Comida afetiva: Conheça mais sobre o Comfort Food!

Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem "carregados" em ingredientes, com os devidos cuidados, é possível manter uma dieta equilibrada sem, necessariamente, deixarmos de degustar esses momentos de prazer e bem-estar!
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem
Sabe aquela sensação nostálgica de saborear uma comida que logo remete à infância? Isso se chama Comfort Food! Apesar da maioria desses pratos serem

Sabe aquele prato que logo traz à mente, seja pelo cheirinho ou pela primeira garfada, aquela gostosa nostalgia afetiva das receitas da mãe ou da vó? Então, esse prazeroso momento gastrônomico tem nome: "Comfort Food". Contudo, apesar da sensação de bem-estar que esses pratos nos leva é preciso também ter moderação e consciência nutricional em seu consumo para podermos usufruir dos benefícios que uma "escapadinha" da dieta social pode gerar em nossa qualidade de vida.

Pode ser uma carne assada com ricota que sua avó preparava, o rosbife especial da mãe, ou, claro, prato doces, como rabanadas com açúcar e canela que comia na infância. Na verdade, pode ser qualquer prato que remeta a algum momento marcante ou pessoa querida.

A chef Lara Brittes explica que o conceito de Comfort Food é aplicado às comidas simples, fartas e que trazem memória gustativa. "Elas são capazes de elevar o ato fisiológico de comer a um estado de espírito, ou seja, são pratos que fazem sentir bem não apenas pela saciedade da fome", diz a profissional.

Assim, justamente por serem tão reconfortantes é que eles merecem atenção especial, já que a possibilidade de exagero é grande. Para a nutricionista funcional e esportiva Nicole Finoquio, o primeiro passo para evitar os exageros é identificar o gatilho responsável, afinal, a fome incontrolável de comer essa comida pode ter fundo emocional. Nicole explica que, ao parar para pensar e analisar os motivos desta "fome emocional", a pessoa será realmente capaz de evitar o exagero.

"Primeiramente, a alimentação saudável deve ser tratada como uma mudança permanente no estilo de vida e não como uma obrigação em seguir uma dieta. Logo, deve-se identificar se você está comendo por ''prazer''/'satisfação pessoal' ou, simplesmente, por fome real", sugere a nutricionista.

Substituições inteligentes para o comfort food

Nicole explica que uma estratégia fundamental para mudar o estilo de vida e evitar deslizes é realizar substituições inteligentes, demonstrando que não é preciso abrir mão de um prato preferido no processo de reeducação alimentar, basta adaptar os ingredientes. Ela dá alguns exemplos:

Feijoada – Optar por uma versão vegetariana, em que se adiciona o tofu (soja fermentada) em substituição aos miúdos, carnes e embutidos. Nesses casos, é interessante utilizar temperos naturais e, no caso de uma feijoada tradicional, escolher consumir pouca quantidade de miúdos e embutidos, sempre adicionando couve na refeição (fonte de fibras e antioxidantes) e abacaxi, pois contém bromelina, enzima que auxilia na digestão.

Macarronada – Optar por uma preparação feita com massa integral, sem molhos brancos e queijos, podendo ser feita com um molho de tomate caseiro.

Sobremesas – Substituir o açúcar refinado pelos adoçantes naturais stévia ou xilitol, ou ainda pelo açúcar mascavo ou demerara em pouca quantidade. Estes tipos de açúcares preservam os nutrientes e minerais, não passando pelo processo de refino.

A Dra. Nicole Finoquio atualiza informações diárias sobre o mundo da nutrição em seu Instagram: @nutrinicolefinoquio

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Os alimentos monossacarídeos e a sua importância no nosso dia a dia

Os alimentos monossacarídeos e a sua importância no nosso dia a dia Os alimentos monossacarídeos e a sua importância no nosso dia a dia

Os monossacarídeos, também conhecidos como carboidratos simples, estão presentes em frutas, legumes, cereais e funcionam como importantes fontes de energia....

> Leia mais
O que é gastrite nervosa e quais alimentos ajudam a aliviá-la

O que é gastrite nervosa e quais alimentos ajudam a aliviá-la O que é gastrite nervosa e quais alimentos ajudam a aliviá-la

Você já parou para pensar que as suas emoções podem afetar o seu organismo? A princípio isso pode soar um pouco estranho, mas é verdade! Gastrite nervosa,...

> Leia mais
Para que serve a cavalinha? Os benefícios dessa erva medicinal

Para que serve a cavalinha? Os benefícios dessa erva medicinal Para que serve a cavalinha? Os benefícios dessa erva medicinal

Saber informações sobre todas as plantas medicinais que podem fazer bem para a nossa saúde é praticamente impossível. Mas se você nunca ouvir falar da...

> Leia mais
Sente o estômago inchado? Saiba o que consumir para amenizar a dor

Sente o estômago inchado? Saiba o que consumir para amenizar a dor Sente o estômago inchado? Saiba o que consumir para amenizar a dor

A sensação de má digestão, inchaço ou queimação no estômago pode ser causada por diferentes fatores, sabia? Geralmente, quando a pessoa mantém hábitos...

> Leia mais
Como fazer chips de batata-doce para comer de snack

Como fazer chips de batata-doce para comer de snack Como fazer chips de batata-doce para comer de snack

Há diversos motivos para incrementar um poderoso tubérculo, como a batata-doce, no cardápio do dia a dia. Ela é dona de benefícios poderosos, como boas doses...

> Leia mais
Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles

Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles Nectarina é uma fruta cheia de benefícios! Conheça 6 deles

A nectarina, para quem não conhece, é uma variação do pêssego altamente nutritiva e saborosa. Ela é redonda, de pele lisa (sem pelos), tem caroço e, quando...

> Leia mais
O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento

O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento O que é a Hora do Planeta e como participar desse movimento

Criada em 2007, a Hora do Planeta é um movimento que visa mobilizar a sociedade contra o aquecimento global. Durante 60 minutos, em todo último sábado de...

> Leia mais
Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas

Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas Alimentação fit e saudável são a mesma coisa? Saiba as diferenças dessas dietas

Muitas pessoas vêm embarcando em uma nova onda de estilo de vida saudável, com uma alimentação restritiva e bem regrada. Mas será que todas as dietas que...

> Leia mais
Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la

Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la Capsaicina: para que serve? As suas vantagens e em quais alimentos encontrá-la

Sabe aqueles momentos em que você coloca pimenta demais na comida e depois usa alguns truques para diminuir a sua ardência? Então, tudo culpa de uma...

> Leia mais
Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente

Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente Qual carne tem mais proteína? Veja a lista e saiba as vantagens do nutriente

Pertencente ao universo dos macronutrientes - que fornecem energia ao corpo e devem ser consumidos em grande quantidade -, a proteína não pode faltar em...

> Leia mais