Organismo protegido: Descubra 6 alimentos ricos em flavonoides

<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
Uva – As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
<strong>Uva –</strong> As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas
O nome pode até soar estranho e suas funções não serem das mais conhecidas, porém os flavonoides fazem parte diária das nossas vidas, sobretudo na alimentação. Compostos bioativos encontrados em frutas, legumes, verduras e, até mesmo, em cafés e no chás, eles possuem propriedades antioxidantes, como a vitamina C, e anti-inflamatórias que ajudam na defesa de diversas doenças e auxiliam o bom funcionamento do organismo.

Os flavonoides já despertaram interesse no meio acadêmico, tornando-se objeto de muitos estudos, mas há consenso de que ainda há muitas funcionalidades a serem descobertas por trás desses compostos. No entanto, pesquisas recentes detectaram que o consumo regular de alimentos ricos na substância pode prevenir doenças como o câncer e problemas cardiovasculares. De acordo com as análises nutricionais, o ideal é ingerir 31 mg do nutriente por dia.

"Os flavonoides são substâncias encontradas nos mais diversos alimentos e que auxiliam a proteger a saúde do nosso organismo. Eles estão associados a uma redução no risco de desenvolvimento de diversas doenças, por sua ação antioxidante, que defende as células contra os danos causados pelos ataques dos radicais livres, assim retardando o envelhecimento precoce", destacou o nutricionista Bruno Chlamtac.


Fáceis de serem encontrados

A lista dos alimentos ricos em flavonoides é grande. Há diversos alimentos que são fonte desses compostos orgânicos e, o melhor, é que eles são facilmente encontrados em qualquer mercado. Os flavonoides estão presentes em frutas como uva, morango, maçã, romã, blueberry, framboesa e em outras de coloração avermelhada; em vegetais como brócolis, espinafre, couve e cebola; em cereais e sementes, como nozes, soja, linhaça, e até no chocolate e no mel.

Por isso, tente sempre inclui-los em sua dieta. Uma dica final é montar o prato de maneira bem colorida, pois muitas frutas e vegetais coloridos são ricos em flavonoides. Sempre que for possível, para que não seja prejudicado pelos efeitos persistentes de pesticidas e fertilizantes, dê preferência a alimentos de origem orgânica.


6 alimentos ricos em flavonoides!

Cebola – Esse vegetal é uma das principais fontes de flavonoides na dieta regular das pessoas. Além disso, as cebolas são conhecidas por suas propriedades anti-inflamatória e antibacterianas.

Maçã –
Essa fruta é rica em vitaminas, sais minerais, fibras e um flavonoide chamado quercitina, que ajuda a reduzir o risco de doenças vasculares cerebrais (como o AVC) e certos cânceres.

Brócolis –
Esse vegetal é rico em flavonoides que previnem o desenvolvimento de câncer, sobretudo o câncer de pulmão de fumantes.

Uva –
As uvas e seus derivados (vinho tinto e suco de uva) são ricos em catequinas e estão associadas à redução no risco de doenças cardíacas, infarto do coração e redução do colesterol no sangue.

Alho –
É rico em flavonoides e compostos sulfurados que têm propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antivirais. Estudos também mostram que o alho ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue e prevenir doenças cardíacas.

Soja –
O grão de soja é rico em isoflavonas com importantes funções no aparelho reprodutor feminino. As isoflavonas da soja são usadas para reduzir os sintomas da menopausa, da osteoporose de colesterol no sangue.
Mais noticias com...
Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais
Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante, não é mesmo? Afinal, cada tipo de gastronomia segue uma linha e usa temperos...

> Leia mais
Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais