Reeducação alimentar: como começar? Veja 5 passos para mudar a sua alimentação

A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
A reeducação alimentar é um processo gradual e que envolve, além de um cardápio funcional, mudanças de hábitos de vida e mentalidade
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Reeducar, reaprender, recomeçar... É assim que devemos iniciar um novo planejamento alimentar saudável para garantir qualidade de vida e os nutrientes fundamentais ao nosso bem-estar físico e mental. Diferente das dietas que prometem "milagres", a reeducação alimentar tem como principal objetivo inserir hábitos saudáveis no dia a dia, de maneira funcional e atendendo as necessidades individuais de cada pessoa.

Estamos cansados de saber que não existem dietas milagrosas. Todo o processo alimentar é gradativo, ou seja, tem que ser alcançado aos poucos, com um acompanhamento profissional e algumas regrinhas básicas da alimentação. Segundo a nutricionista Cristiane Coronel, para começar a reeducação alimentar é preciso determinação e conscientização:

"Primeiramente a organização de horários é fundamental para mudanças de hábitos. Faça uma planilha com sua rotina, contendo horários de refeições, pausas para lanche, horários de treinos, horário de dormir. A partir daí, fica mais fácil de inserir as refeições necessárias e novos hábitos de vida", explica a profissional

Como fazer para mudar os hábitos alimentares?

1º - Procure um profissional capacitado: Ter alguém que te acompanhe, te instrua e ajude a alcançar seus objetivos é essencial durante o processo da reeducação alimentar. O nutricionista vai ajudar a organizar a rotina e indicar os alimentos que não podem ficar de fora da sua alimentação, fazendo com que não haja nenhuma deficiência de nutrientes, acarretando outras complicações.

2 - Organize os alimentos em casa: Guarde os alimentos já lavados e descascados para facilitar a rotina e até mesmo o preparo das refeições, se puder, congele-os, garantindo assim uma maior durabilidade dos alimentos. Por se tratar de uma reeducação, provavelmente você vai carregar marmita durante um tempo, assim, Cristiane Coronel indica: "Utilize bolsa térmica adequada que você possa levar o almoço congelado e descongelar no local de trabalho".

3 - Prepare os lanches com antecedência: Geralmente, quando nos propusemos a comer, já estamos há um tempo com fome e vamos comendo tudo que vemos pela frente. Por isso, já inclua alguns ingredientes na lista de compras e se antecipe nos lanchinhos: "Lanches frios como frutas, iogurtes, queijos, castanhas, sanduichinhos, devem ser inseridos nos intervalos das refeições principais", indica a nutricionista

4 - Mantenha o corpo hidratado: A água é indispensável seja na dieta ou em uma reeducação alimentar. Segundo Cristiane, o profissional nutricionista vai avaliar o quanto você ingere de água hoje e o quanto precisa se adequar para conquistar sua saúde: "Use garrafas adequadas para transportar sua água, e tenha o hábito de estar sempre tomando", destaca.

5 - Faça atividades físicas: Uma alimentação saudável e equilibrada já vai melhorar muito a sua vida. Mas, aliada à prática de exercícios os benefícios são potencializados. As atividades regulares vão ajudar a perder aqueles quilinhos extras acumulados ao longo do tempo, além de fortalecer ossos e músculos, garantindo um corpo saudável e mais bem disposto.

Vai começar uma nova alimentação? Além de montar o cardápio, prepare a sua mente

A nutricionista Cristiane Coronel explica que além de mudar os hábitos alimentares, também é importante mudar o pensamento: "Foque todos os dias em pensar na qualidade do alimento e o bem que você está fazendo para você mesmo. Não busque alimento somente por prazer, porém, permita-se uma vez por semana ter uma refeição livre (e não um dia inteiro livre, por favor)", alerta a profissional.

Além disso, coma com calma e mastigue mais, dando tempo para cérebro assimilar a alimentação e dar o sinal de saciedade mais rápido. "Comer correndo faz com que você coma alimentos não triturados (dando mais trabalho para estômago e intestino, podendo causar mal-estar e indigestão) e ainda, o centro da saciedade demora a mandar o sinal. Você acaba comendo bem mais do que deveria realmente. Evite isso", explica a nutricionista.

Cuidados com a reeducação alimentar

A prática é saudável e altamente recomendada para ajudar a organizar a rotina alimentar, porém, Cristiane alerta: "Cuidado com o exagero. Exagero de informações e "terrorismos alimentares" que vemos e lemos muito por aí. Saiba delimitar seus prazeres dentro de uma rotina saudável", finaliza a profissional.

Mais noticias com...
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais
Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

A anorexia é um distúrbio de imagem que faz com que a pessoa se enxergue de maneira muito distorcida da qual ela é de fato (geralmente, com maior peso e...

> Leia mais
O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

Verdade seja dita, a corrida é um dos exercícios mais democráticos que tem. Afinal, não é preciso pagar uma academia para começar a treinar, apenas encontrar...

> Leia mais
6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia 6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que se caracteriza pela perda de consciência momentânea, a partir de crises convulsivas, que acontecem de tempos...

> Leia mais
Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Os triglicerídeos (ou triglicérides) são gorduras muito importantes para o nosso corpo. Elas são as calorias ingeridas que o próprio organismo reserva para...

> Leia mais