Invista na dieta do salmão: é bom para o humor, e melhor para o coração!

O salmão oferece um aminoácido chamado de triptofano, essencial para a formação de serotonina - importante neurotransmissor que causa sensação de bem estar
O salmão oferece um aminoácido chamado de triptofano, essencial para a formação de serotonina - importante neurotransmissor que causa sensação de bem estar
Andrea Stingelin Forlenza

Consultor:

Andrea Stingelin Forlenza

Formada em Nutrição pela Uninove e em Farmácia-bioquímica pela USP, possui pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional, Fitoterapia e Farmácia Estética e é especialista em Nutrição Clínica Funcional e Estética.

Não é novidade que estudos já mostram que comer duas porções de peixe por semana é o ideal para beneficiar adultos e criança, mas quais serão os benefícios que o salmão, peixe que tem ficado cada vez mais popular no dia a dia dos brasileiros, pode trazer para o organismo? A verdade é que ele é ótimo para ser incluído em cardápios que evitam a depressão, além de ajudar diretamente a saúde cardíaca.

Por ser típico das águas salgadas e frias - assim como o atum, arenque, bacalhau e sardinha - o salmão tem mais Ômega 3 do que os outros peixes com habitat diferente. Esse nutriente, na verdade, é uma gordura que funciona como protetor do coração e atua prevenindo a formação das placas que obstruem as artérias. Se não bastasse isso, o ômega 3 ainda auxilia na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos. Além disso, ele é rico em proteínas de alto valor nutritivo, que são de mais fácil digestão, favorecendo este processo.

A nutricionista e farmacêutica, Andrea Forlenza, falou também sobre outra vantagem do nutriente: "O ômega 3 também é importante na produção prostaglandinas específicas, substâncias químicas que melhoram processos inflamatórios e as funções do sistema imunológico". Essa ação anti-inflamatória também pode ajudar na melhora do humor. "O ômega 3 pode ter ação sobre o humor, uma vez que há estudos positivos da sua utilização em pessoas deprimidas, por ter ação anti-inflamatória, e a inflamação está associada à quadros depressivos".

Essa melhora no humor também está relacionado as vitaminas do complexo B. A especialista explicou que estas vitaminas são necessárias para o bom funcionamento do sistema nervoso central, auxiliando na formação de neurotransmissores e adequada transmissão de mensagens entre os neurônios e na produção energética, mantendo a pessoa em equilíbrio com ela mesma. Além disso, o salmão oferece um aminoácido chamado de triptofano, essencial para a formação de serotonina - importante neurotransmissor que causa sensação de bem estar. A serotonina ajuda no equilíbrio do humor quando produzida em quantidades certas.

O salmão também é rico em sais minerais!

O selênio, por exemplo, é um antioxidante poderoso. O consumo dele diminui a formação de radicais livres - moléculas que, em excesso, causam o envelhecimento precoce e diversas doenças. O fósforo é outro mineral que esse alimento fornece, que, por sua vez, atua melhorando o metabolismo ósseo, juntamente com o cálcio. Já o magnésio, também encontrado no salmão, ajuda na contração muscular e no metabolismo energético do corpo.

Ainda assim, mesmo com todas essas vantagens, alguns cuidados devem ser tomados. A nutricionista indica que, na hora do preparo, o ideal é usar temperaturas baixas com o cozimento brando. "Por ser uma gordura, o ômega 3 é muito instável a altas temperaturas e o contato com o oxigênio", explica. Além disso, preocupe-se na hora de escolher as postas. Prefira as mais rosadas às avermelhadas, isso pode garantir a melhor qualidade nutricional do peixe.

Para conseguir mais quantidade de nutrientes, principalmente de ômega 3, a melhor opção seria sempre consumir os de origem importada, isso porque, assim, eles se desenvolveriam em mares frios e águas profundas. "O ideal seria termos à disposição um salmão selvagem para consumo, oriundo de mares não contaminados e poluídos, o que é muito difícil de achar", ressalta Andrea.

Quanto a comida japonesa, onde o salmão é consumido cru, os riscos são ligados à higiene - o que pode levar a uma intoxicação alimentar - e à questão dos metais pesados e dos corantes usados. "Deve-se sempre procurar locais confiáveis, com referências. Se possível, questionar o origem do produto. Consumir o peixe em restaurantes bem movimentados ajuda a garantir um peixe mais fresco, já que há maior reposição", explica a nutricionista.

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Café faz bem: 7 benefícios da bebida Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais