Dos jardins para o seu prato: Conheça 5 flores comestíveis e ricas em nutrientes

Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Flores.. As flores são lindas, perfumadas, inspiradoras e... Muito nutritivas! Apesar de muita gente estranhar, diversos tipos de flores são comestíveis, fazem muito bem à saúde, e se encaixam perfeitamente nas mais diversas variações gastronômicas, deixando qualquer prato mais colorido, rico e saboroso.

Mas, antes de sair catando flores do seu jardim de qualquer maneira, calma. As flores comestíveis são cultivadas por produtores especializados, sem o uso de agrotóxicos e tratamentos químicos. A nutricionista Carolina Baliere explica:

"As flores comestíveis são muito utilizadas na cozinha asiática. Além de ficar lindo, aproveitamos o benefício funcional das plantas. Temos vários tipos de flores como flor de hibisco, calêndula, capuchinha, por exemplo, que tem funções antioxidantes, diuréticas, anti-inflamatórias, ricas em vitamina C e potente função de desintoxicação, ou seja, ajuda na limpeza do fígado. Além de ajudar no aumento da imunidade e favorecer para um emagrecimento saudável", destacou a nutricionista Carolina Baliere.

Algumas sugestões de flores comestíveis

As melhores formas de consumir as flores comestíveis são acrescentá-las em sopas, saladas cruas e tortas, basta ter criatividade e alguns cuidados extras. É extremamente importante ter precaução com o excesso e com a sua procedência; sempre preferir as orgânicas e ter certeza de quais são as flores indicadas para a alimentação, pois outras opções das plantas são tóxicas. Não exagerar na quantidade também é importante, pois possuem sabores fortes. Por isso, antes de aderir qualquer flor à alimentação, consulte a ajuda de um profissional de saúde que esteja fazendo o acompanhamento.

- Calêndula: É conhecida por muitos graças aos seus efeitos benéficos para o estômago, aliviando e tratando problemas como gastrites, úlceras, abscessos e azias. Por possuir poderosas propriedades cicatrizantes, a planta é eficaz para ferimentos de aspecto geral, como queimaduras, assaduras, frieiras, foliculites, verrugas, veias dilatadas, varizes, cortes, dermatites, acnes e escaras.

- Flor de abóbora: Apesar de não durar muito na geladeira a planta é rica em fósforo e cálcio, importantes nutrientes para o fortalecimento dos ossos e muito recomendadas para pessoas com problema de osteoporose. A flor de abóbora também é eficiente na formação de enzimas reparadoras e enzimas anticancerígenas, que ajudam a bloquear o desenvolvimento das células malignas.

- Amor perfeito: Uma flor bem versátil que auxilia no tratamento de problemas de pele, como dermatite e acne, resfriados, gripe, tosse seca, dor de cabeça, pressão arterial alta, febre, reumatismo, gota, infecções urinárias ou prisão de ventre. Além de possuir propriedades anti-inflamatórias, calmantes, laxantes e diurética. Lindos e coloridos vão deixar seu prato mais vivo.

- Lavanda: Delicada e bem perfumada, a lavanda é conhecida por seu efeito calmante e sedativo, além de ser facilmente inserida na alimentação. Pode ser incorporada em diferentes receitas, doces ou salgadas, trazendo novos sabores ao alimento com seu sabor doce e floral.

- Rosas: Extremamente conhecida por seu perfume, seu sabor varia de acordo com a cor e a forma na qual é cultivada. Além do visual, a rosa acrescenta um suave perfume aos pratos que acompanha. É muito usada para aromatizar e decorar doces com caldas e é irresistível numa salada. Pode ser utilizada em cremes, guarnições e sobremesas.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais