Alimentos são fontes de vitalidade: Descubra o que é comida bioativa!

A vitalidade dos alimentos são fontes poderosas de nutrientes, descubra como obter o melhor do que você come
A vitalidade dos alimentos são fontes poderosas de nutrientes, descubra como obter o melhor do que você come

Todos sabem que o conceito de bem-estar e qualidade de vida passa irrestritamente pelos seguimentos de uma alimentação saudável. Comer os alimentos certos para cada refeição, respeitando seus valores nutricionais e naturais, traz mais vitalidade ao corpo e força para o dia a dia. Contudo, será que cuidamos corretamente dessas nossas fontes de energia? Muito gente se esquece, mas cuidar dos alimentos (saber armazena-los) é tão importante quanto comê-los!

Ingerir um alimento natural fora de seu prazo é tão prejudicial quanto se alimentar mal. Como tudo que há na Terra, os alimentos também têm seus tempos de vida e seus nutrientes dependem basicamente de suas vitalidades. Ao deixar passar esse tempo, eles representam perigos à saúde. Por isso o Conquiste Sua Vida ouviu a Dra. Jéssica Stein, nutricionista clínica e vegetariana, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, sobre os cuidados que devemos ter para a respeitarmos a melhor composição dos alimentos.


O que representa a vitalidade do alimento?


"A vitalidade do alimento representa o valor nutricional e como suas propriedades estão conservadas. É importante proporcionar ao organismo uma nutrição adequada que alivie a sobrecarga intoxicante. Alimentos crus e não processados industrialmente nos oferecem abundância de nutrientes, são eles: as frutas, legumes, verduras, ervas, leguminosas (feijões, lentilha, ervilha, grão-de-bico), grãos integrais, sementes oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, gergelim...), cereais integrais, germinados e brotos. Para a preservação dos nutrientes ativos, os alimentos devem ser consumidos frescos, crus, maduros e de preferência orgânicos."

A perda desses nutrientes podem causar danos à saúde? Quais?

"Uma nutrição inadequada por causar hipovitaminoses, problemas ósseos, dermatites, fraqueza de unhas e cabelo, disfunções metabólicas, problemas no paladar e olfato, entre outras. A perda de nutrientes dos alimentos tem início já nos campos de produção e continua na longa jornada até as nossas casas. O preparo dos alimentos tem grande importância para mantermos os nutrientes. Muitos nutrientes perdem-se na água do cozimento ou pelo calor empregado, por isso preferir alimentos crus ou cozidos no vapor com temperatura mais amena são boas alternativas para garantir uma menor perda de nutrientes."

O que devemos fazer para mantermos os alimentos sempre "em dia" com suas propriedades?

"Consumir alimentos da estação garante um aporte nutritivo e saudável maior , porque apresentam abundância em vitaminas e sais minerais e este alimentos apresentam melhor aroma e sabor. Frutas e verduras fora da estação perdem muito as características e, consequentemente, perdem nutrientes valiosos, pois são cultivadas recebendo muitas doses químicas e de agrotóxicos. Portanto é muito importante conhecermos as épocas de colheita de cada alimento e estar assegurado de que o alimento nutrirá o organismo conforme a necessidade da época."

Teoria – No livro "Você sabe se desintoxicar?" (Dr. Soleil - Ed. Paulus), as vitalidades dos alimentos estão classificadas em quatro categorias, de acordo com o seu grau de força alquímica. Veja:

Alimentos Biogênicos: Aqueles que expandem e geram vida. São as sementes germinadas e os brotos produzidos a partir dos cereais (grãos), das frutas oleaginosas (linhaça, girassol, gergelim etc.), das leguminosas (feijões), das ervas e das hortaliças. Idealmente, focando o aspecto da elevada qualidade energética e nutricional, deveriam ser a base da alimentação saudável.

Alimentos Bioativos: Aqueles que ativam a vida. Eles devem ser consumidos maduros, crus e bem frescos. Ricos em macronutrientes e substâncias biologicamente ativas como as enzimas, vitaminas, antioxidantes e sais minerais, devem ser considerados a base da alimentação humana. Por este motivo, é importante que façam parte do consumo diário, em quantidades significativas e adequadas a cada idade, sexo e tipo de atividade.

Alimentos Bioestáticos: Aqueles que diminuem a vida. O consumo dos bioestáticos faz parte da evolução tecnológica que trouxe a praticidade e a segurança alimentar, porém o seu consumo garante um funcionamento mínimo do nosso organismo. Eles provocam o envelhecimento das células e não têm substâncias vivas, porque sua energia vital foi destruída.

Alimentos Biocídicos: Aqueles que "destroem" a vida. Infelizmente são os mais utilizados na alimentação deste século. Este tipo de alimento (refinados, processados e conservados artificialmente) foi inventado pelo homem, e envenenam pouco a pouco as células do corpo com substâncias nocivas, abrindo a porta para as doenças cardiovasculares, câncer, reumatismo, diabete e outras doenças degenerativas e mentais.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia

Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia Granola salgada: como preparar e usar esse lanche nutritivo no dia a dia

Muitas pessoas conhecem a versão doce da granola - composta, geralmente, por um mix de cereais, como flocos de aveia, de arroz, nozes, castanhas, mel e...

> Leia mais
6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico

6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico 6 receitas com caqui que vão turbinar o seu sistema imunológico

Você já deve ter experimentado (ou ao menos visto) receitas com caqui - uma frutinha redonda e com um sabor bem docinho. Tem gente que até tem um pé dessa...

> Leia mais
Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais

Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais Cozinha sem traça: como prevenir e combater as larvas nos cereais

Você já deve ter se deparado com as traças em algum lugar da cozinha - nas paredes, nos armários ou até mesmo no interior de sacos de feijão, arroz e...

> Leia mais
Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos

Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos Sem tempo para cozinhar? Veja 7 opções de almoço que ficam prontas em 20 minutos

Para quem vive na correria do dia a dia e não tem muito tempo para cozinhar, uma das melhores coisas é aprender a fazer pratos rápidos. No entanto, muitos...

> Leia mais
5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

5 alimentos que causam afta para comer sem exageros 5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

Muita gente acha que as aftas são causadas apenas por machucados ou mordidas acidentais nos lábios. Só que a alimentação tem muito a ver com esse problema,...

> Leia mais
Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Receber os amigos em casa é sempre algo divertido, né? Mas para que o encontro seja ainda mais agradável, nada melhor que preparar um lanchinho ou uma mesa...

> Leia mais
5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar 5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

A chegada do outono é sempre gostosa, né? A estação traz consigo uma temperatura mais amena e um climinha ótimo para fazer um pouco de tudo - ficar em casa...

> Leia mais
Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais
Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Existem algumas receitas saborosas - como frituras e doces - que acabam sendo muito calóricas e maléficas para o organismo. Isso porque elas são fontes de...

> Leia mais
Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Para quem é vegano ou vegetariano é muito importante incluir leguminosas no cardápio diário. Elas são fontes importantes de ferro, proteínas e garantem uma...

> Leia mais