Dieta ou Reeducação Alimentar: Qual o melhor caminho para mudar sua alimentação?

Apesar de parecidos e muitas pessoas ligarem uma à outra, os conceitos de dietas e reeducação alimentar possuem diferenças importantes. Enquanto as dietas são vistas como tratamentos imediatistas, a reeducação alimentar é um planejamento mais elaborado e duradouro. Veja a opinião profissional sobre as duas ações e qual é o melhor procedimento a se tomar em nossa alimentação.
Apesar de parecidos e muitas pessoas ligarem uma à outra, os conceitos de dietas e reeducação alimentar possuem diferenças importantes. Enquanto as dietas são vistas como tratamentos imediatistas, a reeducação alimentar é um planejamento mais elaborado e duradouro. Veja a opinião profissional sobre as duas ações e qual é o melhor procedimento a se tomar em nossa alimentação.
Daniella Chein

Consultor:

Daniella Chein

Formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett, atualmente atua como coach e faz acompanhamento nutricional à distância

Um novo ano se aproxima e junto com ele vêm novas oportunidades para conquistar sua saúde e bem-estar! É hora de planejar, principalmente, mudanças de atitude e nos hábitos da vida, que passam, sobretudo, na qualidade de nossa alimentação. Para isso, uma dúvida é corriqueira: o que é melhor: começar uma nova dieta ou investir na reeducação alimentar? Apesar dos conceitos serem bem próximos eles possuem diferenças. Entenda!

Um dos principais aspectos que diferencia a reeducação alimentar da dieta está no tempo. Enquanto a primeira deve ser mantida a longo prazo, regulada, aos poucos, aos sinais de apetite e saciedade, além do nível de energia, as dietas - como, por exemplo, a Dukan - prometem efeitos a curto prazo em um conjunto de hábitos alimentares que um indivíduo adquire e que podem ser saudáveis ou não, como explica a nutricionista Daniella Chein.

"A dieta é restritiva, ou seja, um regime prescrito com restrição total ou parcial de certos alimentos ou grupo de alimentos, e sempre com finalidade terapêutica, como diminuir taxas de colesterol, reduzir peso, aumentar massa muscular, ou ainda para pessoas que, por outros motivos, não podem consumir algum nutriente. Já a reeducação alimentar é o processo de conscientização e mudança de hábitos alimentares de forma gradativa, entendendo onde estão os erros alimentares, as consequências deles, para saber o que é necessário alterar para poder prevenir, recuperar e promover a saúde", explica a especialista, analisando qual é o melhor procedimento:

"Sem a menor dúvida, a reeducação alimentar. É necessário aprender como se alimentar da melhor maneira, mesmo nos casos de alimentação restritiva. É preciso entender o valor de cada alimento, a quantidade de vezes que se deve comer, a quantidade certa desses alimentos e as horas corretas das refeições. Não é preciso passar vontades e nem fome para se manter saudável e esteticamente bonito! O segredo é o equilíbrio", finaliza.

Considerações sobre as dietas

A dieta ideal deve evitar envelhecimento precoce do organismo, ela precisa dar uma sensação de bem estar, energia e leveza. Quando se faz um regime drástico, o corpo entra em desequilíbrio e por mais que muitos se adaptem a esse tipo de regime, ninguém consegue permanecer com essa alimentação por muito tempo.

Por essas razões fazer dietas tem seus prós e contras. Nas dietas para perder peso, por exemplo, se por um lado a pessoa fica instigada a atingir uma meta em um determinado prazo, por outro, depois de atingida a meta e passado o prazo, muitos voltam a engordar e recuperam tudo o que haviam perdido ou até mais. Essa possibilidade não existe quando falamos de reeducação alimentar.

Considerações sobre a reeducação alimentar

É importante salientar que os resultados de uma reeducação alimentar não aparecem de imediato, e sim ao longo do tempo, e que hábitos conquistados devem ser levados para o resto da vida. O papel dela não é privar você de nenhum alimento, e sim ensinar a comer de forma correta. Isso exige persistência e dedicação, já que engloba quantidades, combinações e horários, até que se torne um hábito natural.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Café faz bem: 5 benefícios da bebida Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais