Dos jardins para o seu prato: Conheça 5 flores comestíveis e ricas em nutrientes

Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Se não bastasse serem lindas e perfumadas, algumas flores também podem fazer parte da nossa alimentação. Ricas em diversos nutrientes e, até certo ponto, saborosas, elas combinam perfeitamente com os ideais dos bons hábitos alimentares.
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Flores.. As flores são lindas, perfumadas, inspiradoras e... Muito nutritivas! Apesar de muita gente estranhar, diversos tipos de flores são comestíveis, fazem muito bem à saúde, e se encaixam perfeitamente nas mais diversas variações gastronômicas, deixando qualquer prato mais colorido, rico e saboroso.

Mas, antes de sair catando flores do seu jardim de qualquer maneira, calma. As flores comestíveis são cultivadas por produtores especializados, sem o uso de agrotóxicos e tratamentos químicos. A nutricionista Carolina Baliere explica:

"As flores comestíveis são muito utilizadas na cozinha asiática. Além de ficar lindo, aproveitamos o benefício funcional das plantas. Temos vários tipos de flores como flor de hibisco, calêndula, capuchinha, por exemplo, que tem funções antioxidantes, diuréticas, anti-inflamatórias, ricas em vitamina C e potente função de desintoxicação, ou seja, ajuda na limpeza do fígado. Além de ajudar no aumento da imunidade e favorecer para um emagrecimento saudável", destacou a nutricionista Carolina Baliere.

Algumas sugestões de flores comestíveis

As melhores formas de consumir as flores comestíveis são acrescentá-las em sopas, saladas cruas e tortas, basta ter criatividade e alguns cuidados extras. É extremamente importante ter precaução com o excesso e com a sua procedência; sempre preferir as orgânicas e ter certeza de quais são as flores indicadas para a alimentação, pois outras opções das plantas são tóxicas. Não exagerar na quantidade também é importante, pois possuem sabores fortes. Por isso, antes de aderir qualquer flor à alimentação, consulte a ajuda de um profissional de saúde que esteja fazendo o acompanhamento.

- Calêndula: É conhecida por muitos graças aos seus efeitos benéficos para o estômago, aliviando e tratando problemas como gastrites, úlceras, abscessos e azias. Por possuir poderosas propriedades cicatrizantes, a planta é eficaz para ferimentos de aspecto geral, como queimaduras, assaduras, frieiras, foliculites, verrugas, veias dilatadas, varizes, cortes, dermatites, acnes e escaras.

- Flor de abóbora: Apesar de não durar muito na geladeira a planta é rica em fósforo e cálcio, importantes nutrientes para o fortalecimento dos ossos e muito recomendadas para pessoas com problema de osteoporose. A flor de abóbora também é eficiente na formação de enzimas reparadoras e enzimas anticancerígenas, que ajudam a bloquear o desenvolvimento das células malignas.

- Amor perfeito: Uma flor bem versátil que auxilia no tratamento de problemas de pele, como dermatite e acne, resfriados, gripe, tosse seca, dor de cabeça, pressão arterial alta, febre, reumatismo, gota, infecções urinárias ou prisão de ventre. Além de possuir propriedades anti-inflamatórias, calmantes, laxantes e diurética. Lindos e coloridos vão deixar seu prato mais vivo.

- Lavanda: Delicada e bem perfumada, a lavanda é conhecida por seu efeito calmante e sedativo, além de ser facilmente inserida na alimentação. Pode ser incorporada em diferentes receitas, doces ou salgadas, trazendo novos sabores ao alimento com seu sabor doce e floral.

- Rosas: Extremamente conhecida por seu perfume, seu sabor varia de acordo com a cor e a forma na qual é cultivada. Além do visual, a rosa acrescenta um suave perfume aos pratos que acompanha. É muito usada para aromatizar e decorar doces com caldas e é irresistível numa salada. Pode ser utilizada em cremes, guarnições e sobremesas.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Café faz bem: 7 benefícios da bebida Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais