Dieta ou Reeducação Alimentar: Qual o melhor caminho para mudar sua alimentação?

Apesar de parecidos e muitas pessoas ligarem uma à outra, os conceitos de dietas e reeducação alimentar possuem diferenças importantes. Enquanto as dietas são vistas como tratamentos imediatistas, a reeducação alimentar é um planejamento mais elaborado e duradouro. Veja a opinião profissional sobre as duas ações e qual é o melhor procedimento a se tomar em nossa alimentação.
Apesar de parecidos e muitas pessoas ligarem uma à outra, os conceitos de dietas e reeducação alimentar possuem diferenças importantes. Enquanto as dietas são vistas como tratamentos imediatistas, a reeducação alimentar é um planejamento mais elaborado e duradouro. Veja a opinião profissional sobre as duas ações e qual é o melhor procedimento a se tomar em nossa alimentação.

Um novo ano se aproxima e junto com ele vêm novas oportunidades para conquistar sua saúde e bem-estar! É hora de planejar, principalmente, mudanças de atitude e nos hábitos da vida, que passam, sobretudo, na qualidade de nossa alimentação. Para isso, uma dúvida é corriqueira: o que é melhor: começar uma nova dieta ou investir na reeducação alimentar? Apesar dos conceitos serem bem próximos eles possuem diferenças. Entenda!

Um dos principais aspectos que diferencia a reeducação alimentar da dieta está no tempo. Enquanto a primeira deve ser mantida a longo prazo, regulada, aos poucos, aos sinais de apetite e saciedade, além do nível de energia, as dietas - como, por exemplo, a Dukan - prometem efeitos a curto prazo em um conjunto de hábitos alimentares que um indivíduo adquire e que podem ser saudáveis ou não, como explica a nutricionista Daniella Chein.

"A dieta é restritiva, ou seja, um regime prescrito com restrição total ou parcial de certos alimentos ou grupo de alimentos, e sempre com finalidade terapêutica, como diminuir taxas de colesterol, reduzir peso, aumentar massa muscular, ou ainda para pessoas que, por outros motivos, não podem consumir algum nutriente. Já a reeducação alimentar é o processo de conscientização e mudança de hábitos alimentares de forma gradativa, entendendo onde estão os erros alimentares, as consequências deles, para saber o que é necessário alterar para poder prevenir, recuperar e promover a saúde", explica a especialista, analisando qual é o melhor procedimento:

"Sem a menor dúvida, a reeducação alimentar. É necessário aprender como se alimentar da melhor maneira, mesmo nos casos de alimentação restritiva. É preciso entender o valor de cada alimento, a quantidade de vezes que se deve comer, a quantidade certa desses alimentos e as horas corretas das refeições. Não é preciso passar vontades e nem fome para se manter saudável e esteticamente bonito! O segredo é o equilíbrio", finaliza.

Considerações sobre as dietas


A dieta ideal deve evitar envelhecimento precoce do organismo, ela precisa dar uma sensação de bem estar, energia e leveza. Quando se faz um regime drástico, o corpo entra em desequilíbrio e por mais que muitos se adaptem a esse tipo de regime, ninguém consegue permanecer com essa alimentação por muito tempo.

Por essas razões fazer dietas tem seus prós e contras. Nas dietas para perder peso, por exemplo, se por um lado a pessoa fica instigada a atingir uma meta em um determinado prazo, por outro, depois de atingida a meta e passado o prazo, muitos voltam a engordar e recuperam tudo o que haviam perdido ou até mais. Essa possibilidade não existe quando falamos de reeducação alimentar.


Considerações sobre a reeducação alimentar

É importante salientar que os resultados de uma reeducação alimentar não aparecem de imediato, e sim ao longo do tempo, e que hábitos conquistados devem ser levador para o resto da vida. O papel dela não é privar você de nenhum alimento, e sim ensinar a comer de forma correta. Isso exige persistência e dedicação, já que engloba quantidades, combinações e horários, até que se torne um hábito natural.

* Daniella Chein (CRN 2003100646) é formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett e atua no Rio de Janeiro.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas Vitaminas K1, K2 e K3: as diferenças e semelhanças entre elas

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo. O complexo K, em...

> Leia mais
Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta Suco de graviola: 6 receitas refrescantes e nutritivas com a fruta

Preparar sucos naturais é uma ótima alternativa para refrescar nos dias mais quentes e manter o corpo hidratado. E, para variar no cardápio de bebidas, que...

> Leia mais
Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa Como comemorar o Dia dos Pais de forma criativa sem sair de casa

Tem coisa melhor que passar o Dia dos Pais junto com a família contando histórias, comendo, fazendo jogos e brincadeiras? A melhor parte é que nem é preciso...

> Leia mais
Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo Os nutrientes do eryngui e como preparar esse cogumelo

Usar cogumelos para incrementar receitas veganas ou vegetarianas é sempre uma boa opção. Afinal, eles acrescentam muito em termos nutricionais e agregam mais...

> Leia mais
Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo Mozarela de búfala tem lactose? Saiba tudo sobre esse queijo

Você sabia que a mozarela de búfala é um dos tipos de queijos brancos mais consumidos do mundo? Conhecida pela sua textura cremosa e suculenta, ela tem como...

> Leia mais
Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos Macarrão sem farinha de trigo: 4 opções ótimas para celíacos

Você sabia que é possível preparar receitas de macarrão sem necessariamente usar farinha de trigo? Quem é celíaco, por exemplo, deve passar longe de pratos...

> Leia mais
6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora 6 lanches veganos supernutritivos para comer a qualquer hora

Às vezes pode parecer difícil seguir uma dieta vegana e ter tempo para preparar lanches sem ingredientes de origem animal durante a correria do dia a dia....

> Leia mais
O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas O que é sagu? Conheça a fécula muito usada no preparo de sobremesas gaúchas

Se você gosta de experimentar comidas típicas de diferentes regiões do Brasil, é bem provável que já conheça o sagu - uma sobremesa feita com vinho tinto...

> Leia mais
Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação Pimenta-rosa: 5 benefícios dessa planta brasileira na sua alimentação

Fruto da aroeira-vermelha, a pimenta-rosa é uma planta brasileira de ardência leve, sabor adocicado e aparência delicada. Mas além de características e...

> Leia mais
4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas 4 receitas com coco ralado fresco que são supernutritivas

Considerado um superalimento, o coco é uma fruta das frutas mais nutritivas que existe. Ele é rico em minerais importantes como cálcio, magnésio, cobre,...

> Leia mais