Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles

O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas
O ovolactovegetarianismo é o tipo mais comum de todos, pois garante uma dieta mais diversificada, apenas com o corte de carnes brancas e vermelhas

Muita gente não sabe, mas existem diferentes vertentes do vegetarianismo que se baseiam em dietas alimentares distintas. A mais conhecida de todas é a categoria dos ovolactovegetarianos, formada por pessoas que têm uma dieta menos restritiva: deixam de comer carne (inclusive frangos e peixes) mas continuam se alimentando de todo o resto - frutas, legumes, verduras e derivados de animais, como queijos e leites. Mas além desse tipo específico, existem muitas outras linhas do vegetarianismo. Quer conhecê-las? É só continuar lendo!

Ovolactovegetarianismo propõe uma alimentação menos restritiva

Como citamos acima, o ovolactovegetarianismo é uma das linhas menos restritivas, pois consiste apenas no corte de consumo de carnes, sejam elas vermelhas ou brancas, incluindo frangos, peixes e todos os tipos de frutos do mar. A vantagem desse tipo de vegetarianismo é que ele permite um plano alimentar mais diversificado, tendo em mente que você pode continuar comendo alimentos superqueridos, como o ovo, leite e queijo.

Ovovegetarianismo mantém os ovos na dieta, mas exclui outros derivados

O diferencial desse tipo de vegetarianismo é que, além de excluir as carnes do cardápio, também descarta produtos de origem animal, como leite, queijo, iogurte e requeijão - exceto o ovo. Ou seja, a dieta dos ovovegetarianos é formada, basicamente, por refeições com ovos, legumes, verduras, frutas e vegetais. Abolindo de vez a maior parte dos alimentos que são de origem animal.

Lactovegetarianismo exclui carnes e ovos da dieta

Ao contrário do que acontece no ovovegetarianismo, nesta categoria o ovo é cortado da alimentação. Aliás, o lactovegetarianismo se caracteriza justamente por esse aspecto: a pessoa deixa de se alimentar com carnes e ovos, mas continua consumindo derivados do leite, como queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai.

Reducetarianismo consiste na redução do consumo de carnes e derivados

Apesar de ser considerada uma vertente do vegetarianismo, o reducetarianismo não é propriamente "vegetariano", pois consiste apenas na redução do consumo de carnes e derivados. Ou seja, essa linha propõe uma reeducação alimentar mais moderada, sem que haja um corte definitivo de alimentos.

Esse movimento teve início com a instauração da Reduceterian Foundation, uma organização criada pelo norte-americano Brian Kateman, que visa incentivar um estilo de vida mais protetor e consciente com o meio ambiente. A lógica básica do reducetarianismo é a seguinte: quando reduzimos o consumo de carnes e derivados - além de garantirmos uma alimentação mais equilibrada -, também estamos diminuindo impactos na natureza (como o desmatamento) e os maus tratos em animais, característicos da indústria pecuária.

Vegetarianismo estrito X Veganismo

O vegetarianismo estrito é a vertente que possui maiores restrições alimentares, pois consiste no corte absoluto de carnes e todos os produtos de origem animal (o que inclui ovos, leites, queijos, iogurtes, manteiga e por aí vai). Só que muitas pessoas acabam confundindo essa linha com o veganismo, que é uma vertente ainda mais radical. Os veganos, de forma geral, são pessoas que se envolvem mais profundamente com a causa: além de não se alimentarem com carnes e derivados (como os vegetarianos estritos), também deixam de consumir outros produtos de origem animal, como peças de couro, lã, seda e até mesmo alguns cosméticos.

Não se esqueça: Antes de adotar qualquer tipo de vegetarianismo, é fundamental que você se consulte com um nutricionista para planejar uma nova dieta. Isto porque será necessário substituir nutrientes importantes (como as proteínas, o ferro e outras vitaminas presentes nas carnes). É importante que haja um bom planejamento alimentar para que o seu corpo se mantenha 100% saudável, sem nenhuma deficiência de nutrientes.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais
Como fazer compota de berinjela sem erros

Como fazer compota de berinjela sem erros Como fazer compota de berinjela sem erros

Feita geralmente com a polpa de frutas, legumes e outros vegetais, a compota é um tipo de conserva (que pode ser salgada ou doce) que costuma ser servida com...

> Leia mais
4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes 4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

Você já deve ter reparado que existem tantos tipos de frutas ao redor do mundo que listar todas elas parece uma tarefa impossível. Mas para explorar um...

> Leia mais
Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Está procurando um exercício simples e eficiente para fazer em casa? Indicado para fortalecer os glúteos e a musculatura da perna, o exercício de ponte pode...

> Leia mais
Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Manter uma boa alimentação é fundamental para garantir o bom funcionamento dos hormônios e do organismo como um todo. A progesterona, em especial, ajuda a...

> Leia mais