Diga a verdade! Descubra 5 benefícios que a sinceridade traz para a nossa saúde

Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Que a verdade prevaleça! Segundo a ciência, quanto mais sincera é a pessoa, melhor é a sua qualidade de vida. Veja as razões!
Mariana Benitez Massari

Consultor:

Mariana Benitez Massari

Mariana Benitez Massari (CRP 05/45928) é formada em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pós-graduada em Neuropsicologia pela UNIARA e especialista em terapia cognitivo-comportamental

Tradicionalmente, o mês de abril começa com o dia da mentira. E, independente de datas, quem nunca tentou ou realmente precisou dizer uma mentirinha na vida? Seja na melhor ou na pior das intenções, as mais diversas situações da rotina, ocasiões e circunstâncias, levam muitas vezes a um caminho sem volta e de inevitáveis consequências. Por isso, o exercício de dizer a verdade, por mais que doa, deve ser habitual para quem busca paz interior, equilíbrio da mente e, claro, melhor qualidade de vida.

Dizer a verdade, embora seja considerada uma virtude, também é considerado um hábito de vida saudável. Cientificamente comprovado, quando somos sinceros com nós mesmos e com as pessoas ao nosso redor, proporcionamos um bem-estar físico e mental. Segundo a psicóloga Mariana Massari, é impossível viver à base de mentiras: "Acabamos vendo muito disso na clínica, a pessoa mente pra si mesmo para evitar desconfortos e dores, mas isso não faz com que a verdade desapareça e no final, é o próprio indivíduo o prejudicado com as mentiras", explica a profissional.

Consequências - Seja de forma imediata ou não, as mentiras trazem uma série de consequências ao organismo que vão desde o conhecidos "peso na consciência", estresse e até depressão, até a própria falta de identidade e autoconhecimento. Por isso, primeiramente, seja sincero com você. Veja, abaixo, como falar a verdade é benéfico para a vida!

5 vantagens de falar a verdade para a nossa saúde

1 - Libertador: Poder falar sem ter medo de desmentir algo já dito é uma forma de ser livre. "A verdade é capaz de nos libertar de amarras, mesmo que no primeiro momento ela possa causar dor, é uma dor que é passiva de tratamento. Nesses momentos, quando a verdade aparece, ela se torna uma força de mudança", analisa a psicóloga.

2 - Menos estresse para sua vida: Mentir gera um estresse desnecessário para sua vida, já que o nosso organismo se prepara para a defesa: "Ficamos alertas para evitar sermos descobertos e dependendo da mentira, esse estado pode perdurar", ressalta Mariana.

3 - Consciência tranquila: Mentir nos faz sentir culpa, principalmente quando envolve alguém que gostamos: "Normalmente são mentiras inocentes, que criamos para não magoar, ou para se justificar e isso pode deixar nossos pensamentos inquietos", completa a profissional.

4 - Melhora a memória: Quando falamos a verdade, nossa memória funciona de acordo com a nossa necessidade, sem forçar: "Quanto mais mentimos, mais precisamos mentir, isso demanda organização, memória e atenção, muitos recursos, inclusive os cognitivos. E quanto maior o esforço cognitivo, mais há desgaste psicológico, que pode levar à depressão, ansiedade exacerbada, etc", ressalta Mariana.

5 - Mais qualidade de vida: Falar a verdade permite ser quem você realmente é, sem medo de falar algo que te comprometa ou que te desminta. Torna os seus dias mais leves, sem estresses desnecessários ou tensões. Além disso, "mentira tem perna curta", ou seja, um dia ou outro, a verdade pode aparecer e causar uma situação desagradável.

A história das brincadeiras do dia 1º de abril

O dia da mentira surgiu no início do século XVI, na França. Nessa época o ano novo se iniciava no dia 25 de março, data que marca o começo da primavera e como de costume, havia troca de presentes e felicitações. Porém, em 1564, o Papa decretou que o ano novo cristão se iniciaria no dia 1º de janeiro, como é até hoje, fazendo com que alguns franceses resistissem à mudança. Essas pessoas consideradas conservadoras, passaram a ser chamadas de "bobos de abril" e eram ridicularizados com brincadeiras nessa data (convites para festas inexistentes e falsos presentes). A prática se espalhou pelo mundo inteiro, começando pela Inglaterra (quase 200 anos depois do ocorrido) e até hoje o dia 1º de abril é comemorado ao redor do mundo.

"A verdade é que a mentira pode até parecer uma solução do curto prazo, mas a longo prazo, trará mais problemas!", finaliza a psicóloga.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais