Comida afetiva: Conheça mais sobre o Comfort Food!

Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>

Sabe aquele prato que logo traz à mente aquela gostosa nostalgia afetiva das receitas da mãe ou da avó, seja pelo cheirinho ou pela primeira garfada na comida? Então, esse prazeroso momento gastrônomico tem nome: "Comfort Food". Contudo, apesar da sensação de bem-estar que esses pratos nos remete é preciso também ter moderação e consciência nutricional em seu consumo para podermos usufruir dos benefícios que uma "escapadinha" da dieta social pode gerar em nossa qualidade de vida.

Pode ser a carne assada com ricota que sua avó preparava, o rosbife especial da mãe, ou, ainda melhor, os pratos doces que você comia na infância. Na verdade, pode ser qualquer prato que remeta a algum momento marcante ou pessoa querida.

A chef de cozinha Lara Brittes explica que o conceito de Comfort Food é aplicado às comidas simples, fartas e que trazem memória gustativa. "Elas são capazes de elevar o ato fisiológico de comer a um estado de espírito, ou seja, são pratos que fazem sentir bem não apenas pela saciedade da fome", diz a profissional.

Assim, justamente por serem tão reconfortantes é que eles merecem atenção especial, já que a possibilidade de exagero é grande. Para a nutricionista funcional e esportiva Nicole Finoquio, o primeiro passo para evitar os exageros é identificar o gatilho responsável, afinal, a fome incontrolável de comer essa comida pode ter fundo emocional. Nicole explica que, ao parar para pensar e analisar os motivos desta "fome emocional", a pessoa será realmente capaz de evitar o exagero.

"Primeiramente, a alimentação saudável deve ser tratada como uma mudança permanente no estilo de vida e não como uma obrigação em seguir uma dieta. Logo, deve-se identificar se você está comendo por 'prazer'/ 'satisfação pessoal' ou, simplesmente, por fome real", sugere a nutricionista.

Substituições inteligentes para o comfort food

Nicole explica que uma estratégia fundamental para mudar o estilo de vida e evitar deslizes é realizar substituições inteligentes, demonstrando que não é preciso abrir mão de um prato preferidono processo de reeducação alimentar, basta adaptar os ingredientes. Ela dá alguns exemplos:

Feijoada – Optar por uma versão vegetariana, em que se adiciona o tofu (soja fermentada) em substituição aos miúdos, carnes e embutidos. Nesses casos, é interessante utilizar temperos naturais e, no caso de uma feijoada tradicional, escolher consumir pouca quantidade de miúdos e embutidos, sempre adicionando couve na refeição (fonte de fibras e antioxidantes) e abacaxi, pois contém bromelina, enzima que auxilia na digestão.

Macarronada – Optar por uma preparação feita com massa integral, sem molhos brancos e queijos amarelos, podendo ser feita com um molho de tomate caseiro.

Sobremesas – Substituir o açúcar refinado por adoçantes naturais como o xilitol, ou ainda pelo açúcar mascavo ou demerara em pouca quantidade. Estes tipos de açúcares preservam os nutrientes e minerais, não passando pelo processo de refino.

A Dra. Nicole Finoquio atualiza informações diárias sobre o mundo da nutrição em seu Instagram: @nicolefinoquio

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais