Alimentos que causam gases: aprenda a evitar o incômodo no preparo das refeições

Recorrendo a alguns truques, é possível continuar consumindo repolho sem sofrer com gases
Recorrendo a alguns truques, é possível continuar consumindo repolho sem sofrer com gases

Gases provocam uma sensação bem incômoda, ainda mais quando estamos na rua e bate a insegurança de como o organismo vai se comportar em público. Também chamadas de flatos ou flatulências, elas são causadas por bactérias que fermentam o intestino na hora da digestão - e, por isso, têm muito mais chance de aparecerem dependendo do alimento que for consumido.

Para ficar bem longe desse incômodo, muita gente foge de alguns alimentos que podem piorar o problema. Mas você sabia que é possível recorrer a alguns truques para aliviar essa sensação sem precisar fazer uma mudança na sua dieta? Confira a lista com a solução para os principais deles!

1. Feijão: deixar o alimento de molho durante toda a noite ajuda a evitar o problema

Apesar de ser indispensável no prato da maioria dos brasileiros e ter o importante benefício de ser rico em ferro, o feijão faz parte da lista de alimentos que causam gases. Isso ocorre devido à presença de carboidratos não absorvíveis, que fermentam com facilidade no intestino.

No entanto, existem formas de evitar que esse alimento queridinho seja responsável pelo problema sem que seja preciso cortá-lo da dieta. Uma delas é deixar o ingrediente de molho durante toda a noite anterior ao seu preparo. Mas, se essa não for uma opção para o seu caso, outro truque é ter o cuidado de trocar a água em que ele está de três em três horas e logo antes de cozinhá-lo.

2. Repolho: adicionar ingredientes que resolvem esse efeito é o truque

O repolho é tão lembrado quando se fala em gases que é até o protagonista de várias piadas relacionadas ao assunto. Mas, felizmente, assim como o feijão, ele também pode ser preparado de um jeito diferente para não vir sempre acompanhado desse efeito e virar sinônimo do problema. Sim, isso é possível mesmo com ele tendo enxofre em sua composição, elemento onde as bactérias intestinais fazem a fermentação que resulta na flatulência.

O segredo aqui é fazer um pré-cozimento da hortaliça e recorrer a ingredientes que ajudem a evitar os gases e o odor quando for preparar o molho. O limão e o gengibre, por exemplo, aparecem como ótimas opções, e ainda adicionam um gostinho todo especial para deixar a refeição ainda mais saborosa.

3. Batata-doce: versão assada ou cozida reduzem os riscos de gases

Muito usada na dieta de quem deseja ganhar massa muscular - e também dos atletas em geral que precisam de mais energia - a batata-doce é um dos principais alimentos de quem prioriza uma alimentação saudável e rica em nutrientes importantes. Mas, sim, ela também vem acompanhada do problema de aumentar a produção de gases se não for preparada do jeito certo, é claro.

A dica nesse caso é servir a batata-doce assada ou cozida em vez de fritá-la. Assim, além de preservar os seus componentes, você também diminui as chances de flatulências por preparar o alimento de um jeito que ajuda o organismo a ter uma boa digestão.

4. Pepino: descascar o vegetal ou deixar de molho no sal grosso é a dica para evitar flatulências e azia

Além de ser um ingrediente versátil para a cozinha, já que pode ser utilizado em várias receitas diferentes, o pepino também entrega diversos benefícios para a saúde - como hidratação e efeito detox no organismo, preservação dos rins e combate à diabetes. No entanto, como também é um dos responsáveis por causar gases, deve vir acompanhado de alguns truques para que o incômodo não apareça depois de seu consumo.

Uma opção simples é descascar todo o vegetal, já que os componentes responsáveis pelos gases e a sensação de azia que muita gente também reclama estão na casca. Outra dica é deixá-lo de repouso por meia hora com um pouco de sal grosso.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo 7 chás de semente que são ótimos para o seu organismo

Você já tentou usar sementes de frutas e plantas para fazer chás medicinais? Muita gente não sabe, mas não são apenas as folhas e flores que são ricas em...

> Leia mais
Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta Malva do reino ajuda a tratar dores e desconfortos! Saiba mais sobre essa planta

Também conhecida como hortelã-graúdo, a malva do reino é uma planta medicinal rica em antioxidantes e propriedades medicinais que ajudam a fortalecer o...

> Leia mais
Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício! Fit Dance: o que é e quais os benefícios? Saiba mais sobre esse exercício!

Você já ouviu falar no Fit Dance? A modalidade que transformou as aulas de dança na academia e vem conquistando milhares de adeptos ao redor do mundo através...

> Leia mais
5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas 5 receitas com abóbora cabotiá (japonesa) que são deliciosas e supernutritivas

Extremamente versátil e saborosa na cozinha, a abóbora cabotiá (ou japonesa) é um ingrediente muito utilizado no preparo de caldos, sopas e purês. Para quem...

> Leia mais
Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste Culinária regional: feijão tropeiro e outros 4 pratos típicos do Sudeste

Se você quer conhecer mais a fundo a culinária brasileira, que tal começar a experimentar as comidas típicas de cada região? A gastronomia do Sudeste, em...

> Leia mais
Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária Vegetais tipo A: o que são, quais são e como incluí-los na dieta diária

Você sabia que os vegetais são divididos em grupos e classificados de acordo com a quantidade (e tipos) de nutrientes que fornecem? Os vegetais do tipo A, em...

> Leia mais
10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão 10 frutas verdes excelentes para a sua saúde: do abacate ao limão

As frutas verdes, conhecidas por serem fontes de clorofila (um tipo de pigmento antioxidante), são ótimas para fortalecer a imunidade e desintoxicar o...

> Leia mais
Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária Como fazer óleo de abacate e usá-lo na alimentação diária

Indicado para fortalecer a imunidade, favorecer a perda de peso e a saúde da pele, o óleo de abacate é um ingrediente natural altamente nutritivo que pode (e...

> Leia mais
O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias O que é Inktober? Conheça quem aderiu ao desafio de desenhar todos os dias

Desde 2009, um desafio anual que incentiva a prática de desenhos e ilustrações durante o mês de outubro vem conquistando milhares de artistas ao redor do...

> Leia mais
Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica Manteiga é fonte de vitamina A! Entenda se ainda assim ela é benéfica

Ter o hábito de passar manteiga em pães e biscoitos no dia a dia não é necessariamente prejudicial à saúde. Apesar de ser comumente tachada como gordurosa e...

> Leia mais