É 1º de abril: verdade ou mentira? Veja 10 mitos sobre a nossa alimentação

É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas "lendas", nada melhor do que a verdade!
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas
É dia da mentira!? Não, senhor... Apesar de estudos e pesquisas da área nutricional apontarem diversos fatores para a nossa melhor alimentação, os mitos e crenças de senso comum ainda são muito fortes nos hábitos alimentares das pessoas. Para dismitificar algumas dessas

Apesar de hoje ser 1º de abril, com o que comemos não se brinca! Conhecido como o "Dia da Mentira", a data é, tradicionalmente, motivo de se "pregar peça" em alguém, contudo, quando falamos em alimentação, diversos mitos e crenças do senso comum atrapalham e muito a evolução das dietas e a qualidade de nossa reeducação alimentar. Por isso, sem falácias, vamos apresentar 10 mentiras tratadas como verdades em relação à alimentação, que a nutricionista Thalita Pedroza nos preparou. Veja!

As 10 mentiras mais comuns em relação à alimentação

1. Abacate engorda: Rico em vitaminas A, E, C e B6 e em fibras, o abacate confere maior saciedade, o que leva a pessoa a comer em menor quantidade. Além disso, por ser fonte de gorduras boas, com ação anti-inflamatória, ele auxilia no emagrecimento."Incluir uma porção no café ou lanche da manhã melhora significativamente a vontade de comer doces no final da tarde", aconselha a profissional.

2. Comer carboidrato à noite engorda: A ideia é escolher carboidratos complexos e ricos em fibras, como batata doce, inhame, arroz integral, dentre outros. Devemos adequar a quantidade e o tipo de carboidrato de acordo com a rotina e nível de atividade física que pessoa pratica. "Portanto, se você faz algum esporte à noite, por que não consumir uma porção de carboidratos de qualidade nesse período?", indaga a nutricionista.

3. Refrigerante diet faz bem: Segundo Thalita, os refrigerantes diet contém uma quantidade excessiva de sódio, além das outras substâncias artificiais nada benéficas para nossa saúde, colaborando para o inchaço e para doenças cardiovasculares. Por isso, evite.

4. Contar calorias é o certo a fazer: O certo e mais importante é se atentar para a qualidade (nutrientes) e combinação dos alimentos, e não suas calorias. "Muitas vezes o alimento contém pouquíssimas calorias, porém é pobre em nutrientes, o que não vai contribuir em nada para a saúde como um todo", explicou a especialista.

5. Frutas podem ser consumidas à vontade: As frutas são ricas em carboidratos (frutose), o que não é prejudicial à saúde e emagrecimento, desde que consumidas nas quantidades adequadas. "Preferir frutas com baixo índice glicêmico é uma estratégia. Mas e as que tem um índice glicêmico maior, pode? É só saber modular isso adicionando fontes de fibras, como farelo de aveia, por exemplo", indaga.

6. Ovo aumenta o colesterol: Esse alimento é muito nutritivo, rico em vitaminas e minerais, como ácido fólico, B12, vitaminas do complexo B, vitamina D, A, triptofano, dentre outros. "O que vai influenciar no colesterol é a maneira como o ovo é feito e a microbiota intestinal, que deve estar sempre em equilíbrio", salienta a Dra. Thalita.

7. Açaí engorda: A polpa do açaí é rica em vitamina E (ação antioxidante e anti-inflamatória), magnésio, potássio, dentre outros. A antocianina presente no açaí previne doenças como o câncer e as cardiovasculares, como infarto ou derrame. O que engorda então? "O xarope de guaraná adicionado a ele. O que fazer para adoçar? Bata a polpa com uma fruta mais doce, como a banana, ou mel. Tomar açaí antes de treinar é maravilhoso, pois confere energia!", destaca.

8. Todas as barrinhas de cereal são boas: Algumas barrinhas não são nada saudáveis, pois contem grande quantidade de açúcar em sua composição, e outras substâncias que só vão contribuir para o ganho de gordura corporal, compulsão alimentar, etc. "Devemos sempre ler os rótulos para não cair em armadilhas. O primeiro ingrediente do produto é o que vem em maior quantidade, portanto, observe sempre." indica a nutricionista.

9. Adoçante é melhor do que açúcar: O organismo não diferencia açúcar de adoçante, o que pode estimular a produção de insulina pelo pâncreas e, quanto maior for essa produção, maior será o acúmulo de gordura. Além disso, adoçantes artificiais como o aspartame, são tóxicos para o organismo, podendo ocasionar dor de cabeça e mau humor. "Se quiser consumir adoçantes, prefira os naturais, como stevia, e procure um nutricionista", aconselha a profissional.

10. Cortando totalmente gordura, emagreço: As gorduras são essenciais para o funcionamento adequado do organismo. Precisamos delas para a produção adequada de hormônios. "Existem alimentos fontes de gorduras boas que podem fazer parte de um plano alimentar equilibrado, como oleaginosas, abacate, sardinha, etc", enfatiza a nutricionista, reiterando: "Além disso, quando cortamos totalmente um grupo de alimentos da nossa rotina, a tendência é que a gente compense com outro. Já as gorduras trans, essas sim devem ser evitadas!", finaliza.

Receitas:
Açaí
Ver Mais

Últimas Matérias

Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Como aumentar hemoglobina com a alimentação Como aumentar hemoglobina com a alimentação

Você sabe o que é hemoglobina? Essa proteína está dentro dos nossos glóbulos vermelhos e é a responsável pela cor do nosso sangue. Considerada...

> Leia mais
Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Montar uma dieta para quem tem gastrite pode ser um pouco desafiador - afinal, é necessário cortar alimentos muito ácidos, gordurosos, frituras e outros que...

> Leia mais
5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia 5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

Para ter uma dieta rica em ferro é muito importante incluir ingredientes específicos no cardápio - como carnes (principalmente miúdos), leguminosas e...

> Leia mais
Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

A cana-da-índia ou canna indica é um tipo de PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) existente em várias versões - com flores amarelas, avermelhadas,...

> Leia mais
O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais