos Alimentos energéticos, construtores e reguladores: entenda cada um desses grupos

Você já ouviu falar nos alimentos energéticos, construtores e reguladores? O nome pode até não ser usual, mas esses três grupos alimentares com certeza fazem...

> Leia mais
5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência 5 frutas para o pré-treino perfeitas para quem se exercita com frequência

Manter uma rotina de exercício físico é fundamental para o seu bem-estar. Mas, para fazer isso de forma saudável, você deve montar uma dieta equilibrada, com...

> Leia mais
Cardápio para celíaco e intolerante à lactose: o que você pode preparar sem medo

Cardápio para celíaco e intolerante à lactose: o que você pode preparar sem medo Cardápio para celíaco e intolerante à lactose: o que você pode preparar sem medo

Uma das maiores dificuldades para os que têm algum tipo de intolerância alimentar é montar um cardápio eclético, saudável e com ingredientes acessíveis....

> Leia mais
7 refeições veganas perfeitas para diferentes tipos de dietas

7 refeições veganas perfeitas para diferentes tipos de dietas 7 refeições veganas perfeitas para diferentes tipos de dietas

Aderir ao estilo de vida vegano é mais simples do que parece, sabia? Existe o imaginário de que receitas veganas são pouco saborosas e difíceis de preparar....

> Leia mais
Quercetina: para que serve? Saiba seus benefícios e onde encontrar o flavonoide

Quercetina: para que serve? Saiba seus benefícios e onde encontrar o flavonoide Quercetina: para que serve? Saiba seus benefícios e onde encontrar o flavonoide

É provável que você nunca tenha ouvido falar na quercetina - uma substância que, apesar de ser pouco conhecida, está presente em grande parte dos alimentos...

> Leia mais
5 alimentos para comer no período menstrual e evitar desconfortos

5 alimentos para comer no período menstrual e evitar desconfortos 5 alimentos para comer no período menstrual e evitar desconfortos

Para muitas mulheres, o período menstrual é sinônimo de cólicas, enxaquecas, estresse, cansaço e indisposição para seguir a rotina. Mas você sabia que é...

> Leia mais