Comida afetiva: Conheça mais sobre o Comfort Food!

Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>
Comfort Food são comidas <span>simples, fartas e que trazem memória gustativa e afetiva</span>

Sabe aquele prato que logo traz à mente aquela gostosa nostalgia afetiva das receitas da mãe ou da avó, seja pelo cheirinho ou pela primeira garfada na comida? Então, esse prazeroso momento gastrônomico tem nome: "Comfort Food". Contudo, apesar da sensação de bem-estar que esses pratos nos remete é preciso também ter moderação e consciência nutricional em seu consumo para podermos usufruir dos benefícios que uma "escapadinha" da dieta social pode gerar em nossa qualidade de vida.

Pode ser a carne assada com ricota que sua avó preparava, o rosbife especial da mãe, ou, ainda melhor, os pratos doces que você comia na infância. Na verdade, pode ser qualquer prato que remeta a algum momento marcante ou pessoa querida.

A chef de cozinha Lara Brittes explica que o conceito de Comfort Food é aplicado às comidas simples, fartas e que trazem memória gustativa. "Elas são capazes de elevar o ato fisiológico de comer a um estado de espírito, ou seja, são pratos que fazem sentir bem não apenas pela saciedade da fome", diz a profissional.

Assim, justamente por serem tão reconfortantes é que eles merecem atenção especial, já que a possibilidade de exagero é grande. Para a nutricionista funcional e esportiva Nicole Finoquio, o primeiro passo para evitar os exageros é identificar o gatilho responsável, afinal, a fome incontrolável de comer essa comida pode ter fundo emocional. Nicole explica que, ao parar para pensar e analisar os motivos desta "fome emocional", a pessoa será realmente capaz de evitar o exagero.

"Primeiramente, a alimentação saudável deve ser tratada como uma mudança permanente no estilo de vida e não como uma obrigação em seguir uma dieta. Logo, deve-se identificar se você está comendo por 'prazer'/ 'satisfação pessoal' ou, simplesmente, por fome real", sugere a nutricionista.

Substituições inteligentes para o comfort food

Nicole explica que uma estratégia fundamental para mudar o estilo de vida e evitar deslizes é realizar substituições inteligentes, demonstrando que não é preciso abrir mão de um prato preferidono processo de reeducação alimentar, basta adaptar os ingredientes. Ela dá alguns exemplos:

Feijoada – Optar por uma versão vegetariana, em que se adiciona o tofu (soja fermentada) em substituição aos miúdos, carnes e embutidos. Nesses casos, é interessante utilizar temperos naturais e, no caso de uma feijoada tradicional, escolher consumir pouca quantidade de miúdos e embutidos, sempre adicionando couve na refeição (fonte de fibras e antioxidantes) e abacaxi, pois contém bromelina, enzima que auxilia na digestão.

Macarronada – Optar por uma preparação feita com massa integral, sem molhos brancos e queijos amarelos, podendo ser feita com um molho de tomate caseiro.

Sobremesas – Substituir o açúcar refinado por adoçantes naturais como o xilitol, ou ainda pelo açúcar mascavo ou demerara em pouca quantidade. Estes tipos de açúcares preservam os nutrientes e minerais, não passando pelo processo de refino.

A Dra. Nicole Finoquio atualiza informações diárias sobre o mundo da nutrição em seu Instagram: @nicolefinoquio

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais