Leptina e grelina: entenda a relação desses hormônios com a obesidade

Leptina e grelina são hormônios responsáveis por regular o apetite e, em casos de obesidade, tendem a ficar em desequilíbrio no organismo
Leptina e grelina são hormônios responsáveis por regular o apetite e, em casos de obesidade, tendem a ficar em desequilíbrio no organismo
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional pela GANEP.

Você sabia que existem hormônios responsáveis por incentivar e inibir o nosso apetite? A leptina e a grelina, em especial, são substâncias que ajudam no controle da gordura corporal e precisam estar sempre em equilíbrio no organismo. Para entender melhor o funcionamento desses hormônios e sua relação com a obesidade, nós conversamos com a nutricionista Carine Rodrigues, que esclareceu vários pontos importantes.

Para começar, a nutricionista destaca que a obesidade, em muitos casos, pode desencadear problemas de saúde bem graves e, por isso, deve ser encarada com seriedade. "A obesidade é um distúrbio do metabolismo, sendo considerada um problema de saúde pública muito frequente nos dias atuais. O excesso de tecido adiposo, principalmente na região abdominal, está intimamente relacionado ao risco de desenvolvimento de doença arterial coronária, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e dislipidemias (problemas de colesterol alto). A maior parte dessas doenças está relacionada à ação do tecido adiposo como órgão endócrino, uma vez que os adipócitos (células que armazenam gorduras) sintetizam diversas substâncias que atuam no metabolismo e controle de diversos sistemas", explica a profissional.

Qual a função da leptina e grelina no organismo?

A leptina e a grelina são basicamente hormônios produzidos por células armazenadoras de gordura que cumprem função importante no controle da composição de gordura do corpo.

"Dentre as diversas substâncias sintetizadas pelos adipócitos, destaca-se a leptina, um peptídeo responsável pela saciedade, que desempenha um papel importante na regulação da ingestão alimentar e no gasto energético, gerando um aumento na queima de energia e diminuindo a ingestão alimentar. A grelina, ao contrário da leptina, é um hormônio que estimula o apetite, é produzido pelas células do estômago e está diretamente envolvida na regulação a curto prazo do balanço energético. Além disso, estimula a lipogênese (síntese de gorduras) e reduz a taxa metabólica", afirma Carine.

Obesidade pode criar um quadro de resistência à leptina

Sabe quando o corpo cria resistência a determinado hormônio ou substância? Isso ocorre, por exemplo, no caso da diabetes - em que o organismo acaba ficando resistente à insulina, o que dificulta (ou impossibilita) o metabolismo da glicose. De acordo com a nutricionista, no caso de pessoas obesas é possível que esse tipo de problema ocorra com outros hormônios. "O excesso de peso eleva os níveis plasmáticos de leptina, originando uma resistência à sua ação no organismo, acarretando em um desequilíbrio entre a ingestão de alimentos e o gasto energético. A perda de peso é capaz de restabelecer esse equilíbrio, melhorando a qualidade de vida dos indivíduos", explica.

Já a grelina, ao contrário do esperado, é encontrada em taxas menores em pessoas obesas. O que acontece é que, nesse caso, existe uma sensibilidade maior com relação à substância - levando em conta que a grelina, além de estimular o apetite, também cumpre papel importante na via de recompensa do cérebro (responsável por processar informações relacionadas à sensação de prazer e satisfação na hora de comer, por exemplo).

De acordo com a nutricionista, uma boa dica para se manter saudável e garantir equilíbrio às funções hormonais é dar preferência a comidas mais naturais sempre que possível. "Alimentos ricos em fibras, proteínas e gorduras boas contribuem para aumentar a saciedade e diminuir a ingestão de alimentos, auxiliando no controle de peso e gordura corporal", finaliza Carine.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais