Grupos dos vegetais: Entenda como é a classificação nutricional desses alimentos

Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças ("A, B e C"), baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. Essa classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos.
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (
Os vegetais são dos mais importantes, nutritivos e saudáveis alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças (

Dietas novas surgem a todo momento. Contudo, apesar de tantas opções, uma coisa todas têm em comum: a chave para manter a boa forma está no consumo de vegetais. Repletos de nutrientes e com pouquíssima quantidade de calorias, o consumo desses alimentos é liberado e recomendado na busca de uma vida mais saudável. Para saber as porções adequadas de cada uma das hortaliças, existe uma classificação nutricional de acordo com a quantidade de carboidratos na composição de cada ingrediente.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda, aproximadamente, o consumo de 400 g de vegetais por dia - o que equivale a três porções - para garantir energia para o dia a dia e saúde para viver com qualidade. "O consumo adequado desses alimentos auxilia na prevenção e controle da obesidade, e outras doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, pois são fontes de vitaminas, sais minerais e outras substâncias essenciais para melhorar o bom funcionamento do organismo", explica a nutricionista Lidiane Gomes.

Grupos nutricionais dos vegetais

A capacidade nutricional que os vegetais têm não é novidade. Para facilitar a escolha dos alimentos adequados a cada dieta, foi feita uma separação em grupos "A, B e C" das hortaliças, baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece. A classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos. Veja abaixo!

GRUPO A: Os vegetais do tipo A são os que contêm pouca quantidade de carboidratos, aproximadamente 5%. A quantidade diária recomendada é de 30 g

Exemplos: Abobrinha, alcachofra, acelga, alface, agrião, aipo, aspargo, bertalha, berinjela, brócolis, cebola, cebolinha, chicória, couve, coentro, couve-flor, espinafre, funcho, jiló, maxixe, palmito, pepino, pimentão, rabanete, repolho, salsa, tomate.

GRUPO B: As hortaliças do tipo B são as que têm quantidade moderada de carboidratos, cerca de 10%. Quantidade diária recomendada: 100g

Exemplos: Abóbora, beterraba, cenoura, chuchu, ervilha verde, nabo, quiabo, vagem.


GRUPO C: Os vegetais do tipo C são os que contêm quantidade significativa de carboidratos, cerca de 20%. Quantidade diária recomendada: 50 a 80g

Exemplos: Aipim, batata inglesa, batata calabresa, batata doce, batata-baroa, cará, inhame. mandioca, milho verde, pinhão, semente de gergelim.


OBS: É importante lembrar que antes de escolher o que comer apenas baseando-se nas calorias, os micronutrientes devem ser levados em consideração. Para conseguir a maior concentração possível dessas substâncias. "Prefira os vegetais da estação, pois são mais nutritivos, além de serem mais saborosos e econômicos", finaliza a Dra. Lidiane.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles

Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles Você sabia que há tipos de vegetarianismo? Conheça as diferenças entre eles

Muita gente não sabe, mas existem diferentes vertentes do vegetarianismo que se baseiam em dietas alimentares distintas. A mais conhecida de todas é a...

> Leia mais
8 alimentos ricos em antioxidantes que você deve comer sempre

8 alimentos ricos em antioxidantes que você deve comer sempre 8 alimentos ricos em antioxidantes que você deve comer sempre

Os antioxidantes são substâncias importantes para a saúde de todo mundo. Isso porque eles atuam inibindo os radicais livres, de modo que conseguem retardar o...

> Leia mais
Iogurte com granola: por que essa combinação é tão saudável?

Iogurte com granola: por que essa combinação é tão saudável? Iogurte com granola: por que essa combinação é tão saudável?

Poucas coisas são tão boas quanto iniciar o dia com um café da manhã leve, saboroso e saudável. Justamente por isso, a combinação iogurte + granola é uma das...

> Leia mais
Aprenda formas de acrescentar a quinoa no cardápio do dia a dia

Aprenda formas de acrescentar a quinoa no cardápio do dia a dia Aprenda formas de acrescentar a quinoa no cardápio do dia a dia

Muito conhecida por adeptos de uma alimentação saudável, a quinoa (ou quinua) traz diversas vantagens para o organismo. Entre elas podemos citar ser rica em...

> Leia mais
Benefícios do zinco: saiba por que é importante comer alimentos ricos no mineral

Benefícios do zinco: saiba por que é importante comer alimentos ricos no mineral Benefícios do zinco: saiba por que é importante comer alimentos ricos no mineral

Que ferro evita a anemia e cálcio a osteoporose todo mundo sabe. Mas e o que dizer em relação ao zinco? A verdade é que embora o nome desse mineral seja bem...

> Leia mais
Prós e contras do veganismo que você precisa saber antes de adotar essa dieta

Prós e contras do veganismo que você precisa saber antes de adotar essa dieta Prós e contras do veganismo que você precisa saber antes de adotar essa dieta

Adotar o veganismo como estilo de vida é uma forma de valorizar a vida dos bichinhos. Afinal, a alimentação dos veganos exclui do cardápio o consumo de...

> Leia mais
Inspire-se em merendas escolares ao redor do mundo para montar a do seu filho

Inspire-se em merendas escolares ao redor do mundo para montar a do seu filho Inspire-se em merendas escolares ao redor do mundo para montar a do seu filho

Na hora de montar o cardápio escolar das crianças, uma das coisas mais importantes é selecionar alimentos que sejam mais nutritivos, saudáveis e que se...

> Leia mais
6 receitas com diferentes tipos de peixe que são uma explosão de ômega 3

6 receitas com diferentes tipos de peixe que são uma explosão de ômega 3 6 receitas com diferentes tipos de peixe que são uma explosão de ômega 3

Todo mundo sabe que o peixe é um dos alimentos mais bem-vindos em qualquer dieta. Afinal, ele é um dos fatores determinantes para o sucesso da Dieta do...

> Leia mais
Homus: os benefícios desse prato feito a partir do grão-de-bico

Homus: os benefícios desse prato feito a partir do grão-de-bico Homus: os benefícios desse prato feito a partir do grão-de-bico

Um dos pratos mais conhecidos e saborosos da cultura árabe, o homus (ou húmus) é um tipo de pasta cheia de propriedades e nutrientes que fazem muito bem à...

> Leia mais
Pode ou não pode? 5 alimentos que diabéticos devem evitar

Pode ou não pode? 5 alimentos que diabéticos devem evitar Pode ou não pode? 5 alimentos que diabéticos devem evitar

Quem possui diabetes sabe que todo cuidado é pouco quando se trata de alimentação. Não adianta tentar dar uma escapada da dieta regrada! Se consumir muito...

> Leia mais