Fast-food saudável? Aprenda a substituir alimentos gordurosos por nutritivos

Combinar pão integral com salada é uma ótima forma de preparar um hambúrguer saudável
Combinar pão integral com salada é uma ótima forma de preparar um hambúrguer saudável

Produto recomendado

Farinha integral Taeq

Farinha integral Taeq

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Hambúrguer, batata frita, refrigerantes, pizza... São muitas opções irresistíveis de fast-food! Por isso, para a maioria das pessoas seguir uma alimentação saudável não é assim tão fácil se não houver muito foco e determinação - afinal, pelo menos no começo, todos esses lanches parecem muito mais apetitosos que uma salada.

Mas você sabia que é possível fazer algumas substituições que não tornem tão difícil assim dizer adeus a esse tipo de comida? Para te ajudar nessa missão, conversamos com a nutricionista Sheila Basso, que alertou sobre os malefícios do fast-food e deu ótimas dicas para preparar lanches nutritivos em casa.

Não é só questão de estética: fast-food em excesso faz mal para a saúde

Cortar o fast-food é uma das primeiras ações de quem começa uma dieta para perder peso. No entanto, não é só quem deseja perder alguns quilos que precisa se preocupar com esse tipo de alimento: independentemente das medidas do corpo, hambúrguer, batata frita e derivados devem ser consumidos com muita cautela por fazerem mal para a saúde. "Dentre os diversos malefícios que consumo excessivo desse tipo de alimentação traz, podemos listar hipertensão, diabetes, obesidade e colesterol alto", esclarece a nutricionista Sheila Basso.

Mas, apesar desse alerta já ser muito conhecido, a profissional aponta que muitas pessoas preferem continuar apostando no fast-food por conta da praticidade e do sabor que só esse tipo de comida tem. Por isso, para ficar mais fácil se despedir do lanche - ou, pelo menos, diminuir o consumo -, ela dá a dica de fazer substituições que vão deixar a refeição gostosa e nutritiva ao mesmo tempo.

Atenção redobrada com as crianças! Dica é fazer substituições que tornem a comida mais atraente

Se para um adulto já é difícil trocar o combo de hambúrguer com batata frita por uma salada, imagina para uma criança que já estava acostumada com esse tipo de lanche? Por isso, a dica de Sheila Basso é apostar em alimentos nutritivos que lembrem o fast-food que elas tanto gostam para que fique mais fácil fazer com que se alimentem bem e fiquem longe dos riscos que vêm junto com as refeições gordurosas e altamente calóricas. "Já pensou em oferecer para as crianças água com gás misturada às frutas no lugar do refrigerante? Ou batatas assadas crocantes ao invés de batata frita? Outra dica importante é também oferecer alimentos saudáveis de maneira divertida, como bolachas caseiras em forma de bichinhos ou espetinhos de frutas, por exemplo", recomenda.

De acordo com a nutricionista, é importante não fazer proibições - mas sim tentar alternativas mais saudáveis. "A pipoca, por exemplo, ao invés daquela preparada no micro-ondas, com todos os conservantes, pode ser a pipoca feita na panela, com pouco sal e óleo", diz.

Preparar o lanche em casa é a melhor maneira de fugir das opções pouco saudáveis

Assim como as crianças, adultos também devem apostar em substituições saudáveis e saborosas para ficarem bem longe do fast-food - e, para isso, o ideal é preparar os lanches na própria casa. A pizza, por exemplo, pode ser feita com farinha integral e ingredientes menos calóricos para que fique mais leve.

Já com o hambúrguer, uma das maiores tentações para quem quer seguir uma rotina saudável, Sheila Basso dá a receita ideal para que o lanche fique nutritivo e tão delicioso quanto um fast-food: "Escolha uma carne magra - como o patinho ou maminha, no caso da bovina. Para facilitar, compre a carne já moída. Pegue tempero, cebola, ovo e farinha de aveia. Misture-os com a carne e você já terá o hambúrguer pronto para ir ao fogo. Para fechar, acrescente salada, pão de hambúrguer integral, molho sem adição de açúcar e batatas rústicas assadas ou feitas em fritadeira elétrica", finaliza.

Viu como alimentação regrada não precisa ser sinônimo de sofrimento? Dessa forma, você consegue comer bem sem precisar dizer adeus a um lanche que gosta.

* Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)

Receitas:
Carne bovina
Ver Mais

Últimas Matérias

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás 5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

Você já pensou em cultivar plantas medicinais em casa? Existem ervas que são fáceis de cuidar, rendem excelentes chás e também podem ser usadas como tempero....

> Leia mais
Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3 Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Apesar de associarmos o ômega 3 (substância importante para o cérebro e o coração) aos peixes como salmão, sardinha e atum, existem muitos outros alimentos...

> Leia mais
6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta 6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

O termo superalimento vem se popularizando cada vez mais entre pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Afinal, ele caracteriza uma série de...

> Leia mais
Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Você já ouviu falar no licopeno? Ele é um dos antioxidantes mais poderosos que existem e faz parte do grupo dos carotenoides (substâncias responsáveis pela...

> Leia mais
Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Muito usado em diferentes culinárias ao redor do mundo, o alho-poró é um ótimo tempero para massas, molhos, carnes, risotos, sopas e pratos diversos. Ele é...

> Leia mais
Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Uma das melhores partes da Páscoa é se deliciar com os pratos (receitas de peixes, como bacalhau, arroz colorido, carnes, massas e o que mais você preferir),...

> Leia mais
Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

A Páscoa é uma das épocas mais animadas e gostosas do ano, né? É o melhor momento para comer muitas trufas, bombons e, é claro, os famosos ovos de chocolate....

> Leia mais
4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia 4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

Você sabia que existem formas de preservar o corpo e a elasticidade da pele? É verdade que não há uma fórmula mágica para fugir do envelhecimento - afinal,...

> Leia mais
6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante 6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

Você já deve ter ouvido falar no potencial calmante do maracujá - alimento que ajuda a tranquilizar a mente e tratar problemas como a insônia, por exemplo....

> Leia mais
Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Muito usada na culinária vegana, a carne de jaca é uma ótima alternativa ao frango (até possui uma textura semelhante). Ela pode ser usada em receitas como...

> Leia mais