Beber durante as refeições: Entenda porque a prática não é recomendada!

<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
Beber nas refeições: O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.
<strong>Beber nas refeições:</strong> O excesso de líquido pode diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes para o corpo.

Produto recomendado

Suco de laranja integral Taeq 1L

Suco de laranja integral Taeq 1L

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Fazer ingestão de comida e bebida ao mesmo tempo nas refeições é certo ou errado? Muitos dizem que esse hábito faz mal ao organismo, e que é necessário uma reeducação alimentar, outros falam que não há problemas, que é mero "mito". Por isso, para promover o melhor entendimento e conscientização nutricional, procuramos duas especialistas no assunto para explicar o que essa união provoca à saúde e os melhores procedimentos para o bom funcionamento do corpo.

De acordo com a nutricionista Rossana Torales, especialista em nutrição esportiva, o ato de comer e beber ao mesmo tempo pode trazer problemas, principalmente ligados à digestão. Segundo a profissional, o ideal é separar o consumo dos dois alimentos de forma equilibrada. "O ideal é beber 30 minutos antes de comer ou 1 hora após uma refeição, pois a maior preocupação é a digestão, a absorção correta de nutrientes, que pode gerar problemas estomacais, como gases e flatulências", disse Rossana, explicando como os líquidos interferem nesse processo.

"Quando ingerimos muito líquido durante as refeições, a concentração de ácido clorídrico presente no estômago diminui e algumas enzimas são diluídas. O excesso de líquido também poderá diminuir a absorção de alguns nutrientes importantes", destacou.


Saciedade do organismo nas refeições

Para a nutricionista Caroline Codonho, especialista em nutrição funcional, o uso de líquidos ao mesmo tempo das refeições também interfere no controle da fome. "Na verdade, beber durante as refeições atrapalha o mecanismo de saciedade. Consumindo os líquidos durante esse processo, você causa uma distensão da parede estomacal, que é flexível, e com isso dá uma falsa impressão ao cérebro de que o estômago está vazio e que cabe mais comida". Ela admite que a ingestão mútua de comida e bebida é um hábito cultural das pessoas, por isso aconselha uma mudança gradativa nesse costume.

"É mais um hábito social, do que propriamente necessidade, que temos de comer acompanhando a refeição com o líquido. Há até algumas pessoas que têm salivação reduzida, por isso tem mais dificuldade de comer sem ingerir líquido, mas, se for consumir, no máximo 1/2 copo durante a refeição, com o tempo, todo mundo consegue tirar a bebida em definitivo ou deixar apenas para ocasiões especiais ou nos finais de semana. Além disso, devemos sempre lembrar também de outros hábitos importantes que auxiliam no processo de digestão como a mastigação lenta, que quase não fazemos", enfatizou a profissional, ponderando a melhor hora para a ingestão das bebidas.

"Sempre brinco com os meus pacientes que o suco deve servir como uma sobremesa. O ideal é consumir as bebidas ao final das refeições, de preferência aguardando alguns minutos", finalizou.

Dê preferência aos sucos de frutas cítricas

Seja antes ou depois das refeições, a melhor opção de bebida para sua alimentação são os sucos naturais. Os feitos à base de frutas cítricas, por exemplo, além de hidratarem com muito sabor, ajudam à absorção de muitos mineiras essenciais ao nosso corpo e que normalmente são perdidos por processos do organismo, como a urina e o suor. Veja os benefícios de alguns desses sucos:

Suco de Laranja –Rica em vitamina C, a fruta também é uma fonte natural de citrato, um mineral que evita a formação de pedras nos rins. Além disso, o alimento possui grande concentração de hesperdina, um flavonoide fortalece a saúde do coração.

Suco de Tangerina – Com nutrientes bem parecidos ao da laranja, a tangerina ou mexerica, foi motivo de recentes descobertas científicas que revelaram a ação de um poderoso agente antioxidante em sua composição, chamado nobiletina. Essa substância controla os níveis de colesterol no sangue, prevenindo problemas cardiovasculares e cerebrais.

Suco de limão – As populares e deliciosas limonadas possuem poderes "detox" e "alcalinos", para a limpeza do organismo. Além disso, essa fruta ácida possui uma substância conhecida como d-limoneno, que ajudar a relaxar e ainda pode combater algumas células cancerígenas.

Suco de abacaxi –
Com grande concentração de água e fibras alimentares, essa bebida é uma fonte poderosa de vitaminas e minerais que fazem o nosso intestino funcionar melhor, melhorando a digestão. Uma curiosidade é que até a casca do abacaxi, áspera e dura, pode ser utilizada para completar os sucos. Ela ajuda, por exemplo, a limpar toxinas do sangue e combater processos inflamatórios.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás 5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

Você já pensou em cultivar plantas medicinais em casa? Existem ervas que são fáceis de cuidar, rendem excelentes chás e também podem ser usadas como tempero....

> Leia mais
Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3 Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Apesar de associarmos o ômega 3 (substância importante para o cérebro e o coração) aos peixes como salmão, sardinha e atum, existem muitos outros alimentos...

> Leia mais
6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta 6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

O termo superalimento vem se popularizando cada vez mais entre pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Afinal, ele caracteriza uma série de...

> Leia mais
Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Você já ouviu falar no licopeno? Ele é um dos antioxidantes mais poderosos que existem e faz parte do grupo dos carotenoides (substâncias responsáveis pela...

> Leia mais
Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Muito usado em diferentes culinárias ao redor do mundo, o alho-poró é um ótimo tempero para massas, molhos, carnes, risotos, sopas e pratos diversos. Ele é...

> Leia mais
Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Uma das melhores partes da Páscoa é se deliciar com os pratos (receitas de peixes, como bacalhau, arroz colorido, carnes, massas e o que mais você preferir),...

> Leia mais
Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

A Páscoa é uma das épocas mais animadas e gostosas do ano, né? É o melhor momento para comer muitas trufas, bombons e, é claro, os famosos ovos de chocolate....

> Leia mais
4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia 4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

Você sabia que existem formas de preservar o corpo e a elasticidade da pele? É verdade que não há uma fórmula mágica para fugir do envelhecimento - afinal,...

> Leia mais
6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante 6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

Você já deve ter ouvido falar no potencial calmante do maracujá - alimento que ajuda a tranquilizar a mente e tratar problemas como a insônia, por exemplo....

> Leia mais
Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Muito usada na culinária vegana, a carne de jaca é uma ótima alternativa ao frango (até possui uma textura semelhante). Ela pode ser usada em receitas como...

> Leia mais