Dia Mundial do Diabetes: Saiba como prevenir a doença com uma boa alimentação

Uma boa alimentação, equilibrada e natural, é uma das melhores formas de combater o desenvolvimento do diabetes e equilibrar o Índice Glicêmico
Uma boa alimentação, equilibrada e natural, é uma das melhores formas de combater o desenvolvimento do diabetes e equilibrar o Índice Glicêmico

Além do Novembro Azul, campanha voltada para a prevenção do câncer de próstata, o penúltimo mês do ano também chama à atenção para os cuidados do diabetes. Seja por questões alimentares ou hereditárias, a doença precisa ser acompanhada desde a possibilidade de seu desenvolvimento. Por isso, saiba como um plano alimentar saudável pode ajudar a prevenir o diabetes.

Criado pela IDF, International Diabetes Federation (Federação Internacional de Diabetes) junto à Organização Mundial de Saúde (OMS), o dia 14 de Novembro é intitulado o "Dia Mundial de Diabetes" devido ao crescente número de casos da doença ao redor do mundo. Comemorado desde 2007, a campanha foi criada para de incentivar e fortalecer a prevenção e o controle dos Índices Glicêmicos, além de promover ações para reduzir os principais fatores de risco para o diabetes.

O diabetes e a alimentação: entenda como funciona essa relação

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a doença pode ser identificada por dois motivos: fatores genéticos (principalmente do diabetes tipo 1) e estilo de vida (causador, em grande maioria, do diabetes tipo 2).

"Estar acima do peso contribui para o risco do desenvolvimento do Tipo 2, e uma dieta hipercalórica, não importando a fonte das calorias, favorece o ganho dos quilinhos a mais. Uma das medidas para prevenir Diabetes Tipo 2 é reduzir o consumo de bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos e chás industrializados, além de energéticos", analisa a nutricionista, reiterando:

"Em uma garrafinha de 600ml de refrigerante, por exemplo, há entre 60 e 70 g de açúcar. Isso equivale a 13 pacotinhos de açúcar desses que a gente vê nas mesas de restaurante, ou a 1/3 de um copo de 200ml. É muito açúcar!", completa.

Alimentação para diabéticos: o que pode ou não comer?

Por isso, a nutricionista enfatiza que precisamos priorizar uma alimentação saudável, com os nutrientes necessários para manter o organismo nutrido e sadio. Evitando o consumo de gorduras "ruins", principalmente a saturada e trans, tendo controle da quantidade de sal e açúcar e preferindo alimentos integrais e mais naturais, como os cereais (aveia, trigo, arroz), vegetais (couve, brócolis, abóbora) e as frutas em geral (laranja, uva, morango):

"Fornecendo carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, minerais, fibras e água; promover a perda de peso gradual, manutenção do peso saudável e prevenção de ganho de peso. Enfatizar mudanças no estilo de vida, como redução de gorduras e ingestão energética. Além da prática de atividade física constante e, por fim, o contato regular com profissionais da área de saúde que poderão auxiliá-lo no tratamento adequado", analisa Sheila.

Os cuidados e a prevenção devem ser feitos desde os primeiros anos de vida

Se há o histórico familiar com pessoas portadoras da doença, é de suma importância que um plano alimentar seja organizado desde os primeiros anos de vida, uma vez que o diabetes também costuma a se desenvolver ainda na fase infantil. Já o tipo 2, pode aparecer a partir dos 40 anos, porém, traz consigo uma vida inteira de alimentação desregrada.

De acordo com o portal da campanha do Dia Mundial do Diabetes, a educação torna-se um fator significativo, já que é extremamente importante que os portadores da doença recebam informações de qualidades, ajustadas às necessidades para o tratamento de diabetes, ajudando assim a tomar decisões, baseadas nas informações, para mudar todo um comportamento alimentar.

"O papel dos educadores em diabetes é essencial, juntamente com a equipe multidisciplinar. O educador faz com que a pessoa com diabetes monitore sua saúde com escolhas e ações baseadas em julgamento vindo da informação", divulgou a entidade.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri

* Outras informações sobre a campanha podem ser conferidas no portal: http://www.diamundialdodiabetes.org.br/

Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Presente em uma série de mitos sobre a alimentação, o ovo é um alimento que costuma causar muita controvérsia entre os consumidores. Enquanto algumas pessoas...

> Leia mais
5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral 5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

Importante para a saúde dos ossos, nervos e músculos, o potássio é um mineral abundante e extremamente necessário para o nosso organismo. Quem sofre...

> Leia mais
Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais