Grupos dos vegetais: Entenda como é a classificação nutricional desses alimentos

Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças ("A, B e C"), baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. Essa classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos.
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (

Dietas novas surgem a todo momento. Contudo, apesar de tantas opções, uma coisa todas têm em comum: a chave para manter a boa forma está no consumo de vegetais. Repletos de nutrientes e com pouquíssima quantidade de calorias, o consumo desses alimentos é liberado e recomendado na busca de uma vida mais saudável. Para saber as porções adequadas de cada uma das hortaliças, existe uma classificação nutricional de acordo com a quantidade de carboidratos na composição de cada ingrediente.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda, aproximadamente, o consumo de 400 g de vegetais por dia - o que equivale a três porções - para garantir energia para o dia a dia e saúde para viver com qualidade. "O consumo adequado desses alimentos auxilia na prevenção e controle da obesidade, e outras doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, pois são fontes de vitaminas, sais minerais e outras substâncias essenciais para melhorar o bom funcionamento do organismo", explica a nutricionista Lidiane Gomes.

Grupos nutricionais dos vegetais

A capacidade nutricional que os vegetais têm não é novidade. Para facilitar a escolha dos alimentos adequados a cada dieta, foi feita uma separação em grupos "A, B e C" das hortaliças, baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. A classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos. Veja abaixo!

GRUPO A: Os vegetais do tipo A são os que contêm pouca quantidade de carboidratos, aproximadamente 5%. A quantidade diária recomendada é de 30 g

Exemplos: Abobrinha, alcachofra, acelga, alface, agrião, aipo, aspargo, bertalha, berinjela, brócolis, cebola, cebolinha, chicória, couve, coentro, couve-flor, espinafre, funcho, jiló, maxixe, palmito, pepino, pimentão, rabanete, repolho, salsa, tomate.

GRUPO B: As hortaliças do tipo B são as que têm quantidade moderada de carboidratos, cerca de 10%. Quantidade diária recomendada: 100g

Exemplos: Abóbora, beterraba, cenoura, chuchu, ervilha verde, nabo, quiabo, vagem.


GRUPO C: Os vegetais do tipo C são os que contêm quantidade significativa de carboidratos, cerca de 20%. Quantidade diária recomendada: 50 a 80g

Exemplos: Aipim, batata inglesa, batata calabresa, batata doce, batata-baroa, cará, inhame. mandioca, milho verde, pinhão, semente de gergelim.


OBS: É importante lembrar que antes de escolher o que comer apenas baseando-se nas calorias, os micronutrientes devem ser levados em consideração. Para conseguir a maior concentração possível dessas substâncias. "Prefira os vegetais da estação, pois são mais nutritivos, além de serem mais saborosos e econômicos", finaliza a Dra. Lidiane.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é bioimpedância e como funciona esse exame importante para atletas

O que é bioimpedância e como funciona esse exame importante para atletas O que é bioimpedância e como funciona esse exame importante para atletas

Saber a composição do nosso corpo - além de ser algo interessante - é importante para manter equilíbrio e saúde a longo prazo. A bioimpedância, para quem não...

> Leia mais
7 alimentos anticoagulantes que funcionam como remédios naturais

7 alimentos anticoagulantes que funcionam como remédios naturais 7 alimentos anticoagulantes que funcionam como remédios naturais

Quando se trata de manter um estilo de vida saudável, nossos hábitos alimentares são determinantes. Dependendo de alguns fatores, o cuidado com a alimentação...

> Leia mais
Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha Da branca à vermelha: os tipos de pimenta-do-reino e como usá-los na cozinha

Se a gente te disser que a famosa pimenta-do-reino preta também possui outras três cores diferentes? É real! A deliciosa especiaria proveniente da planta...

> Leia mais
Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença Fibras e diabetes: entenda como o nutriente é essencial para quem tem a doença

Você sabia que dietas ricas em fibras (com grãos, sementes, cereais e alimentos integrais) ajudam a controlar a diabetes? Elas mantêm o colesterol...

> Leia mais
Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

Os alimentos brancos para evitar sempre que possível Os alimentos brancos para evitar sempre que possível

São muitos os alimentos brancos que costumam fazer parte da nossa dieta (como arroz e farinha de trigo). Mas você sabia que muitos deles, na verdade, não são...

> Leia mais
Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens Pasta de amendoim tem benefícios de sobra! Conheça suas principais vantagens

Verdade seja dita, a pasta de amendoim possui sabor e cremosidade únicos. De uma forma geral ela é produzida a partir de amendoim torrado e moído e mais...

> Leia mais
Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas Espinafre refogado, cru e a vapor: como preparar o vegetal de diferentes formas

Incrementar o seu cardápio diário com espinafre, é investir em superalimento cheio de vitaminas, fibras e muito, muito ferro! Se você ainda tinha alguma...

> Leia mais
Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias Dia Internacional do Riso: 6 motivos para sorrir todos os dias

Uma coisa é certa: por trás de um sorriso tem sempre um motivo. Pode ser algo engraçado, bonito, emocionante ou divertido que serve de gatilho para uma boa...

> Leia mais
Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia Como ser saudável gastando pouco? As dicas para aliar saúde e economia

Seguir uma dieta saudável (com alimentos naturais) não significa necessariamente gastar muito, sabia? Muitas pessoas acreditam que comida saudável é mais...

> Leia mais
Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida Água de coco faz mal para diabéticos? É low carb? Os mitos e verdades da bebida

Água de coco: uma bebida altamente nutritiva, saborosa, refrescante e definitivamente compatível com o verão! Mas como todo bom alimento saudável, há certos...

> Leia mais