Dia Mundial do Diabetes: Saiba como prevenir a doença com uma boa alimentação

Uma boa alimentação, equilibrada e natural, é uma das melhores formas de combater o desenvolvimento do diabetes e equilibrar o Índice Glicêmico
Uma boa alimentação, equilibrada e natural, é uma das melhores formas de combater o desenvolvimento do diabetes e equilibrar o Índice Glicêmico

Além do Novembro Azul, campanha voltada para a prevenção do câncer de próstata, o penúltimo mês do ano também chama à atenção para os cuidados do diabetes. Seja por questões alimentares ou hereditárias, a doença precisa ser acompanhada desde a possibilidade de seu desenvolvimento. Por isso, saiba como um plano alimentar saudável pode ajudar a prevenir o diabetes.

Criado pela IDF, International Diabetes Federation (Federação Internacional de Diabetes) junto à Organização Mundial de Saúde (OMS), o dia 14 de Novembro é intitulado o "Dia Mundial de Diabetes" devido ao crescente número de casos da doença ao redor do mundo. Comemorado desde 2007, a campanha foi criada para de incentivar e fortalecer a prevenção e o controle dos Índices Glicêmicos, além de promover ações para reduzir os principais fatores de risco para o diabetes.

O diabetes e a alimentação: entenda como funciona essa relação

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a doença pode ser identificada por dois motivos: fatores genéticos (principalmente do diabetes tipo 1) e estilo de vida (causador, em grande maioria, do diabetes tipo 2).

"Estar acima do peso contribui para o risco do desenvolvimento do Tipo 2, e uma dieta hipercalórica, não importando a fonte das calorias, favorece o ganho dos quilinhos a mais. Uma das medidas para prevenir Diabetes Tipo 2 é reduzir o consumo de bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos e chás industrializados, além de energéticos", analisa a nutricionista, reiterando:

"Em uma garrafinha de 600ml de refrigerante, por exemplo, há entre 60 e 70 g de açúcar. Isso equivale a 13 pacotinhos de açúcar desses que a gente vê nas mesas de restaurante, ou a 1/3 de um copo de 200ml. É muito açúcar!", completa.

Alimentação para diabéticos: o que pode ou não comer?

Por isso, a nutricionista enfatiza que precisamos priorizar uma alimentação saudável, com os nutrientes necessários para manter o organismo nutrido e sadio. Evitando o consumo de gorduras "ruins", principalmente a saturada e trans, tendo controle da quantidade de sal e açúcar e preferindo alimentos integrais e mais naturais, como os cereais (aveia, trigo, arroz), vegetais (couve, brócolis, abóbora) e as frutas em geral (laranja, uva, morango):

"Fornecendo carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, minerais, fibras e água; promover a perda de peso gradual, manutenção do peso saudável e prevenção de ganho de peso. Enfatizar mudanças no estilo de vida, como redução de gorduras e ingestão energética. Além da prática de atividade física constante e, por fim, o contato regular com profissionais da área de saúde que poderão auxiliá-lo no tratamento adequado", analisa Sheila.

Os cuidados e a prevenção devem ser feitos desde os primeiros anos de vida

Se há o histórico familiar com pessoas portadoras da doença, é de suma importância que um plano alimentar seja organizado desde os primeiros anos de vida, uma vez que o diabetes também costuma a se desenvolver ainda na fase infantil. Já o tipo 2, pode aparecer a partir dos 40 anos, porém, traz consigo uma vida inteira de alimentação desregrada.

De acordo com o portal da campanha do Dia Mundial do Diabetes, a educação torna-se um fator significativo, já que é extremamente importante que os portadores da doença recebam informações de qualidades, ajustadas às necessidades para o tratamento de diabetes, ajudando assim a tomar decisões, baseadas nas informações, para mudar todo um comportamento alimentar.

"O papel dos educadores em diabetes é essencial, juntamente com a equipe multidisciplinar. O educador faz com que a pessoa com diabetes monitore sua saúde com escolhas e ações baseadas em julgamento vindo da informação", divulgou a entidade.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A profissional disponibiliza sua página no Facebook para contato: Benvenutri

* Outras informações sobre a campanha podem ser conferidas no portal: http://www.diamundialdodiabetes.org.br/

Mais noticias com...
Receitas:
Arroz
Ver Mais

Últimas Matérias

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás 5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

Você já pensou em cultivar plantas medicinais em casa? Existem ervas que são fáceis de cuidar, rendem excelentes chás e também podem ser usadas como tempero....

> Leia mais
Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3 Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Apesar de associarmos o ômega 3 (substância importante para o cérebro e o coração) aos peixes como salmão, sardinha e atum, existem muitos outros alimentos...

> Leia mais
6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta 6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

O termo superalimento vem se popularizando cada vez mais entre pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Afinal, ele caracteriza uma série de...

> Leia mais
Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Você já ouviu falar no licopeno? Ele é um dos antioxidantes mais poderosos que existem e faz parte do grupo dos carotenoides (substâncias responsáveis pela...

> Leia mais
Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Muito usado em diferentes culinárias ao redor do mundo, o alho-poró é um ótimo tempero para massas, molhos, carnes, risotos, sopas e pratos diversos. Ele é...

> Leia mais
Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Uma das melhores partes da Páscoa é se deliciar com os pratos (receitas de peixes, como bacalhau, arroz colorido, carnes, massas e o que mais você preferir),...

> Leia mais
Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

A Páscoa é uma das épocas mais animadas e gostosas do ano, né? É o melhor momento para comer muitas trufas, bombons e, é claro, os famosos ovos de chocolate....

> Leia mais
4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia 4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

Você sabia que existem formas de preservar o corpo e a elasticidade da pele? É verdade que não há uma fórmula mágica para fugir do envelhecimento - afinal,...

> Leia mais
6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante 6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

Você já deve ter ouvido falar no potencial calmante do maracujá - alimento que ajuda a tranquilizar a mente e tratar problemas como a insônia, por exemplo....

> Leia mais
Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Muito usada na culinária vegana, a carne de jaca é uma ótima alternativa ao frango (até possui uma textura semelhante). Ela pode ser usada em receitas como...

> Leia mais