Leptina e grelina: entenda a relação desses hormônios com a obesidade

Leptina e grelina são hormônios responsáveis por regular o apetite e, em casos de obesidade, tendem a ficar em desequilíbrio no organismo
Leptina e grelina são hormônios responsáveis por regular o apetite e, em casos de obesidade, tendem a ficar em desequilíbrio no organismo
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional pela GANEP.

Você sabia que existem hormônios responsáveis por incentivar e inibir o nosso apetite? A leptina e a grelina, em especial, são substâncias que ajudam no controle da gordura corporal e precisam estar sempre em equilíbrio no organismo. Para entender melhor o funcionamento desses hormônios e sua relação com a obesidade, nós conversamos com a nutricionista Carine Rodrigues, que esclareceu vários pontos importantes.

Para começar, a nutricionista destaca que a obesidade, em muitos casos, pode desencadear problemas de saúde bem graves e, por isso, deve ser encarada com seriedade. "A obesidade é um distúrbio do metabolismo, sendo considerada um problema de saúde pública muito frequente nos dias atuais. O excesso de tecido adiposo, principalmente na região abdominal, está intimamente relacionado ao risco de desenvolvimento de doença arterial coronária, hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e dislipidemias (problemas de colesterol alto). A maior parte dessas doenças está relacionada à ação do tecido adiposo como órgão endócrino, uma vez que os adipócitos (células que armazenam gorduras) sintetizam diversas substâncias que atuam no metabolismo e controle de diversos sistemas", explica a profissional.

Qual a função da leptina e grelina no organismo?

A leptina e a grelina são basicamente hormônios produzidos por células armazenadoras de gordura que cumprem função importante no controle da composição de gordura do corpo.

"Dentre as diversas substâncias sintetizadas pelos adipócitos, destaca-se a leptina, um peptídeo responsável pela saciedade, que desempenha um papel importante na regulação da ingestão alimentar e no gasto energético, gerando um aumento na queima de energia e diminuindo a ingestão alimentar. A grelina, ao contrário da leptina, é um hormônio que estimula o apetite, é produzido pelas células do estômago e está diretamente envolvida na regulação a curto prazo do balanço energético. Além disso, estimula a lipogênese (síntese de gorduras) e reduz a taxa metabólica", afirma Carine.

Obesidade pode criar um quadro de resistência à leptina

Sabe quando o corpo cria resistência a determinado hormônio ou substância? Isso ocorre, por exemplo, no caso da diabetes - em que o organismo acaba ficando resistente à insulina, o que dificulta (ou impossibilita) o metabolismo da glicose. De acordo com a nutricionista, no caso de pessoas obesas é possível que esse tipo de problema ocorra com outros hormônios. "O excesso de peso eleva os níveis plasmáticos de leptina, originando uma resistência à sua ação no organismo, acarretando em um desequilíbrio entre a ingestão de alimentos e o gasto energético. A perda de peso é capaz de restabelecer esse equilíbrio, melhorando a qualidade de vida dos indivíduos", explica.

Já a grelina, ao contrário do esperado, é encontrada em taxas menores em pessoas obesas. O que acontece é que, nesse caso, existe uma sensibilidade maior com relação à substância - levando em conta que a grelina, além de estimular o apetite, também cumpre papel importante na via de recompensa do cérebro (responsável por processar informações relacionadas à sensação de prazer e satisfação na hora de comer, por exemplo).

De acordo com a nutricionista, uma boa dica para se manter saudável e garantir equilíbrio às funções hormonais é dar preferência a comidas mais naturais sempre que possível. "Alimentos ricos em fibras, proteínas e gorduras boas contribuem para aumentar a saciedade e diminuir a ingestão de alimentos, auxiliando no controle de peso e gordura corporal", finaliza Carine.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico

Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico

Que tal preparar gengibre em conserva e se livrar daqueles enjoos matinais superchatos? Pois é! Se você sofre com náuseas logo no início do dia, algo não...

> Leia mais
As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos

As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos

Você já experimentou geleia de pera doce? E a versão salgada? Ambas as receitas são muito saborosas e nós trouxemos hoje opções para todos os gostos! A pera...

> Leia mais
É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista

É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista

Você provavelmente já ouviu alguém dizer que maçã abre o apetite, não é? Muito indicada para a rotina alimentar, a fruta é conhecida por seus diversos...

> Leia mais
Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece

Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece

Qual fruta com R você conhece? O universo dos alimentos orgânicos é extremamente amplo e muito curioso! Sempre descobrimos novos ingredientes inusitados para...

> Leia mais
O que é funcho e para que serve o seu chá

O que é funcho e para que serve o seu chá O que é funcho e para que serve o seu chá

Se você aprecia chás, é provável que você já tenha confundido o que é funcho com a famosa erva-doce em algum momento! Também conhecida como funcho-doce, essa...

> Leia mais
4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha

4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha 4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha

A rutabaga, que também é conhecida como nabo sueco ou couve-nabo, é uma raiz vegetal que possui uma grande quantidade de nutrientes que podem ser benéficos...

> Leia mais
Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural

Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural

Encontrado no gengibre fresco, o gingerol é uma substância de ação antioxidante que traz uma série de benefícios para o organismo. Ele é o responsável por...

> Leia mais
Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios

Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios

Você sabe o que é Nigella sativa? Também conhecido como cominho preto, a planta famosa por virar tempero faz parte de diversas receitas para uma alimentação...

> Leia mais
Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida

Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida

Você já deve ter pesquisado como tomar vinagre de maçã para emagrecer, certo? Afinal, dizem por aí que tomar uma colher de vinagre de maçã em jejum traz...

> Leia mais
8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia

8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia 8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia

Você conhece os alimentos que tiram o sono e são considerados os inimigos de quem sofre com insônia? Não sei se você já parou para pensar que a dificuldade...

> Leia mais