Lesões repetitivas: Saiba como a fisioterapia pode acabar com as dores no corpo

Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas "LER" são mais comuns do que muitos imaginam. Elas acontecem, na maioria das vezes, por nossos próprios descuidos com o corpo, por isso, atente-se a sua postura! Veja como a fisioterapia e simples práticas do dia a dia ajudam a combater essa doença.
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas

Quem nunca sentiu aquela dorzinha incomoda, decorrente, sempre no mesmo lugar do corpo? Isso é o que acontece quando temos lesões por esforço repetitivo, as chamadas "LER", que fazem parte do cotidiano de muitas pessoas que não as tratam com a devida atenção. Para evitar ou, até mesmo, dar fim a esses problemas, seguir à risca todas as sessões de fisioterapia é fundamental para o fortalecimento do corpo. Saiba mais!

É cada vez maior e mais frequente encontrar pacientes com o diagnóstico da LER, que hoje também é conhecida como Doença Osteomuscular Relacionada ao Trabalho (DORT). A doença, caracterizada por lesões musculares, nas articulações e tendões, causadas por atividades contínuas, geram inflamações em razão da sobrecarga nos músculos. Quando diagnosticados, os pacientes devem recorrer à fisioterapia para não agravar as lesões. Segundo a fisioterapeuta Ayexa Cruz, as razões da LER são diversas:

"Existem inúmeros fatores causadores dessas doenças. O próprio ambiente de trabalho com desorganização, design inespecífico de sala, execução de tarefas repetitivas e os fatores psicológicos tais como: pressões internas e dificuldades de relacionamentos. Sendo o principal causador, atividades repetitivas associadas à posturas fixas como em trabalhos sedentários , ou em dinâmicos com posturas extremas como abaixar-se e virar-se de lado; Posturas incorretas como desvios de punho, elevação do ombro", destaca a fisioterapeuta, salientando a importância de estarmos atentos a qualquer sinal de dor e buscar uma melhor qualidade de vida no dia a dia:

"O indivíduo deve cuidar da sua qualidade de vida, procurar manter um melhor equilíbrio entre corpo e mente. Fazer exercícios físicos pelo menos quatro vezes por semana, realizar uma dieta balanceada e saudável, além de procurar formas de lazer alternativas, que amenizem o estresse do dia a dia", finaliza a fisioterapeuta.

Sintomas e locais afetados pelas lesões repetitivas

Cansaço excessivo, derconforto após a jornada de trabalho, formigamento nos pés e nas mãos, sensação de choque, tendinite e dores locais, são alguns sintomas da doença e os locais em que mais acontecem são: coluna, no punho, ombros, mão, joelho, pé e cotovelo. "Tendo todos esses fatores como pré-disposição para a causa da Lesão por Esforço Repetitivo (LER) é fundamental o próprio profissional, ter o entendimento da importância de se manter uma vida ativa, com práticas de exercícios regulares", enfatiza a fisioterapeuta.

Como podemos prevenir a "LER"?

É de suma importância o fortalecimento das áreas musculares mais afetadas, por isso alongamentos frequentes, inclusive durante os intervalos do trabalho, é uma ótima alternativa para ter qualidade de vida profissional e pessoal. Além disso, caso as dores sejam frequentes, recorra a um profissional para ter um diagnóstico perfeito e realizar os exercícios necessários para a sua lesão. Veja alguns simples exercícios que podem ser praticados sentado na sua cadeira de trabalho e vão ajudar a evitar a "LER":

- Extensão dos dedos e punhos, abrindo a palma da mão.

- Flexão dos dedos, abrindo e fechando a mão.

- Rotação do tronco e pescoço para ambos os lados.

- Flexão da perna e extensão da coxa.

- Abdução e rotação externa da coxa, cruzando as pernas.

- Flexão dorsal dos pés.

- Flexão do tronco.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás 5 plantas para ter em casa cujas folhas preparam ótimos chás

Você já pensou em cultivar plantas medicinais em casa? Existem ervas que são fáceis de cuidar, rendem excelentes chás e também podem ser usadas como tempero....

> Leia mais
Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3 Não é o só o peixe! 4 alimentos que são poderosas fontes de ômega 3

Apesar de associarmos o ômega 3 (substância importante para o cérebro e o coração) aos peixes como salmão, sardinha e atum, existem muitos outros alimentos...

> Leia mais
6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta 6 superalimentos pouco conhecidos que você deveria incluir na dieta

O termo superalimento vem se popularizando cada vez mais entre pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável. Afinal, ele caracteriza uma série de...

> Leia mais
Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo Licopeno: para que serve e em quais alimentos encontrá-lo

Você já ouviu falar no licopeno? Ele é um dos antioxidantes mais poderosos que existem e faz parte do grupo dos carotenoides (substâncias responsáveis pela...

> Leia mais
Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta Alho-poró: 5 benefícios dessa hortaliça na sua dieta

Muito usado em diferentes culinárias ao redor do mundo, o alho-poró é um ótimo tempero para massas, molhos, carnes, risotos, sopas e pratos diversos. Ele é...

> Leia mais
Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa Semana Santa saudável: como não abrir mão da dieta durante o feriado de Páscoa

Uma das melhores partes da Páscoa é se deliciar com os pratos (receitas de peixes, como bacalhau, arroz colorido, carnes, massas e o que mais você preferir),...

> Leia mais
Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce Ovo de Páscoa: como preparar uma versão mais saudável do doce

A Páscoa é uma das épocas mais animadas e gostosas do ano, né? É o melhor momento para comer muitas trufas, bombons e, é claro, os famosos ovos de chocolate....

> Leia mais
4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia 4 maneiras de evitar o envelhecimento precoce com simples atitudes no dia a dia

Você sabia que existem formas de preservar o corpo e a elasticidade da pele? É verdade que não há uma fórmula mágica para fugir do envelhecimento - afinal,...

> Leia mais
6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante 6 benefícios do maracujá que vão além do efeito calmante

Você já deve ter ouvido falar no potencial calmante do maracujá - alimento que ajuda a tranquilizar a mente e tratar problemas como a insônia, por exemplo....

> Leia mais
Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos Carne de jaca: aprenda a preparar essa receita adorada por veganos

Muito usada na culinária vegana, a carne de jaca é uma ótima alternativa ao frango (até possui uma textura semelhante). Ela pode ser usada em receitas como...

> Leia mais