Consciência nutricional: O papel do nutricionista em sua alimentação!

Em tempos de conscientização alimentar, o acompanhamento de um nutricionista é uma ótima forma para melhorar a nossa saúde. Outros pontos importantes, que vão de atenção aos rótulos até o maior conhecimento e informação sobre os produtos ingeridos, também são de grande relevância para o bom funcionamento das dietas.
Em tempos de conscientização alimentar, o acompanhamento de um nutricionista é uma ótima forma para melhorar a nossa saúde. Outros pontos importantes, que vão de atenção aos rótulos até o maior conhecimento e informação sobre os produtos ingeridos, também são de grande relevância para o bom funcionamento das dietas.
Liliam Teixeira Francisco

Consultor:

Liliam Teixeira Francisco

Nutricionista graduada pela Universidade Gama Filho (UGF), possui pós-graduação em Nutrição Materno Infantil pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) e da Associação Brasileira para Estudo da Obesidade (ABESO).

É chegada a era da "consciência e/ou orientação nutricional no Brasil"! No mês onde se comemora o dia do nutricionista (31 de agosto), a ideia de ter o máximo de conhecimento do que se come- das produções aos processamentos dos alimentos - tornam o trabalho conjunto a esses profissionais ainda mais importantes em nosso cotidiano alimentar.

O papel do nutricionista nesse movimento de conhecimento em prol da saúde - não apenas pela estética - é mais do que essencial, como afirma a nutricionista Adriana Ávila: "O nutricionista é o tradutor de toda informação sobre nutrição existente voltada para uma alimentação de qualidade, de acordo com idade, disponibilidade para prática de exercícios físicos, intolerâncias e alergias (como para os intolerantes a lactose ou glúten)", salienta a profissional.

Hábitos como a leitura dos rótulos passaram a fazer parte da rotina de quem se preocupa com a saúde, por isso, a procura por ajuda profissional tem aumentado, se opondo aos antigos modismos passageiros de dietas mirabolantes e desvairadas pelo senso comum. "Eu trabalho com nutrição há 15 anos e ao longo desse tempo vejo que as pessoas se cuidam muito mais fazendo melhores escolhas na alimentação hoje em dia", revela a nutricionista Liliam Teixeira.

Não tenha medo de questionar seu nutricionista

Não é fácil entender 100% dos rótulos dos alimentos, mas durante o acompanhamento nutricional isso é ensinando gradativamente e em detalhes. Liliam alerta que é preciso estar atento para pequenos truques: "As embalagens costumam usar muito o marketing para tentar mudar o foco de algum componente que tenha em maior quantidade". Em uma farofa, por exemplo, vem escrito que não contém colesterol na composição, mas quando se observa a tabela nutricional, vê-se que possui grande quantidade de gorduras totais.

Para cada pessoa há uma dieta adequada e direcionada ao seu objetivo pessoal, mas o ponto de partida é sempre o mesmo: conhecimento. As nutricionistas consultadas deixam dicas valiosas para quem quer começar a se cuidar:

Cuidado multifocal: Para cuidar de verdade do nosso organismo, precisamos observar não só da quantidade de calorias que ingerimos, mas a qualidade delas. "Devemos optar por alimentos com menos teores de sódio, de preferência sem gordura vegetal hidrogenada, que se transforma em gordura trans", aconselha Adriana Ávila. Lílian Teixeira completa: "Na parte em que fica a descrição dos ingredientes, precisamos ficar de olho na quantidade deles que são artificiais".

Escolha consciente: Hoje em dia é comum que a falta de tempo nos leve a recorrer aos fast foods e, apesar de estarem surgindo cada vez mais redes mais preocupadas com a qualidade do que oferecem (saladeiras, opções vegetarianas e veganas, etc), é preciso saber bem o que se está comendo. Adriana dá o pulo do gato: "Devemos checar se eles dispõem da ficha técnica dos produtos servidos, assim saberemos o valor nutricional do produto com as quantidades de calorias, proteína, gordura, gordura saturada, carboidratos, sódio, presença ou não de açúcar, e que tipo de óleo é utilizado no preparo".

Mantenha-se informado: "Devemos ter cuidado com o que lemos, vemos e ouvimos, se a fonte é segura ou não, e - principalmente - com o que fazemos com a nossa alimentação e consequentemente com o nosso corpo e saúde, a partir dessas informações que recebemos", aconselha Adriana. "A alimentação é o combustível para o nosso corpo. Se ninguém gosta de colocar combustível adulterado no seu carro, por que colocamos alimentos fora da qualidade no nosso corpo?", encerra Liliam.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais
Como fazer compota de berinjela sem erros

Como fazer compota de berinjela sem erros Como fazer compota de berinjela sem erros

Feita geralmente com a polpa de frutas, legumes e outros vegetais, a compota é um tipo de conserva (que pode ser salgada ou doce) que costuma ser servida com...

> Leia mais
4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes 4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

Você já deve ter reparado que existem tantos tipos de frutas ao redor do mundo que listar todas elas parece uma tarefa impossível. Mas para explorar um...

> Leia mais
Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Está procurando um exercício simples e eficiente para fazer em casa? Indicado para fortalecer os glúteos e a musculatura da perna, o exercício de ponte pode...

> Leia mais
Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Manter uma boa alimentação é fundamental para garantir o bom funcionamento dos hormônios e do organismo como um todo. A progesterona, em especial, ajuda a...

> Leia mais
6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha

6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha 6 benefícios da geleia real, espécie de mel feita para alimentar a abelha-rainha

Produzida naturalmente pelas abelhas operárias para a alimentação da abelha-rainha, a geleia real é considerada um superalimento, pois concentra uma grande...

> Leia mais
O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha

O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha O que fazer com as folhas do rabanete? Aprenda a aproveitá-las na cozinha

Uma das melhores formas de evitar o desperdício de alimentos - e tornar a dieta mais nutritiva - é incorporar folhas, caules, talos, cascas e partes...

> Leia mais