Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles

O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas
O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas

Muita gente não sabe, mas existem diferentes vertentes do vegetarianismo que se baseiam em dietas alimentares distintas. A mais conhecida de todas é a categoria dos ovolactovegetarianos, formada por pessoas que têm uma dieta menos restritiva: deixam de comer carne (inclusive frangos e peixes) mas continuam se alimentando de todo o resto - frutas, legumes, verduras e derivados de animais, como queijos e leites. Mas além desse tipo específico, existem muitas outras linhas do vegetarianismo. Quer conhecê-las? É só continuar lendo!

Ovolactovegetarianismo propõe uma alimentação menos restritiva

Como citamos acima, o ovolactovegetarianismo é uma das linhas menos restritivas, pois consiste apenas no corte de consumo de carnes, sejam elas vermelhas ou brancas, incluindo frangos, peixes e todos os tipos de frutos do mar. A vantagem desse tipo de vegetarianismo é que ele permite um plano alimentar mais diversificado, tendo em mente que você pode continuar comendo alimentos superqueridos, como o ovo, leite e queijo.

Ovovegetarianismo mantém os ovos na dieta, mas exclui outros derivados

O diferencial desse tipo de vegetarianismo é que, além de excluir as carnes do cardápio, também descarta produtos de origem animal, como leite, queijo, iogurte e requeijão - exceto o ovo. Ou seja, a dieta dos ovovegetarianos é formada, basicamente, por refeições com ovos, legumes, verduras, frutas e vegetais. Abolindo de vez a maior parte dos alimentos que são de origem animal.

Lactovegetarianismo exclui carnes e ovos da dieta

Ao contrário do que acontece no ovovegetarianismo, nesta categoria o ovo é cortado da alimentação. Aliás, o lactovegetarianismo se caracteriza justamente por esse aspecto: a pessoa deixa de se alimentar com carnes e ovos, mas continua consumindo derivados do leite, como queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai.

Reducetarianismo consiste na redução do consumo de carnes e derivados

Apesar de ser considerada uma vertente do vegetarianismo, o reducetarianismo não é propriamente "vegetariano", pois consiste apenas na redução do consumo de carnes e derivados. Ou seja, essa linha propõe uma reeducação alimentar mais moderada, sem que haja um corte definitivo de alimentos.

Esse movimento teve início com a instauração da Reduceterian Foundation, uma organização criada pelo norte-americano Brian Kateman, que visa incentivar um estilo de vida mais protetor e consciente com o meio ambiente. A lógica básica do reducetarianismo é a seguinte: quando reduzimos o consumo de carnes e derivados - além de garantirmos uma alimentação mais equilibrada -, também estamos diminuindo impactos na natureza (como o desmatamento) e os maus tratos em animais, característicos da indústria pecuária.

Vegetarianismo estrito X Veganismo

O vegetarianismo estrito é a vertente que possui maiores restrições alimentares, pois consiste no corte absoluto de carnes e todos os produtos de origem animal (o que inclui ovos, leites, queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai). Só que muitas pessoas acabam confundindo essa linha com o veganismo, que é uma vertente ainda mais radical. Os veganos, de forma geral, são pessoas que se envolvem mais profundamente com a causa: além de não se alimentarem com carnes e derivados (como os vegetarianos estritos), também deixam de consumir outros produtos de origem animal, como peças de couro, lã, seda e até mesmo alguns cosméticos.

Não se esqueça: Antes de adotar qualquer tipo de vegetarianismo, é fundamental que você se consulte com um nutricionista para planejar uma nova dieta. Isto porque será necessário substituir nutrientes importantes (como as proteínas, o ferro e outras vitaminas presentes nas carnes). É importante que haja um bom planejamento alimentar para que o seu corpo se mantenha 100% saudável, sem nenhuma deficiência de nutrientes.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais