Alimentos são fontes de vitalidade: Descubra o que é comida bioativa!

A vitalidade dos alimentos são fontes poderosas de nutrientes, descubra como obter o melhor do que você come
A vitalidade dos alimentos são fontes poderosas de nutrientes, descubra como obter o melhor do que você come

Todos sabem que o conceito de bem-estar e qualidade de vida passa irrestritamente pelos seguimentos de uma alimentação saudável. Comer os alimentos certos para cada refeição, respeitando seus valores nutricionais e naturais, traz mais vitalidade ao corpo e força para o dia a dia. Contudo, será que cuidamos corretamente dessas nossas fontes de energia? Muito gente se esquece, mas cuidar dos alimentos (saber armazena-los) é tão importante quanto comê-los!

Ingerir um alimento natural fora de seu prazo é tão prejudicial quanto se alimentar mal. Como tudo que há na Terra, os alimentos também têm seus tempos de vida e seus nutrientes dependem basicamente de suas vitalidades. Ao deixar passar esse tempo, eles representam perigos à saúde. Por isso o Conquiste Sua Vida ouviu a Dra. Jéssica Stein, nutricionista clínica e vegetariana, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, sobre os cuidados que devemos ter para a respeitarmos a melhor composição dos alimentos.


O que representa a vitalidade do alimento?


"A vitalidade do alimento representa o valor nutricional e como suas propriedades estão conservadas. É importante proporcionar ao organismo uma nutrição adequada que alivie a sobrecarga intoxicante. Alimentos crus e não processados industrialmente nos oferecem abundância de nutrientes, são eles: as frutas, legumes, verduras, ervas, leguminosas (feijões, lentilha, ervilha, grão-de-bico), grãos integrais, sementes oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, gergelim...), cereais integrais, germinados e brotos. Para a preservação dos nutrientes ativos, os alimentos devem ser consumidos frescos, crus, maduros e de preferência orgânicos."

A perda desses nutrientes podem causar danos à saúde? Quais?

"Uma nutrição inadequada por causar hipovitaminoses, problemas ósseos, dermatites, fraqueza de unhas e cabelo, disfunções metabólicas, problemas no paladar e olfato, entre outras. A perda de nutrientes dos alimentos tem início já nos campos de produção e continua na longa jornada até as nossas casas. O preparo dos alimentos tem grande importância para mantermos os nutrientes. Muitos nutrientes perdem-se na água do cozimento ou pelo calor empregado, por isso preferir alimentos crus ou cozidos no vapor com temperatura mais amena são boas alternativas para garantir uma menor perda de nutrientes."

O que devemos fazer para mantermos os alimentos sempre "em dia" com suas propriedades?

"Consumir alimentos da estação garante um aporte nutritivo e saudável maior , porque apresentam abundância em vitaminas e sais minerais e este alimentos apresentam melhor aroma e sabor. Frutas e verduras fora da estação perdem muito as características e, consequentemente, perdem nutrientes valiosos, pois são cultivadas recebendo muitas doses químicas e de agrotóxicos. Portanto é muito importante conhecermos as épocas de colheita de cada alimento e estar assegurado de que o alimento nutrirá o organismo conforme a necessidade da época."

Teoria – No livro "Você sabe se desintoxicar?" (Dr. Soleil - Ed. Paulus), as vitalidades dos alimentos estão classificadas em quatro categorias, de acordo com o seu grau de força alquímica. Veja:

Alimentos Biogênicos: Aqueles que expandem e geram vida. São as sementes germinadas e os brotos produzidos a partir dos cereais (grãos), das frutas oleaginosas (linhaça, girassol, gergelim etc.), das leguminosas (feijões), das ervas e das hortaliças. Idealmente, focando o aspecto da elevada qualidade energética e nutricional, deveriam ser a base da alimentação saudável.

Alimentos Bioativos: Aqueles que ativam a vida. Eles devem ser consumidos maduros, crus e bem frescos. Ricos em macronutrientes e substâncias biologicamente ativas como as enzimas, vitaminas, antioxidantes e sais minerais, devem ser considerados a base da alimentação humana. Por este motivo, é importante que façam parte do consumo diário, em quantidades significativas e adequadas a cada idade, sexo e tipo de atividade.

Alimentos Bioestáticos: Aqueles que diminuem a vida. O consumo dos bioestáticos faz parte da evolução tecnológica que trouxe a praticidade e a segurança alimentar, porém o seu consumo garante um funcionamento mínimo do nosso organismo. Eles provocam o envelhecimento das células e não têm substâncias vivas, porque sua energia vital foi destruída.

Alimentos Biocídicos: Aqueles que "destroem" a vida. Infelizmente são os mais utilizados na alimentação deste século. Este tipo de alimento (refinados, processados e conservados artificialmente) foi inventado pelo homem, e envenenam pouco a pouco as células do corpo com substâncias nocivas, abrindo a porta para as doenças cardiovasculares, câncer, reumatismo, diabete e outras doenças degenerativas e mentais.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais
O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

Exagerar demais na comida ou se alimentar de forma rápida pode desencadear problemas no aparato gastrointestinal, como azia, náusea, dor e dilatação...

> Leia mais
7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário 7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

Tangerina, toranja, tâmara, tarumã... Você já parou para pensar em quantas frutas com T existem e podem ser incluídas no cardápio? Para ter uma alimentação...

> Leia mais
Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Suco, smoothie, geleia, compota, mousse... São muitas as receitas que podem ser feitas a partir da polpa e da casca do maracujá, sabia? Para variar cada vez...

> Leia mais
Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Para escolher entre crossfit ou academia, é fundamental levar em conta uma série de fatores - como o estilo de treino, o principal objetivo (queimar calorias...

> Leia mais