Lesões repetitivas: Saiba como a fisioterapia pode acabar com as dores no corpo

Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas "LER" são mais comuns do que muitos imaginam. Elas acontecem, na maioria das vezes, por nossos próprios descuidos com o corpo, por isso, atente-se a sua postura! Veja como a fisioterapia e simples práticas do dia a dia ajudam a combater essa doença.
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas
Lesões por esforço repetitivo. As chamadas

Quem nunca sentiu aquela dorzinha incomoda, decorrente, sempre no mesmo lugar do corpo? Isso é o que acontece quando temos lesões por esforço repetitivo, as chamadas "LER", que fazem parte do cotidiano de muitas pessoas que não as tratam com a devida atenção. Para evitar ou, até mesmo, dar fim a esses problemas, seguir à risca todas as sessões de fisioterapia é fundamental para o fortalecimento do corpo. Saiba mais!

É cada vez maior e mais frequente encontrar pacientes com o diagnóstico da LER, que hoje também é conhecida como Doença Osteomuscular Relacionada ao Trabalho (DORT). A doença, caracterizada por lesões musculares, nas articulações e tendões, causadas por atividades contínuas, geram inflamações em razão da sobrecarga nos músculos. Quando diagnosticados, os pacientes devem recorrer à fisioterapia para não agravar as lesões. Segundo a fisioterapeuta Ayexa Cruz, as razões da LER são diversas:

"Existem inúmeros fatores causadores dessas doenças. O próprio ambiente de trabalho com desorganização, design inespecífico de sala, execução de tarefas repetitivas e os fatores psicológicos tais como: pressões internas e dificuldades de relacionamentos. Sendo o principal causador, atividades repetitivas associadas à posturas fixas como em trabalhos sedentários , ou em dinâmicos com posturas extremas como abaixar-se e virar-se de lado; Posturas incorretas como desvios de punho, elevação do ombro", destaca a fisioterapeuta, salientando a importância de estarmos atentos a qualquer sinal de dor e buscar uma melhor qualidade de vida no dia a dia:

"O indivíduo deve cuidar da sua qualidade de vida, procurar manter um melhor equilíbrio entre corpo e mente. Fazer exercícios físicos pelo menos quatro vezes por semana, realizar uma dieta balanceada e saudável, além de procurar formas de lazer alternativas, que amenizem o estresse do dia a dia", finaliza a fisioterapeuta.

Sintomas e locais afetados pelas lesões repetitivas

Cansaço excessivo, derconforto após a jornada de trabalho, formigamento nos pés e nas mãos, sensação de choque, tendinite e dores locais, são alguns sintomas da doença e os locais em que mais acontecem são: coluna, no punho, ombros, mão, joelho, pé e cotovelo. "Tendo todos esses fatores como pré-disposição para a causa da Lesão por Esforço Repetitivo (LER) é fundamental o próprio profissional, ter o entendimento da importância de se manter uma vida ativa, com práticas de exercícios regulares", enfatiza a fisioterapeuta.

Como podemos prevenir a "LER"?

É de suma importância o fortalecimento das áreas musculares mais afetadas, por isso alongamentos frequentes, inclusive durante os intervalos do trabalho, é uma ótima alternativa para ter qualidade de vida profissional e pessoal. Além disso, caso as dores sejam frequentes, recorra a um profissional para ter um diagnóstico perfeito e realizar os exercícios necessários para a sua lesão. Veja alguns simples exercícios que podem ser praticados sentado na sua cadeira de trabalho e vão ajudar a evitar a "LER":

- Extensão dos dedos e punhos, abrindo a palma da mão.

- Flexão dos dedos, abrindo e fechando a mão.

- Rotação do tronco e pescoço para ambos os lados.

- Flexão da perna e extensão da coxa.

- Abdução e rotação externa da coxa, cruzando as pernas.

- Flexão dorsal dos pés.

- Flexão do tronco.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Nada mais gostoso que um suco de maracujá para relaxar, não é mesmo? A fruta é famosa pelo seu sabor inigualável e suas propriedades calmantes. Mas o que...

> Leia mais
Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

A pitaya é uma fruta deliciosa e ainda pouco conhecida por muita gente. Apelidada de "fruta do dragão", por suas cores diferentes e chamativas e seu aspecto...

> Leia mais
Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Ao ler o nome oca talvez você pense que estamos falando sobre a moradia tradicional indígena, mas não! Também conhecida como oca do Peru, esse tubérculo é...

> Leia mais
Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você provavelmente já passou por ele sem nem perceber várias vezes. Isso porque esse ingrediente se disfarça sob várias "identidades": realçador de sabor,...

> Leia mais
Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais