O que é ginástica laboral e como seus exercícios podem evitar dores no trabalho

Muitos exercícios de alongamento podem ser feitos sem precisar levantar da cadeira no horário de trabalho
Muitos exercícios de alongamento podem ser feitos sem precisar levantar da cadeira no horário de trabalho

Você já ouviu falar em ginástica laboral? Ela nada mais é do que uma série de exercícios que devem ser feitos no horário de trabalho para evitar que os funcionários sintam dores e incômodos musculares. Nem toda empresa oferece um funcionário especializado para promover a atividade, então se esse for o caso da sua não precisa se preocupar: você pode fazer os exercícios por conta própria sem ter que separar mais do que 5 minutos do seu dia para isso.

Os benefícios da ginástica laboral

Antes de mais nada é preciso entender por que é tão importante parar de trabalhar um pouco para fazer pequenos exercícios. Bem, hoje grande parte dos empregos conta com movimentos repetitivos, como o é o caso de pessoas que trabalham digitando. Isso faz com que as chances de desenvolver tendinite e outros problemas musculares só aumentem - e depois para resolver só mesmo aderindo à fisioterapia.

Isso sem falar que muita gente não tem a menor postura para sentar em frente ao computador, o que gera dores na coluna ou em outras partes do corpo. A ginástica laboral não só ajuda a aliviar esse desconforto como também evita que o problema volte a surgir. Esses exercícios podem ser feitos antes ou durante o horário de trabalho, sendo de caráter preventivo ou corretivo.

Alongamento pode ser feito na cadeira

Tudo bem que nem todo alongamento pode ser feito sentado, mas em muitos casos sim. Um bom exemplo é o que você inclina a cabeça para o lado e depois a puxa com a mão para alongar ainda mais. É apenas preciso lembrar que os exercícios devem durar 10 segundos e que depois ele deve ser repetido no outro lado. Nesse caso, a cabeça teria que pender para o outro ombro e o braço responsável por puxá-la também mudaria.

Comece pela cabeça

Como você deve ter percebido, a cabeça é um bom lugar para começar o seu alongamento. Olhe para um lado, para o outro e depois gire-a bem para os dois lados, sem se esquecer de contar até 10 para trocar. Depois olhe bem para baixo, entrelace os dedos, apoie as mãos atrás da cabeça e deixe os braços fazerem peso. Depois faça o movimento de inclinar a cabeça para os lados, como já ensinado, e por fim olhe bem para cima.

Exercícios com os braços aliviam a tendinite

Se o seu maior problema é a tendinite, preste bastante atenção agora, porque esses exercícios são para você. Se não puder levantar pode fazer sentado mesmo que não tem problema, apenas não se esqueça de deixar a coluna ereta. Primeiro, estique um braço até ele ficar paralelo ao chão e com a outra mão puxe o cotovelo em direção ao ombro do outro braço. Depois, levante bem o braço e dobre ele para trás, empurrando mais uma vez o cotovelo com o braço livre. Não se esqueça de repetir o processo do outro lado. Por fim, levante os dois braços, entrelace os dedos e se espreguice bem. Se puder, tente também se inclinar nessa posição de um lado para o outro como um pêndulo sem tirar os pés do chão.

Coluna também pode ser beneficiada com a ginástica laboral

Ainda sentado é hora de fazer exercícios que também são bons para o tronco como um todo e que evitam problemas de coluna. Para beneficiar a lombar, sente de forma ereta e depois encoste o peito nas pernas sem tirar os pés do chão e tentando fazer as mãos tocarem nos sapatos. Em seguida volte para a posição original e procure virar para trás sem se levantar e mantendo o joelho virado para frente. Segure nas costas da cadeira para ajudar a fazer o movimento. Não se esqueça de virar também o pescoço, não só o tronco.

Exercícios com pernas e pés são melhores feitos de pé

Por fim temos as pernas e os pés. Como sentado as opções são poucas - como cruzar a perna -, nossa sugestão se baseia em quem faz a ginástica laboral em pé. Dobre uma perna para trás e segure a ponta do pé com a mão. Depois dê um pequeno passo e tente encostar as mãos no pé da frente, enquanto o de trás fica levemente levantado. Como terceiro exercício, se equilibre em um pé só e gire o outro bem. Lembre-se sempre de repetir os movimentos do outro lado.

Procure um fisioterapeuta se achar necessário

Todos os exercícios citados são bem simples e indicados amplamente por pessoas da área de saúde. Ainda assim, se quiser algo que vá ajudá-lo a curar uma dor específica ou se não se sentir confiante em realizar os movimentos procure um fisioterapeuta. O profissional é o mais indicado para acabar com qualquer tipo de lesão que você possa ter, seja ele causado ou não pelo esforço repetitivo do trabalho.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Pão de mel fit: 5 dicas para tornar essa sobremesa mais saudável

Pão de mel fit: 5 dicas para tornar essa sobremesa mais saudável Pão de mel fit: 5 dicas para tornar essa sobremesa mais saudável

Feito à base de mel, trigo, chocolate, manteiga, ovos, especiarias e um delicioso recheio de doce de leite, o pão de mel é um daqueles doces difíceis de...

> Leia mais
Os alimentos com iodo que ajudam a evitar problemas na tireoide

Os alimentos com iodo que ajudam a evitar problemas na tireoide Os alimentos com iodo que ajudam a evitar problemas na tireoide

Para prevenir problemas na tireoide - e garantir equilíbrio hormonal -, é muito importante tomar certos cuidados com a alimentação. O iodo, para quem não...

> Leia mais
Como fazer arroz negro e os benefícios desse cereal para a sua saúde

Como fazer arroz negro e os benefícios desse cereal para a sua saúde Como fazer arroz negro e os benefícios desse cereal para a sua saúde

Entre todos os tipos de arroz integral, o arroz negro é um dos que mais se destacam! Parecido com o arroz selvagem, o cereal tem a cor escura e um sabor bem...

> Leia mais
Fruta jaracatiá é muito nutritiva! Saiba mais sobre as suas propriedades

Fruta jaracatiá é muito nutritiva! Saiba mais sobre as suas propriedades Fruta jaracatiá é muito nutritiva! Saiba mais sobre as suas propriedades

Conhecer a fundo o universo das frutas não é nada simples, sabia? Afinal, existem diferentes tipos, com sabores, cores, texturas e tamanhos distintos. O...

> Leia mais
6 técnicas de relaxamento para ter dias mais tranquilos

6 técnicas de relaxamento para ter dias mais tranquilos 6 técnicas de relaxamento para ter dias mais tranquilos

Infelizmente, passar por momentos de estresse é algo que se tornou rotineiro no dia a dia de grandes cidades. Seja pelos altos níveis de poluição, pelo...

> Leia mais
Para que serve a semente de sucupira? Conheça seus benefícios

Para que serve a semente de sucupira? Conheça seus benefícios Para que serve a semente de sucupira? Conheça seus benefícios

Usar plantas, frutas e sementes para tratar doenças e amenizar dores faz todo o sentido! Afinal, a natureza oferece alimentos fitoterápicos que auxiliam no...

> Leia mais
Os principais temperos mexicanos para usar no preparo dos alimentos

Os principais temperos mexicanos para usar no preparo dos alimentos Os principais temperos mexicanos para usar no preparo dos alimentos

Você sabia que a culinária mexicana é considerada Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade? De acordo com a Unesco, essa é uma das principais culinárias...

> Leia mais
Os tipos de erva-cidreira e as diferenças entre cada um deles

Os tipos de erva-cidreira e as diferenças entre cada um deles Os tipos de erva-cidreira e as diferenças entre cada um deles

Entre as muitas espécies de plantas e especiarias medicinais que só tem a acrescentar no nosso organismo, a erva-cidreira garante um destaque especial na...

> Leia mais
O que é burrata e como fazer essa receita rica em cálcio

O que é burrata e como fazer essa receita rica em cálcio O que é burrata e como fazer essa receita rica em cálcio

Os amantes de queijos que se cuidem com a burrata! Extremamente saborosa e suculenta, essa é uma receita italiana feita à base de queijo muçarela derretido,...

> Leia mais
Pirâmide alimentar vegetariana: conheça os níveis para ter uma dieta equilibrada

Pirâmide alimentar vegetariana: conheça os níveis para ter uma dieta equilibrada Pirâmide alimentar vegetariana: conheça os níveis para ter uma dieta equilibrada

Se você já ouviu falar da pirâmide alimentar, sabe que ela funciona como um "guia da boa alimentação". Dividida em 4 níveis, cada um deles representa um...

> Leia mais