Grupos dos vegetais: Entenda como é a classificação nutricional desses alimentos

Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças ("A, B e C"), baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. Essa classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos.
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (

Dietas novas surgem a todo momento. Contudo, apesar de tantas opções, uma coisa todas têm em comum: a chave para manter a boa forma está no consumo de vegetais. Repletos de nutrientes e com pouquíssima quantidade de calorias, o consumo desses alimentos é liberado e recomendado na busca de uma vida mais saudável. Para saber as porções adequadas de cada uma das hortaliças, existe uma classificação nutricional de acordo com a quantidade de carboidratos na composição de cada ingrediente.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda, aproximadamente, o consumo de 400 g de vegetais por dia - o que equivale a três porções - para garantir energia para o dia a dia e saúde para viver com qualidade. "O consumo adequado desses alimentos auxilia na prevenção e controle da obesidade, e outras doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, pois são fontes de vitaminas, sais minerais e outras substâncias essenciais para melhorar o bom funcionamento do organismo", explica a nutricionista Lidiane Gomes.

Grupos nutricionais dos vegetais

A capacidade nutricional que os vegetais têm não é novidade. Para facilitar a escolha dos alimentos adequados a cada dieta, foi feita uma separação em grupos "A, B e C" das hortaliças, baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. A classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos. Veja abaixo!

GRUPO A: Os vegetais do tipo A são os que contêm pouca quantidade de carboidratos, aproximadamente 5%. A quantidade diária recomendada é de 30 g

Exemplos: Abobrinha, alcachofra, acelga, alface, agrião, aipo, aspargo, bertalha, berinjela, brócolis, cebola, cebolinha, chicória, couve, coentro, couve-flor, espinafre, funcho, jiló, maxixe, palmito, pepino, pimentão, rabanete, repolho, salsa, tomate.

GRUPO B: As hortaliças do tipo B são as que têm quantidade moderada de carboidratos, cerca de 10%. Quantidade diária recomendada: 100g

Exemplos: Abóbora, beterraba, cenoura, chuchu, ervilha verde, nabo, quiabo, vagem.


GRUPO C: Os vegetais do tipo C são os que contêm quantidade significativa de carboidratos, cerca de 20%. Quantidade diária recomendada: 50 a 80g

Exemplos: Aipim, batata inglesa, batata calabresa, batata doce, batata-baroa, cará, inhame. mandioca, milho verde, pinhão, semente de gergelim.


OBS: É importante lembrar que antes de escolher o que comer apenas baseando-se nas calorias, os micronutrientes devem ser levados em consideração. Para conseguir a maior concentração possível dessas substâncias. "Prefira os vegetais da estação, pois são mais nutritivos, além de serem mais saborosos e econômicos", finaliza a Dra. Lidiane.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Chutney: o que é e como preparar esse condimento indiano

Chutney: o que é e como preparar esse condimento indiano Chutney: o que é e como preparar esse condimento indiano

Quem gosta de experimentar diferentes culinárias com certeza vai gostar do chutney. De origem indiana, esse molho pode ser feito a base de diferentes...

> Leia mais
Já provou de novo algo que não gosta? Saiba como a mente pode estar te sabotando

Já provou de novo algo que não gosta? Saiba como a mente pode estar te sabotando Já provou de novo algo que não gosta? Saiba como a mente pode estar te sabotando

É muito comum encontrar crianças que não gostam de comer determinado alimento, seja pela cor, sabor ou mesmo por acharem eles nada atraentes. Mas aí a pessoa...

> Leia mais
Os alimentos que 'roubam' o cálcio dos ossos e como consumi-los com inteligência

Os alimentos que 'roubam' o cálcio dos ossos e como consumi-los com inteligência Os alimentos que 'roubam' o cálcio dos ossos e como consumi-los com inteligência

Você sabia que alguns alimentos dificultam a absorção do cálcio pelo nosso organismo? Muitos, inclusive, são conhecidos por "roubarem" o mineral dos ossos,...

> Leia mais
Já ouviu falar em zoodles? Conheça essa tendência vegana preparada com abobrinha

Já ouviu falar em zoodles? Conheça essa tendência vegana preparada com abobrinha Já ouviu falar em zoodles? Conheça essa tendência vegana preparada com abobrinha

O nome pode não soar familiar, mas os zoodles nada mais são do que uma excelente alternativa para um dos pratos mais comuns do nosso dia a dia: o macarrão!...

> Leia mais
Receitas com spirulina: como usar esse superalimento na dieta de forma variada

Receitas com spirulina: como usar esse superalimento na dieta de forma variada Receitas com spirulina: como usar esse superalimento na dieta de forma variada

Você já ouviu falar na spirulina (ou espirulina)? Ela é considerada um superalimento e pode ser usada de diversas formas na dieta do dia a dia. O grande...

> Leia mais
Os benefícios cherovia, raiz versátil que deixa as refeições mais nutritivas

Os benefícios cherovia, raiz versátil que deixa as refeições mais nutritivas Os benefícios cherovia, raiz versátil que deixa as refeições mais nutritivas

Você já ouviu falar na cherovia (ou pastinaca)? Parecida com a cenoura, ela também é pertencente à família das raízes e traz vários benefícios para a saúde....

> Leia mais
Nabo e rabanete são a mesma coisa? Descubra suas propriedades e diferenças

Nabo e rabanete são a mesma coisa? Descubra suas propriedades e diferenças Nabo e rabanete são a mesma coisa? Descubra suas propriedades e diferenças

Muita gente costuma confundir o nabo com o rabanete, pois os dois têm um aspecto bem semelhante - são arredondados e têm uma coloração roxa. Além disso,...

> Leia mais
Grupos alimentares e suas funções: conheça as 8 categorias dessa pirâmide

Grupos alimentares e suas funções: conheça as 8 categorias dessa pirâmide Grupos alimentares e suas funções: conheça as 8 categorias dessa pirâmide

Quem gosta de conhecer bem os alimentos que consome, de manter dietas e um estilo de vida saudável já deve ter ouvido falar nos grupos alimentares. Eles são...

> Leia mais
Aceitamos o desafio de fazer meditação guiada por 10 dias! Descubra como foi

Aceitamos o desafio de fazer meditação guiada por 10 dias! Descubra como foi Aceitamos o desafio de fazer meditação guiada por 10 dias! Descubra como foi

Já quis fazer meditação e não sabe por onde começar? A meditação guiada pode ser uma boa opção! Afinal, você pode praticá-la em casa, ouvindo apenas a voz da...

> Leia mais
O que é ruibarbo? Conheça os benefícios dessa hortaliça fitoterápica

O que é ruibarbo? Conheça os benefícios dessa hortaliça fitoterápica O que é ruibarbo? Conheça os benefícios dessa hortaliça fitoterápica

Apesar de não ser muito conhecido ou usado no Brasil, o ruibarbo é uma planta medicinal extremamente benéfica e terapêutica. De origem asiática, ele é muito...

> Leia mais