O que é ginástica laboral e como seus exercícios podem evitar dores no trabalho

Muitos exercícios de alongamento podem ser feitos sem precisar levantar da cadeira no horário de trabalho
Muitos exercícios de alongamento podem ser feitos sem precisar levantar da cadeira no horário de trabalho

Você já ouviu falar em ginástica laboral? Ela nada mais é do que uma série de exercícios que devem ser feitos no horário de trabalho para evitar que os funcionários sintam dores e incômodos musculares. Nem toda empresa oferece um funcionário especializado para promover a atividade, então se esse for o caso da sua não precisa se preocupar: você pode fazer os exercícios por conta própria sem ter que separar mais do que 5 minutos do seu dia para isso.

Os benefícios da ginástica laboral

Antes de mais nada é preciso entender por que é tão importante parar de trabalhar um pouco para fazer pequenos exercícios. Bem, hoje grande parte dos empregos conta com movimentos repetitivos, como o é o caso de pessoas que trabalham digitando. Isso faz com que as chances de desenvolver tendinite e outros problemas musculares só aumentem - e depois para resolver só mesmo aderindo à fisioterapia.

Isso sem falar que muita gente não tem a menor postura para sentar em frente ao computador, o que gera dores na coluna ou em outras partes do corpo. A ginástica laboral não só ajuda a aliviar esse desconforto como também evita que o problema volte a surgir. Esses exercícios podem ser feitos antes ou durante o horário de trabalho, sendo de caráter preventivo ou corretivo.

Alongamento pode ser feito na cadeira

Tudo bem que nem todo alongamento pode ser feito sentado, mas em muitos casos sim. Um bom exemplo é o que você inclina a cabeça para o lado e depois a puxa com a mão para alongar ainda mais. É apenas preciso lembrar que os exercícios devem durar 10 segundos e que depois ele deve ser repetido no outro lado. Nesse caso, a cabeça teria que pender para o outro ombro e o braço responsável por puxá-la também mudaria.

Comece pela cabeça

Como você deve ter percebido, a cabeça é um bom lugar para começar o seu alongamento. Olhe para um lado, para o outro e depois gire-a bem para os dois lados, sem se esquecer de contar até 10 para trocar. Depois olhe bem para baixo, entrelace os dedos, apoie as mãos atrás da cabeça e deixe os braços fazerem peso. Depois faça o movimento de inclinar a cabeça para os lados, como já ensinado, e por fim olhe bem para cima.

Exercícios com os braços aliviam a tendinite

Se o seu maior problema é a tendinite, preste bastante atenção agora, porque esses exercícios são para você. Se não puder levantar pode fazer sentado mesmo que não tem problema, apenas não se esqueça de deixar a coluna ereta. Primeiro, estique um braço até ele ficar paralelo ao chão e com a outra mão puxe o cotovelo em direção ao ombro do outro braço. Depois, levante bem o braço e dobre ele para trás, empurrando mais uma vez o cotovelo com o braço livre. Não se esqueça de repetir o processo do outro lado. Por fim, levante os dois braços, entrelace os dedos e se espreguice bem. Se puder, tente também se inclinar nessa posição de um lado para o outro como um pêndulo sem tirar os pés do chão.

Coluna também pode ser beneficiada com a ginástica laboral

Ainda sentado é hora de fazer exercícios que também são bons para o tronco como um todo e que evitam problemas de coluna. Para beneficiar a lombar, sente de forma ereta e depois encoste o peito nas pernas sem tirar os pés do chão e tentando fazer as mãos tocarem nos sapatos. Em seguida volte para a posição original e procure virar para trás sem se levantar e mantendo o joelho virado para frente. Segure nas costas da cadeira para ajudar a fazer o movimento. Não se esqueça de virar também o pescoço, não só o tronco.

Exercícios com pernas e pés são melhores feitos de pé

Por fim temos as pernas e os pés. Como sentado as opções são poucas - como cruzar a perna -, nossa sugestão se baseia em quem faz a ginástica laboral em pé. Dobre uma perna para trás e segure a ponta do pé com a mão. Depois dê um pequeno passo e tente encostar as mãos no pé da frente, enquanto o de trás fica levemente levantado. Como terceiro exercício, se equilibre em um pé só e gire o outro bem. Lembre-se sempre de repetir os movimentos do outro lado.

Procure um fisioterapeuta se achar necessário

Todos os exercícios citados são bem simples e indicados amplamente por pessoas da área de saúde. Ainda assim, se quiser algo que vá ajudá-lo a curar uma dor específica ou se não se sentir confiante em realizar os movimentos procure um fisioterapeuta. O profissional é o mais indicado para acabar com qualquer tipo de lesão que você possa ter, seja ele causado ou não pelo esforço repetitivo do trabalho.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais