Força na mente: Descubra 5 esportes que trabalham o nosso equilíbrio emocional

Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.
Sempre ligados à força física, alguns esportes trabalham intensamente com a nossa capacidade mental. Por isso, além da performance corporal, eles ajudam a desenvolver a inteligência de forma saudável, prazerosa e natural. Veja algumas dessas práticas e como elas agem em nossas funções intelectuais.

Quando falamos em esportes, geralmente ligamos essas atividades à força física. Vencer os limites do corpo é o que destingue um campeão de um mero competidor. Contudo, há certas modalidades que o principal não é a capacidade atlética e sim intelectual. Jogos que envolvem estratégias, autoconfiança, controle emocional e equilibrío mental ajudam no desenvolvimento do cérebro e também colaboram para o nosso bem-estar e qualidade de vida. Veja alguns desses esportes e as suas vantagens!

Para que o corpo funcione bem, nosso cérebro precisa também estar em sua plenitude. Cada vez mais, a ciência esportiva comprova que esportes que fortalecem mais as nossas funções cognitivas, são mais completos e geram melhor performance nos atletas, pois trabalham, além da capacidade física, com a atenção, a percepção e memória. Segundo a professora de educação física, Laura Castro Garay, a prática regular de determinadas atividades nos proporciona saúde e bem-estar, tanto para o corpo como para a mente:

"A memória não é uma entidade que funciona de forma única. Ela é um conjunto de habilidades manipuladas por um cérebro que trabalham de modo independente, porém, de forma cooperada. Realizar esportes auxilia na melhora do desempenho seja na concentração, na elaboração de táticas, ajudando a raciocinar mais rápido e eficiente", explica a profissional, reiterando:

"As atividades físicas moderadas e leves, em particular aeróbicas, caminhadas e corridas, contribuem para o retardamento de declínios de função, alívio da tensão ou estresse, reduzindo os transtornos depressivos. As atividades auxiliam na gerência de desordens. Elas contribuem para outros mecanismos relacionados ao sistema cognitivo, são eles: induz um aumento na circulação cerebral e melhor oxigenação; liberação de neurotransmissores; melhoria de alguns núcleos psicológicos (bom humor e auto percepção)", destaca a professora que também indicou as atividades que contribuem para essas melhorias:

Veja 5 esportes que ajudam a fortalecer a mente

- Tai chi chuan: Também chamado de yoga chinês, essa prática exige equilíbrio, mentalização e percepção. O Tai Chi ocasiona um impacto no sistema nervoso central, a longo prazo.

- Judô e Karatê: Esses esportes trabalham muito a disciplina. São individuais e altamente técnicos. Não é sempre o mais forte vence, afinal a concentração e a mentalização são importantes trunfos na prática dessas modalidades.

- Treinamento em circuito: Exige muito da memória, atenção e aprendizagem motora.

- Treino funcional: Integração do sistema nervoso central, sistema motor e vestibular. Precisão, atenção e equilibrío são fundamentais para a sua prática.

- Atletismo: Desenvolve a precisão na tarefa através dos "estímulos dominantes" que iniciam desde a preparação do atleta (treinamento físico) até antes do início da prova (psicológico, emocional e atenção) e sua realização (desempenho e concentração). Os "estímulos" garantem ao atleta a realização da tarefa com precisão para o sucesso na realização das provas.

Vale ressaltar que toda atividade física deve ser guiada por um profissional da área e acompanhada de uma boa alimentação, afinal, para obter bons resultados necessitamos de nutrientes para o bom funcionamento do nosso organismo.

* A professora Laura Castro de Garay é CAO na goTeach - Instituição Educacional de Cursos de Educação Física e PhD. em Biodinâmica do Movimento e Desporto (UNICAMP/Portugal).

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada Comer ovo todo dia faz mal? Descubra qual a quantidade indicada

Presente em uma série de mitos sobre a alimentação, o ovo é um alimento que costuma causar muita controvérsia entre os consumidores. Enquanto algumas pessoas...

> Leia mais
5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral 5 frutas com potássio que são boas fontes do mineral

Importante para a saúde dos ossos, nervos e músculos, o potássio é um mineral abundante e extremamente necessário para o nosso organismo. Quem sofre...

> Leia mais
Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais