Como funciona a dieta sirtfood? Nutricionista explica se ela é indicada

A dieta sirtfood tem uma proposta mais drástica para o controle das calorias ingeridas, havendo o consumo de suco verde e alimentos específicos
A dieta sirtfood tem uma proposta mais drástica para o controle das calorias ingeridas, havendo o consumo de suco verde e alimentos específicos
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

Você já deve ter ouvido falar em dietas restritivas que prometem uma queima calórica mais rápida e fácil. Mas será que esses métodos realmente são indicados e trazem benefícios? A dieta sirtfood, em especial, propõe um controle drástico da quantidade de calorias consumidas por dia e se diferencia por incluir vinho tinto e chocolate amargo no cardápio. Para entender melhor como esse tipo de dieta funciona e se ela é (ou não) indicada, nós conversamos com a nutricionista Adriana Ávila, que esclareceu vários pontos importantes. Vale a pena conferir!

Dieta sirtfood: o que é e qual seu principal objetivo

De acordo com a nutricionista Adriana Ávila, o objetivo principal da dieta sirtfood é fazer com que o corpo passe a queimar gordura - o que pode ser feito através de um planejamento detalhado dos alimentos a serem consumidos. "Essa dieta foi pesquisada em camundongos e tem o seguinte fundamento: quando se restringe calorias ou se pratica o jejum, há a ativação do chamado 'gene magro', o gene da sirtuina. Com a ativação deste gene, o corpo para de armazenar gordura e começa a queimá-la para obter energia, promovendo então o emagrecimento", explica.

"Os idealizadores dessa dieta também falam que os alimentos 'sirt', que fazem parte da dieta, ativam o gene sirtuin sem precisar fazer jejum. Estamos falando de incluir o vinho tinto, chocolate com 85% de cacau, azeite de oliva extravirgem, couve, nozes, café, rúcula, salsão, cebola, alho, soja, salsa, chá verde matcha, tâmaras, radicchio, amoras, alcaparras, trigo sarraceno, açafrão e morangos", destaca a profissional.

Como funciona a dieta sirtfood?

Assim como muitas dietas restritivas, a sirtfood tem um cronograma dividido em estágios, que serve para a pessoa se guiar e manter uma alimentação mais limitada. A nutricionista explica melhor como esse método funciona: "Nos 3 primeiros dias consumindo alimentos da dieta sirtfood ,coloca-se o consumo de um suco verde contendo rúcula, salsa, aipo, maçã verde, suco de limão, chá verde matchá - totalizando 1000 calorias por dia, que é um valor calórico muito restrito", afirma.

"Nos 4 dias seguintes, o valor calórico aumenta para 1500 calorias por dia. Os 14 dias posteriores entram na fase de manutenção, na qual serão feitas 3 refeições ricas em alimentos naturais + um suco verde por dia, sem restrições calóricas", complementa Adriana.

Esse tipo de dieta é realmente indicado?

Sendo considerada um tipo de dieta mais radical, a sirtfood é bem polêmica por conta de sua proposta possivelmente danosa para organismo. A nutricionista Adriana Ávila destaca que seguir esse método é algo contraindicado para quem realmente quer ter um estilo de vida mais saudável.

"No meu ponto de vista, ela não é indicada pela restrição drástica de 1000 calorias por 3 dias. Não se pode dizer que todos que necessitam emagrecer devam receber 1500 calorias ao dia. Em todas essas fases, vê-se um consumo muito baixo de alimentos fontes de proteínas. Além disso, uma restrição calórica drástica pode provocar fome, irritabilidade, cansaço e perda de massa muscular. Não é uma forma adequada de se alimentar, não se sustenta por muito tempo e não promove reeducação alimentar. Por essas razões não considero uma dieta saudável", finaliza.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais