Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles

O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas
O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas

Muita gente não sabe, mas existem diferentes vertentes do vegetarianismo que se baseiam em dietas alimentares distintas. A mais conhecida de todas é a categoria dos ovolactovegetarianos, formada por pessoas que têm uma dieta menos restritiva: deixam de comer carne (inclusive frangos e peixes) mas continuam se alimentando de todo o resto - frutas, legumes, verduras e derivados de animais, como queijos e leites. Mas além desse tipo específico, existem muitas outras linhas do vegetarianismo. Quer conhecê-las? É só continuar lendo!

Ovolactovegetarianismo propõe uma alimentação menos restritiva

Como citamos acima, o ovolactovegetarianismo é uma das linhas menos restritivas, pois consiste apenas no corte de consumo de carnes, sejam elas vermelhas ou brancas, incluindo frangos, peixes e todos os tipos de frutos do mar. A vantagem desse tipo de vegetarianismo é que ele permite um plano alimentar mais diversificado, tendo em mente que você pode continuar comendo alimentos superqueridos, como o ovo, leite e queijo.

Ovovegetarianismo mantém os ovos na dieta, mas exclui outros derivados

O diferencial desse tipo de vegetarianismo é que, além de excluir as carnes do cardápio, também descarta produtos de origem animal, como leite, queijo, iogurte e requeijão - exceto o ovo. Ou seja, a dieta dos ovovegetarianos é formada, basicamente, por refeições com ovos, legumes, verduras, frutas e vegetais. Abolindo de vez a maior parte dos alimentos que são de origem animal.

Lactovegetarianismo exclui carnes e ovos da dieta

Ao contrário do que acontece no ovovegetarianismo, nesta categoria o ovo é cortado da alimentação. Aliás, o lactovegetarianismo se caracteriza justamente por esse aspecto: a pessoa deixa de se alimentar com carnes e ovos, mas continua consumindo derivados do leite, como queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai.

Reducetarianismo consiste na redução do consumo de carnes e derivados

Apesar de ser considerada uma vertente do vegetarianismo, o reducetarianismo não é propriamente "vegetariano", pois consiste apenas na redução do consumo de carnes e derivados. Ou seja, essa linha propõe uma reeducação alimentar mais moderada, sem que haja um corte definitivo de alimentos.

Esse movimento teve início com a instauração da Reduceterian Foundation, uma organização criada pelo norte-americano Brian Kateman, que visa incentivar um estilo de vida mais protetor e consciente com o meio ambiente. A lógica básica do reducetarianismo é a seguinte: quando reduzimos o consumo de carnes e derivados - além de garantirmos uma alimentação mais equilibrada -, também estamos diminuindo impactos na natureza (como o desmatamento) e os maus tratos em animais, característicos da indústria pecuária.

Vegetarianismo estrito X Veganismo

O vegetarianismo estrito é a vertente que possui maiores restrições alimentares, pois consiste no corte absoluto de carnes e todos os produtos de origem animal (o que inclui ovos, leites, queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai). Só que muitas pessoas acabam confundindo essa linha com o veganismo, que é uma vertente ainda mais radical. Os veganos, de forma geral, são pessoas que se envolvem mais profundamente com a causa: além de não se alimentarem com carnes e derivados (como os vegetarianos estritos), também deixam de consumir outros produtos de origem animal, como peças de couro, lã, seda e até mesmo alguns cosméticos.

Não se esqueça: Antes de adotar qualquer tipo de vegetarianismo, é fundamental que você se consulte com um nutricionista para planejar uma nova dieta. Isto porque será necessário substituir nutrientes importantes (como as proteínas, o ferro e outras vitaminas presentes nas carnes). É importante que haja um bom planejamento alimentar para que o seu corpo se mantenha 100% saudável, sem nenhuma deficiência de nutrientes.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo Receita de polvo: como fazer esse fruto do mar sem que ele fique borrachudo

Exótico, saboroso e rico em diversas propriedades nutritivas, o polvo é aquele clássico fruto do mar que quem prova não costuma resistir! Não à toa, o...

> Leia mais
Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade Existe chá para engravidar? Descubra quais aumentam a fertilidade

Buscar alternativas naturais para aumentar a fertilidade e conseguir engravidar de maneira segura é bem mais comum do que parece, sabia? É que alimentos como...

> Leia mais
6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante 6 alimentos ricos em catequinas, substâncias com forte ação antioxidante

No universo dos antioxidantes, existem diversas moléculas (como os flavonoides e polifenóis) que apresentam ação antienvelhecimento e anti-inflamatória. As...

> Leia mais
Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado Fruta pequi é fonte de vitaminas e minerais! Conheça esse alimento do cerrado

Nativo do Cerrado brasileiro, o pequi é um fruto de casca verde-escura que possui espinhos no caroço (debaixo da polpa) e se destaca por ser altamente...

> Leia mais
Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer Há alimentos que causam apendicite? Saiba o que evitar comer

Você sabia que a apendicite (tipo de inflamação aguda no apêndice) pode ser causada por conta de descuidos com a alimentação? Ter uma dieta saudável - livre...

> Leia mais
Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo Já provou molho de abacate para salada? Aprenda a prepará-lo

Incrementar saladas de folhas e legumes com molhos, sementes ou cereais é uma ótima forma de diversificar a alimentação diária. Você sabia que é possível...

> Leia mais
5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica 5 tipos de comida japonesa para conhecer melhor a culinária nipônica

Conhecida por ser uma culinária rica em alimentos sazonais e fruto de diversas mudanças políticas e sociais em seu país de origem, a comida japonesa (também...

> Leia mais
Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo Suco congelado é ótimo para aproveitar nutrientes das frutas! Saiba armazená-lo

Você sabia que o suco congelado é uma ótima opção para aproveitar os nutrientes da fruta? Além de trazer mais praticidade para o dia a dia, a bebida consegue...

> Leia mais
4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis 4 receitas com farinha de coco que são supersaudáveis

Nutritiva, saborosa e superversátil, a farinha de coco é o ingrediente perfeito para quem gosta de colocar a mão na massa e cozinhar receitas saudáveis!...

> Leia mais
4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais 4 chás abortivos que grávidas não devem consumir jamais

Tomar chá é ótimo para tranquilizar a mente, aliviar dores, tratar inflamações e outros problemas de saúde. Mas você sabia que, em alguns casos, esse tipo de...

> Leia mais