Reeducação alimentar: A velejadora Isabel Swan revela sua dieta para emagrecer

<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
Café de atleta: Isabel Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>
<p><strong>Café de atleta:</strong> Isabel <span>Swan revela os segredos de sua alimentação; precisa perder três quilos e disputar os Jogos Olimpicos em 2016.</span></p>
<p></p>

A fome de vencer alimenta todo campeão. Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2008, a velejadora Isabel Swan corre contra o tempo e, principalmente, contra a balança para emagrecer de forma saudável e buscar mais conquistas na próxima Olimpíada, no Rio de Janeiro, em 2016. Para atingir esse objetivo, a atleta, que mudou de classe a partir desse segundo semestre, aderiu uma nova dieta para perder peso e melhorar ainda mais o seu desempenho esportivo. O "Conquiste sua vida" monta para você o novo cardápio de Isabel Swan, mostrando o que um atleta de alto rendimento deve incorporar em suas refeições diárias!


Aos 31 anos, Isabel trocará a classe "470" pela "nacra", categoria estreante em Olimpíadas e que é disputada por tripulação mista. Atualmente com 71 kg, ela precisa atingir, pelo menos, 68 kg, até o início das competições. Para isso, há dois meses, a atleta iniciou uma dieta de reeducação alimentar, orientada pela nutricionista do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Renata Parra. Nesse regime, o consumo de carboidratos é restringido, aumentando, sobretudo alimentos ricos em fibras, além da inserção de suplementos alimentares. Renata explica como foi elaborada essa alimentação.

"Ela precisa perder peso, mas, como se trata de uma atleta de alto rendimento, não pode deixar interferir o seu desempenho, pelo contrário. Hoje ela está com 71 kg e a projeção é que ela chegue a 68 kg, para competir nessa nova classe. Para isso, cortamos muito o consumo de carboidratos e enriquecemos com alimentos rico em fibras, com uma dieta moderada e regulada as suas necessidades de cada refeição, antes e depois das suas atividades físicas", disse a nutricionista, afirmando, contudo, que Isabel não deverá ter dificuldades para atingir a meta de peso.

"O grande problema de dietas para atletas é o fim de semana, onde, na maioria das vezes, eles não treinam e quebram um pouco a rotina do organismo, e acabam comendo outras coisas. Estamos elaborando essa alimentação com mais calma, de forma gradual, para que ela se adapte com mais tranquilidade. Ela não terá problemas em conseguir chegar a esse peso. Em média, essa dieta, feita de forma regulada, faz perder de 1 a 2 kg em um mês e ela, sem muitos problemas, já perdeu 1 kg", destacou a profissional.

Foco nos jogos: Mudança de hábitos alimentares


Focada na classificação para os Jogos Olímpicos, Isabel sabe que precisa passar por mudanças, sobretudo, em seus hábitos alimentares. Apesar das dificuldades iniciais, ela garante que chegará ao peso ideal e que brigará pela vaga olímpica. "Tenho que emagrecer para poder competir. Não é fácil. É uma adaptação que altera todo o meu condicionamento. Às vezes sinto-me mais cansada do que habitualmente, ou tenho mais fome que o normal, mas sei que é para o meu melhor desempenho. Quero chegar no melhor da forma para poder render bem nessa nova classe", disse a atleta.

Confira a nova dieta de Isabel Swan:


- Café da manhã
(Desjejum antes do treino):

Opção 1: Suco verde ou suco de hibisco ou de melancia com beterraba. Pão integral (1 a 2 fatias) ou Tapioca (1 unidade média) com ovo mexido (1 ovo + 2 claras) ou queijo branco (2 fatias médias) + leite de soja ou de arroz (200 ml) com suplemento com canela.

Opção 2: Frutas (1 porção: 1 banana ou 5 morangos ou ½ mamão papaia + Semente de chia) Pão de forma integral. 1 fatia torrada com pasta de amendoim + mel ou melado. Café preto (até 100 ml).

Opção 3: Smothie: Fazer com água de coco ou o suco de sua preferência ou chá de hibisco ou leite de cereais (300 ml) + 2 opções de fruta apenas + folhas à vontade + cenoura ou beterraba + 2 castanhas do pará ou 5 amêndoas ou 3 nozes + Mel ou melado + suplemento alimentar.

- Lanche pós-treino: Shake com suplemento alimentar + 200 ml água. Fruta (1 porção de sua preferência) + Barrinha de cereal. Se for demorar para almoçar: Batata doce ou aipim cozido + 1 ovo cozido ou Sanduíche de pão integral com cottage e geleia.

- Almoço: Proteína: Carne ou frango ou peixe (grelhados, cozidos ou assados). Se for carne vermelha, consumir um pedaço menor. 2 claras de ovo cozidas ou 3 ovos de codorna.

Acompanhamento: Ervilha, feijão, lentilha, grão-de-bico ou vegetal C. Macarrão integral ,com molho de tomate ou no azeite) Para a salada: Alface, agrião, rúcula, espinafre, tomate, pimentão, repolho, palmito, broto de alfafa, broto de feijão, cenoura, beterraba. Para o tempero: azeite extravirgem e vinagre (opcional)

Sobremesa: 1 porção de fruta

Bebida: Não beber nada durante as refeições, após pode água, água de coco, suco natural ou suco de uva integral

- Lanche durante o treino: Isotônicos, frutas secas ou barrinha de cereais de frutas.

- Lanche pós-treinos: Sanduíche ou tapioca (com ovo mexido ou cottage) + geleia ou pasta de amendoim e mel.

- Jantar:
Opção 1:
As mesmas opções do almoço, mas sem o carboidrato.

Opção 2:
Omelete de claras + meia lata de atum sólido light ou 3 colheres de sopa de frango desfiado. Pode colocar 1 colher de sopa do cottage / pasta de soja ou peixe / peito de frango. Acompanhamento: Salada crua e legumes cozidos (colocar pelo menos 4 tipos) ou sopa de legumes (ideal ter apenas 1 tipo de carboidrato (batata, inhame, aipim, macarrão).

- Ceia (opcional):
Leite de soja ou de arroz (200 ml) + suplemento alimentar e canela. 2 castanhas do pará ou 5 amêndoas ou 3 nozes.

OBS:
Em dias que não treina, Isabel faz dois lanches à tarde e o jantar à base de frutas e oleaginosas, ou com os mesmos alimentos com as opções do desjejum.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Nada mais gostoso que um suco de maracujá para relaxar, não é mesmo? A fruta é famosa pelo seu sabor inigualável e suas propriedades calmantes. Mas o que...

> Leia mais
Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

A pitaya é uma fruta deliciosa e ainda pouco conhecida por muita gente. Apelidada de "fruta do dragão", por suas cores diferentes e chamativas e seu aspecto...

> Leia mais
Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Ao ler o nome oca talvez você pense que estamos falando sobre a moradia tradicional indígena, mas não! Também conhecida como oca do Peru, esse tubérculo é...

> Leia mais
Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você provavelmente já passou por ele sem nem perceber várias vezes. Isso porque esse ingrediente se disfarça sob várias "identidades": realçador de sabor,...

> Leia mais
Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais